• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.12.2007.tde-19102007-112821
Documento
Autor
Nome completo
Leandro Jose Morilhas
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2007
Orientador
Banca examinadora
Nascimento, Paulo Tromboni de Souza (Presidente)
Barbieri, José Carlos
Kruglianskas, Isak
Título em português
O estágio emergente das práticas ambientais no desenvolvimento de produto das organizações inovadoras : um estudo exploratório
Palavras-chave em português
Desenvolvimento de produtos
Gestão ambiental
Inovações tecnológicas
Resumo em português
A cada dia, a preocupação ambiental torna-se mais relevante no contexto empresarial, seja por meio de pressões de consumidores, governos, ONGs, entre outros, devendo estar presente em todas as ações, processos e procedimentos organizacionais, dentre estes o de desenvolvimento de produtos. Considerando que tal processo envolve de modo geral, às áreas de marketing, engenharia e manufatura, este trabalho, a partir de conceitos de gestão ambiental apresentados por Barbieri (2006), Tachizawa (2005), Polizelli, Petroni e Kruglianskas (2005), entre outros, das ferramentas para tal gestão e da análise do ciclo de vida (ACV), propôs um esquema de análise da gestão ambiental das empresas no desenvolvimento de produtos. Para atingir este objetivo, foi efetuado um estudo de múltiplos casos, abordando empresas que possuem efetivo desempenho em termos de gestão empresarial. São empresas que investem em inovação, desenvolvem constantemente novos produtos e apresentam declarada preocupação ambiental, certificadas com a norma ISO 14000. Este estudo identificou as tarefas, dentro do processo de desenvolvimento de produtos, que são realizadas pelas áreas de engenharia, produção e marketing e quais demandam decisões especializadas (dentro da área ambiental), quais decisões de gestão ambiental são tomadas antes mesmo do processo de desenvolvimento de produtos se iniciar e em quais etapas do processo de desenvolvimento de produtos são considerados os aspectos ambientais. O que se apurou, foi que a interação entre o processo de desenvolvimento de produtos e a gestão ambiental ainda está começando. As empresas têm desenvolvido ações ambientais conscientizando colaboradores, clientes, fornecedores, mas a última fronteira a ser ultrapassada é justamente a do desenvolvimento de produtos. Embora comecem a entrar neste tema de forma derivada, a reboque da produção, as empresas estão preocupadas com as questões ambientais no plano das operações correntes, mas ainda sem clareza das repercussões no desenvolvimento. Todavia, as empresas estudadas devem ser reconhecidas por seu pioneirismo na adoção de práticas ambientais no desenvolvimento. Na verdade, estão em estágios distintos de evolução, mas possuem mérito por estarem tentando. É provável que, por esse pioneirismo, desenvolvam vantagens competitivas, como afirma North (1992), ao dizer que as organizações que considerarem a variável ambiental em sua gestão poderão desenvolver novas estratégias em termos de produtos e serviços ambientais, antes dos concorrentes, criando assim vantagem competitiva, ou seja, devem aceitar primeiro o desafio ambiental, antes que seus concorrentes o façam.
Título em inglês
The emergent period of training of practical of environment in the product development of innovative organizations : a explore study
Palavras-chave em inglês
Ambient management
Products development
Technological innovations
Resumo em inglês
Everyday, the environmental worry becomes even more relevant in the corporate context, because of the consumers, governments, NGOs pressures, having to be present in all the actions, processes and organizational procedures, and among these the products development. Considering that this process involves, generally speaking, to the areas of marketing, engineering and manufacture, this work, starting from concepts of environmental management presented by Barbieri (2006), Tachizawa (2005), Polizelli, Petroni and Kruglianskas (2005) among others, of the instruments for this management and the life cycle analysis (LCA), proposes a structure of environmental management analysis of the companies in the products development process. In order to reach this purpose, it has been carried out a study of various cases, embracing companies that have a performance in terms of environmental management, companies that invest in innovation, constantly develop new products and present a clear environmental worry and are certified with norm ISO 14000. This study identified the tasks within the products development process that are realized by the engineering, production and marketing areas and which need specialized decisions (within the environmental area), which decisions of environmental management are taken before the beginning of the product development process and in which stages of the products development process are considered the environmental aspects. What has been seen is that the interaction between the products development process and the environmental management is beginning. The companies usually develop environmental actions, giving a know-how to collaborators, clients, suppliers, and the last boundary to surpass is the products development. Even if they are starting to enter into this theme in a derivative way, the production towage, the companies are worried for the environmental question in the section of the current operations, but still without clearness of the development repercussions. But the studied companies have to be recognised for their pioneer in the adoption of environmental practices in the development. They are in different stages of evolution but have the merit of being trying. It is probable that, for this pioneer, develop competitive advantages as affirms North (1992), when says that the organizations that consider the environmental variable in its management shall develop new strategies in terms of environmental products and services, before the competitors, creating a competitive advantage, that is, they have to accept the environmental challenge before their competitors.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2007-10-30
 
AVISO: O material descrito abaixo refere-se a trabalhos decorrentes desta tese ou dissertação. O conteúdo desses trabalhos é de inteira responsabilidade do autor da tese ou dissertação.
  • CAMARGO JR, A. S., et al. Option value embedded on the Brazilian flex and sustainable vehicles. International Journal of Social Ecology and Sustainable Development, 2011, vol. 2, p. 18-33.
  • MORILHAS, L. J., e NASCIMENTO, Paulo Tromboni de Souza. A construção de um modelo de desenvolvimento de produto com a variável ambiental. In XIV Simpósio de Engernharia de Produção, Bauru, 2007. Anais do XVI SIMPEP., 2007.
  • MORILHAS, L. J., e NASCIMENTO, Paulo Tromboni de Souza. Desafios para a Adoção do Triple Bottom Line na Gestão de Empresas Sucro-alcooleiras: um Estudo entre as Variáveis Componentes do Modelo. In XII Encontro Internacional sobre Gestão Empresarial e Meio Ambiente, São Paulo, 2010. Anais do XII Encontro Internacional sobre Gestão Empresarial e Meio Ambinete., 2010.
  • CAMARGO JR., A. S., et al. Option Value Embedded on the Brazilian Flex Fuel Vehicles. In PICMET Conference 2010, Phuket, Thailand, 2010. PICMET 2010 Proceedings.Portland, Oregon, USA : PICMET - Portland International Center for Management of Engineering and Technology, 2010.
  • NASCIMENTO, Paulo Tromboni de Souza, et al. The Ethanol Supply Challenges in Brazil. In PICMET Conference 2010, Phuket, Thailand, 2010. PICMET 2010 Proceedings.Portland, Oregon, USA : PICMET - Portland International Center for Management of Engineering and Technology, 2010.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.