• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.12.2007.tde-14052008-152910
Documento
Autor
Nome completo
Luiz Egydio Malamud Rossi
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2007
Orientador
Banca examinadora
Sousa, Almir Ferreira de (Presidente)
Gimenes, Régio Marcio Toesca
Luxo, José Carlos Augusto
Martelanc, Roy
Savoia, Jose Roberto Ferreira
Título em português
Estudo de três metodologias para determinação do custo de capital internacional : análise comparativa e validação dos modelos
Palavras-chave em português
Custo do capital
Investimentos internacionais
Modelos de apreçamento
Riscos país e cambial
Resumo em português
O processo de globalização integrou mercados, aumentou o fluxo de capitais entre os países e, apesar da maior abundância de capitais, aumentou a disputa entre países emergentes e desenvolvidos por recursos oriundos do exterior. Em decorrência dessa maior dependência de recursos externos, a capacidade de atrair investimentos se tornou um fator importante para determinar a competitividade do país no cenário internacional. Os investidores consideram a relação entre risco percebido e retorno esperado ao alocar seus recursos internacionalmente e, dessa forma, a correta mensuração do risco incorrido deve ser compatível com a remuneração esperada pelo investimento. Possíveis efeitos da incorreta percepção de risco pelos investidores são a redução do valor dos ativos locais, a maior saída de recursos em decorrência de altos dividendos ou juros e a redução na entrada de recursos do exterior por inibir investidores que buscam opções de baixo risco. Devido a esses efeitos na economia dos países dependentes de recursos, estudaram-se nesta tese três metodologias usualmente empregadas pelos investidores no apreçamento do custo de capital internacional. Essas metodologias de apreçamento analisadas se baseiam em medidas de risco distintas, o que acarretou a inclusão neste trabalho das análises dos riscos que compõem cada modelo. Buscou-se evidenciar se os retornos mensais dos mercados acionários dos países podem ser explicados por três metodologias: o iCAPM, International Capital Asset Pricing Model; o ICC, International Cost of Capital, que utiliza as classificações de crédito dos países, e o GS, modelo da Goldman Sachs, que inclui a diferença das taxas de juros dos títulos soberanos emitidos pelos países em uma mesma moeda. Essas foram estudadas e avaliou-se qual apresenta os resultados mais consistentes para explicar os retornos dos mercados acionários dos países, ou seja, qual é a melhor metodologia de apreçamento do custo do capital internacional. O modelo GS apresentou o maior poder de explicação dos retornos dos países.
Título em inglês
Assessment of three methodologies to determine the international cost of capital : comparative analysis and validation
Palavras-chave em inglês
Exchange and country risks
International cost of the capital
International investments
Resumo em inglês
The globalization process integrated markets and increased the capital flow through the countries and enhanced the dispute for international money flow by emergent and developed countries despite these funds supply increasing. In result of this higher dependence for external resources, the capacity to attract investments became an important factor to determine the competitiveness of the country in the international scenario. Investors consider the relation between perceived risk and expected return when allocating its resources internationally and the correct estimation of the incurred risk must be compatible with the expected investment return rate. Possible effects of the incorrect perception of risk by the investors are the reduction of the value of the local assets, the higher money outflow as result of higher dividends or interests, and the reduction in the funds inflow for inhibiting investors who search lower risk alternatives. Considering that the incorrect estimation of the international cost of capital can significantly burden the economy of the developing countries we studied methodologies usually utilized by the investors when determining the international capital cost. These analyzed methodologies are based on distinct measures of risk and because that we included in this work analyses of the risks that each model are based on. We studied if capital markets monthly returns can be explained by three methodologies: iCAPM, international capital asset pricing model; the ICC, international cost of capital, that uses the classifications of credit of the countries; and the GS, Goldman Sachs model, that consider the difference of the sovereign bonds issued by different countries in the same currency. We evaluated these three methodologies based on distinct premises of risk and searched to evaluate that one that presents the most consistent results to explain the equity markets returns of the countries, that is, the best methodology of to determine the international cost of capital. The GS model had the best performance to measure the countries capital markets returns.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Tese_Luiz_Rossi.pdf (899.65 Kbytes)
Data de Publicação
2008-05-19
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.