• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.12.2019.tde-17012019-154527
Documento
Autor
Nome completo
Sofia Luchesi Mourão Nogueira
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2018
Orientador
Banca examinadora
Casado, Tania (Presidente)
Amorim, Wilson Aparecido Costa de
Bianchi, Eliane Maria Pires Giavina
Ribeiro, Marcelo Afonso
Título em português
Atitude proteana, engajamento e job crafting: alternativas para a carreira executiva?
Palavras-chave em português
Carreira proteana
Engajamento no trabalho
Executivos
Job crafting
Resumo em português
As mudanças tecnológicas, sociais e econômicas que ocorreram nas últimas décadas trouxeram alterações para o mundo do trabalho, modificando a relação entre empresas e empregados. Uma posição impactada por essas mudanças foi a do executivo, que, para responder de maneira constante e rápida a essas mudanças, tem uma rotina de trabalho permeada por excesso de trabalho, superficialidade e baixa autonomia. Acredita-se que esse cenário tenha distanciando os executivos do modelo contemporâneo de carreira proteana caracterizado pelo autogerenciamento da carreira e pela orientação para valores pessoais. Supõe-se que o job crafting - construção autônoma do trabalho por meio da modelagem das tarefas, cognição e relações - e engajamento no trabalho - estado mental positivo caracterizado por vigor (energia), dedicação (significância) e absorção (envolvimento) - podem estar relacionadas à atitude de orientação para a carreira proteana. O objetivo do estudo foi realizar uma pesquisa quantitativa para identificar a relação entre as três variáveis - orientação para a carreira proteana; job crafting; e engajamento no trabalho - em amostra de 361 executivos brasileiros, por meio de instrumentos já validados para o contexto do país. Por meio da aplicação de uma survey e da análise dos dados com a técnica de modelagem de equações estruturais, comprovou-se o modelo conceitual proposto de que a atitude de carreira proteana (através da dimensão autodirecionamento) prediz comportamentos cognitivos de job crafting e, consequentemente, um estado mental positivo de engajamento no trabalho.
Título em inglês
Protean career, work engagement and job crafting: alternatives to an executive career?
Palavras-chave em inglês
Executives
Job crafting
Protean career
Work engagement
Resumo em inglês
Technological, social and economic transformations that have taken place in the last decades have brought changes to the work life that have also modified the relationship between companies and employees. The executive position was also impacted so that its work routine has become permeated by overwork, superficiality and low autonomy to respond to these changes constantly and rapidly. We argue that this scenario has held off executives from the contemporary protean career characterized by career self-management and personal values orientation. We also believe that job crafting - autonomous construction of work through the modeling of tasks, cognition and relationships - and work engagement - a positive mental state characterized by vigor (energy), dedication (significance) and absorption (involvement) - may be related to the orientation attitude toward the protean career. The objective of the present study was to conduct a quantitative research to identify the relationship between the three variables - protean career, job crafting and work engagement - in a sample of 361 Brazilian executives through research instruments validated to the national context. Through the application of a survey and structural modeling analysis, we proved the proposed conceptual model in which the individual protean career attitudes (through its self-direction dimension) predicts cognitive behaviors of job crafting and consequently a positive mental state of work engagement
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
OriginalSofia.pdf (4.44 Mbytes)
Data de Publicação
2019-01-30
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.