• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.12.2008.tde-12052008-095522
Documento
Autor
Nome completo
Ernani Marques dos Santos
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2008
Orientador
Banca examinadora
Reinhard, Nicolau (Presidente)
Humes, Leila Lage
Morgado, Eduardo Martins
Saccol, Amarolinda Iara da Costa Zanela
Souza, Cesar Alexandre de
Título em português
Desenvolvimento e implementação de padrões de interoperabilidade em governo eletrônico no Brasil
Palavras-chave em português
Governo eletrônico
Institucionalismo
Interoperabilidade
Padrão
Padronização
Resumo em português
Os padrões de interoperabilidade desempenham um papel importante na integração de sistemas e compartilhamento de informações no ambiente de governo eletrônico. Mas o desenvolvimento e estabelecimento destes padrões não dependem somente de aspectos tecnológicos. A integração de sistemas e compartilhamento de informações não significam apenas troca de dados mas, principalmente, integração de processos e transações. Neste cenário, surgem outras variáveis dos contextos institucional (organizacional e político), econômico e social. Além disso, no ambiente de governo eletrônico as transações envolvem geralmente múltiplos agentes e são condicionadas fortemente por aspectos culturais, o que torna esses processos ainda mais complexos e inter-relacionados. E mais: o estabelecimento de padrões implica reestruturação de processos de negócios e/ou mudanças na forma de interação desses agentes com as várias agências governamentais. A partir desse cenário, a presente pesquisa objetiva compreender os processos de desenvolvimento e implementação de uma arquitetura de interoperabilidade para governo eletrônico e identificar prováveis implicações da condução desses processos na posterior adoção dos padrões especificados. O objeto de estudo do é a arquitetura e-PING, um conjunto de padrões de interoperabilidade definido pelo Governo Federal brasileiro, que abrange cinco principais áreas: interconectividade, segurança, meios de acesso, organização e intercâmbio de informações. A metodologia adotada foi a do estudo de caso único longitudinal, com abordagem qualitativa, tendo como base de análise a Teoria Institucional. Foram utilizados análise documental, entrevistas semi-estruturadas para a coleta de dados. Os resultados apontam que, embora a adoção de mecanismos de isomorfismo e estratégias de legitimação possa influenciar positivamente os processos de institucionalização da arquitetura, essas ações apresentam efetividade limitada em decorrência principalmente do ambiente e do contexto onde os referidos processos ocorrem.
Título em inglês
Development and implementation of interoperability standards for electronic government in Brazil.
Palavras-chave em inglês
Electronic government
Framework
Institutionalism
Interoperability
Standardization
Standards
Resumo em inglês
Interoperability standards play an important role in the integration and sharing of information in electronic government environments. The development and implementation of these standards, however, does not depend solely on technological issues. Systems integration and information sharing is not only about data exchange, but, mainly, about integration of processes and transactions. With this view, other variables from the institutional (organizational and political), economic and social context become relevant. Furthermore, in electronic government environments, transactions usually involve multiple agents and are strongly conditioned by cultural aspects, contributing to the increase of processes complexity and connectivity. The establishment of standards does also require the restructuration of business processes and changes in the way the agents interact with the various government agencies. Based on this scenario, this research aims at understanding the processes of development and implementation of architecture for electronic government interoperability and at identifying possible implications of the way in which these processes have been managed on the ensuing adoption of the specified standards. The research object is the e- PING architecture, a set of interoperability standards defined by the Brazilian Federal Government, comprising five main areas: interconnectivity, security, means for access, organization and interchange of information. Single case longitudinal study was the adopted research methodology, with a qualitative approach, using Institutional Theory as the basis for analysis. Data collection was based on document analysis, structured and semi-structured interviews. The results indicate that, although the adoption of isomorphism mechanism and legitimating strategies could contribute to the architecture's institutionalization, these actions have their effectiveness limited by conditions of the environment in which these processes occur.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
TeseErnaniMSantos.pdf (649.89 Kbytes)
Data de Publicação
2008-05-12
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.