• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.12.2019.tde-20122018-174850
Documento
Autor
Nome completo
Juliana Nelia do Nascimento Correa
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2018
Orientador
Banca examinadora
Viana, Adriana Backx Noronha (Presidente)
Oliveira Neto, Jose Dutra de
Souza, Cesar Alexandre de
Vieira, Amanda Ribeiro
Título em português
A incompatibilidade entre os atributos dos recursos educacionais abertos e as preferências dos usuários como barreira à difusão de inovação
Palavras-chave em português
Conjoint analysis
Difusão de inovação
Recursos educacionais abertos
Resumo em português
Os Recursos Educacionais Abertos (REA) são materiais com finalidade educacional, principalmente em meio digital, publicados sob termos de propriedade intelectual que autorizam seu uso, modificação, revisão e compartilhamento sem restrições. Esses recursos, idealizados com o objetivo de democratizar o acesso à educação, a despeito de sua gratuidade, de estarem disponíveis em meio digital e de geralmente elaborados por universidades renomadas, têm sido menos utilizados do que o esperado em localidades-alvo: países em desenvolvimento, onde as desigualdades de acesso a oportunidades educacionais de qualidade são maiores. Com base na teoria de difusão de inovação e no conceito de abismo de inovação, foi levantada a hipótese de que os atributos da proposta de valor dos REA não correspondem às preferências de usuários em países em desenvolvimento. A técnica de Conjoint Analysis foi empregada para avaliar as preferências de usuários em potencial (adultos com acesso à internet e redes sociais, que podem decidir individualmente sobre o uso dos REA) sobre os atributos de um tipo de REA (cursos online, cuja observabilidade é maior do que os REA como componentes modulares utilizados na educação formal), cujos atributos foram selecionados a partir de uma revisão conceitual da literatura, elaborada de forma sistemática. Os resultados mostraram que a importância relativa dos dois atributos da proposta de valor dos REA mais utilizados como argumento de diferenciação (licença de propriedade e reputação da instituição) não se mostrou significante na avaliação da utilidade total percebida nas propostas de cursos online gratuitos. Em contrapartida, os atributos que são mais difíceis de adicionar aos REA (certificação, suporte e idioma) são os mais importantes para os respondentes.
Título em inglês
The incompatibility between Open Educational Resources attributes and users preferences as a barrier to the diffusion of innovation
Palavras-chave em inglês
Conjoint analysis
Diffusion of innovation
Open educational resources
Resumo em inglês
Open Educational Resources (OER) are education-driven materials, mainly in digital formats, released under intellectual property licenses that allow their use, modification, revision and sharing with no restrictions. These resources were developed to democratize access to education. However, despite their free status, their digital availability and the reputation of the universities that release them, their use have been lower than expected in target locations: developing countries, where remain the greatest inequalities in access to quality educational opportunities. Based on the diffusion of innovation theory and on the concept of innovation chasm, we've raised the hypothesis that the attributes of the value proposition of OER are not compatible to users' preferences in developing countries. The Conjoint Analysis technique was used to evaluate the preferences of potential users (adults with internet access and access to social networks websites, who can decide on the use of OER by themselves) on the attributes of a type of OER (online courses, whose observability is higher than the OER as modular components used in formal education), whose attributes were selected based on a conceptual review of the literature, conducted in a systematic approach. The results showed that there was no evidence that the relative importance of the two main attributes of the OER's value proposition, most used as an argument for differentiation (intellectual property license and institutional reputation) is significant in the evaluation of the total utility perceived in the proposals of free online courses. In contrast, attributes that are harder to add to OER (certification, support, and language) are the most important attributes for respondents.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
CorrigidoJuliana.pdf (12.85 Mbytes)
Data de Publicação
2019-01-02
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.