• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.12.2006.tde-26022007-112315
Documento
Autor
Nome completo
Walter Bataglia
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2006
Orientador
Banca examinadora
Fleury, Maria Tereza Leme (Presidente)
Dutra, Joel Souza
Fischer, Rosa Maria
Mariotto, Fabio Luiz
Oliveira Júnior, Moacir de Miranda
Título em português
As competências organizacionais de resolução de conflitos e o consenso no processo decisório estratégico em ambientes organizacionais instáveis, complexos e não munificientes: um estudo no setor de telefonia fixa
Palavras-chave em português
Ambiente organizacional
Competência profissional
Negociação
Tomada de decisão
Resumo em português
A presente pesquisa visou levantar dados que permitissem aprofundar o entendimento sobre as habilidades organizacionais de resolução de conflitos e sua relação com o consenso entre os gestores no processo decisório estratégico de organizações inseridas em ambientes organizacionais dinâmicos, complexos e não munificentes (DCM-). Desenvolveu-se, para tanto, um conjunto de hipóteses relacionando esses construtos, que foram testadas com dados sobre o processo decisório estratégico de organizações do segmento de Telefonia Fixa do setor de Telecomunicações da economia brasileira. Os dados foram coletados pela aplicação de 39 questionários em gestores selecionados, via amostragem aleatória simples, de uma população alvo de 55 gestores. As hipóteses foram testadas usando-se as técnicas estatísticas de análise de significância univariada e de análise de regressão bivariada e multivariada. Os resultados mostraram que as características do ambiente organizacional DCM- influenciam o desenvolvimento de competências organizacionais de resolução de conflitos nas organizações nele inseridas, gerando duas possíveis abordagens para a solução dos conflitos que emergem entre os gestores no processo decisório estratégico. Na primeira, os conflitos são resolvidos em conjunto pelas partes opositoras, a partir de uma postura cooperativa. Eventuais impasses são resolvidos por mediação e/ou por um terceiro com autoridade legítima, com base na cooperação das partes. Essa abordagem está associada com um maior nível de racionalidade e compreensão da decisão pelos gestores e com um maior nível de consenso no processo decisório estratégico. Além disso, vincula-se a menores níveis de atividade política e ao maior comprometimento dos gestores. Na segunda, os conflitos são resolvidos por atividades políticas e eventuais impasses por mediação. Essa abordagem vincula-se a um menor nível de comprometimento dos gestores. Esses resultados levam a duas implicações. A primeira é que as competências organizacionais de resolução de conflitos determinam padrões interativos recorrentes entre executivos que influenciam o processo decisório estratégico tanto quanto as características da decisão. Isso contrasta com abordagens anteriores que colocam as características da decisão como soberanas. A segunda é que a alta administração deve estar atenta ao balanceamento do uso das abordagens cooperativa e competitiva na resolução dos conflitos no processo decisório estratégico, de forma a dosar os níveis de atividade política, cooperação, inação, e consenso que se deseja manter na organização.
Título em inglês
Conflict-resolution organizatinal competences and the consensus on the strategic decision-making process in dynamic, complex and non-munificent organizational environments: a study in the fixed-voice telephony segment
Palavras-chave em inglês
Competitive environment
Dynamic capabilities
Negotiation
Organizational competences
Strategic decision making
Resumo em inglês
The present research aimed lifting data that could permit to deepen the comprehension about organizational abilities of conflict resolution and its relationship to the consensus among managers on the strategic decision-making process of organizations inserted in dynamic, complex and few-munificent organizational environments (DCM-). Thus, it was developed a set of hypotheses relating these constructs, that were tested with data about strategic decisionmaking processes of organizations from the Fixed-Voice segment of the Telecommunications industry of the Brazilian economy. Data were collected by applying 39 questionnaires to managers selected, via simple random sampling, from a target population of 55 managers. Hypotheses were tested using the statistical techniques of univariate significance analysis and of bivariate and multivariate regression analysis. The results showed that the characteristics of the DCM- organizational environment influence the development of conflict-resolution organizational competences in the organizations inserted in it, generating two possible approaches for solving conflicts that emerge among managers on the strategic decision? making process. In the first approach, opposite parties, upon a cooperative posture, solve conflicts jointly. Eventual impasses are solved by mediation and/or by a third party with legitimate authority, with cooperative support from parties. This approach is associated with a higher level of rationality and comprehension of the decision by managers and with a higher level of consensus among managers on the strategic decision-making process. Besides, it is bound to lower levels of political activity and higher commitment of managers. In the second approach, conflicts are solved via political activities and eventual impasses are solved by mediation. This approach is associated with a lower level of commitment of managers. These results lead to two implications. The first implication is that conflict-resolution organizational competences determine recurrent interactive patterns among executives that influence the decision-making process as much as the decision characteristics. This contrasts with previous approaches that argument that decision characteristics are sovereign. The second implication is that top management should be attempted to the tradeoff between the use of the cooperative and competitive approaches for conflict resolving, so that it be possible to dose the levels of political activity, cooperation, inaction and consensus that are desired in the organization.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
TeseWalterBataglia.pdf (898.40 Kbytes)
Data de Publicação
2007-03-05
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.