• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.12.2018.tde-11072018-151654
Documento
Autor
Nome completo
Edison Quirino D'Amario
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2018
Orientador
Banca examinadora
Comini, Graziella Maria (Presidente)
Amorim, Wilson Aparecido Costa de
Teodosio, Armindo dos Santos de Sousa
Fischer, Rosa Maria
Iizuka, Edson Sadao
Título em português
Inovação social: uma proposta de escala para a sua mensuração
Palavras-chave em português
Empreendedorismo social
Escalas de mensuração
Inovação social
Resumo em português
A inovação é um campo do conhecimento que vem sendo largamente discutido na literatura de negócios. Nesse campo, ela pode ser entendida como a criação de um novo valor e riqueza para os stakeholders. Nesse sentido, o conceito comumente concebido pela literatura, aborda como ela pode criar e capturar novos valores para as organizações e para os clientes por meio de mudanças em uma ou mais dimensões do sistema de negócios. Essas mudanças podem ocorrer em produtos, serviços ou processos, entre outras. Embora a inovação tenha sido mais estudada na área de negócios, a partir dos impactos sociais que elas podem promover, alguns estudiosos, usando a mesma lente da inovação tradicional, começaram a investigar as inovações que tinham como propósito alcançar objetivos socioambientais. A esse tipo de inovação foi adicionado o termo "social". Como essa área de conhecimento ainda se apresenta incipiente na literatura, este estudo tem como objetivo ampliar o conhecimento sobre inovação social, a profundidade em que ela ocorre, os tipos encontrados e a abrangência geográfica de sua ocorrência. Por ser ainda um assunto pouco estudado, conforme revisão sistemática da literatura, seu entendimento ainda se encontra em fase de construção. Portanto, para atingir esse objetivo, foi necessário desenvolver um instrumento de pesquisa que fosse capaz de identificar a profundidade, os tipos e a abrangência das inovações sociais geradas por empreendimentos sociais. Entendem-se como empreendimentos sociais, organizações com ou sem fins lucrativos que tenham como intencionalidade algum propósito social, ambiental ou socioambiental e a criação de valor. A partir do desenvolvimento de uma escala para mensurar e mapear as inovações sociais geradas por empreendimentos sociais, seguindo todos os critérios necessários e indispensáveis para o desenvolvimento de escalas, no que diz respeito a sua validação de conteúdo, procedeu-se a sua aplicação em 264 empreendimentos sociais nas 27 unidades confederativas do Brasil. Para a validação psicométrica do instrumento de pesquisa, foram realizadas Análises Fatoriais Exploratórias e Confirmatórias. A escala inicial, antes da validação de conteúdo e psicométrica, contava com 53 itens, e após as validações restaram 23 itens, que mensuram os tipos de inovação social de produto, de marketing e organizacional; as profundidades incremental, disruptiva e institucional, e a abrangência geográfica. Os resultados da aplicação da escala indicam que a profundidade inovação social que mais se destacou na amostra foi a disruptiva. Este achado indica que estes empreendimentos sociais buscam identificar problemas sistêmicos e elaborar soluções transformacionais para atingir seus objetivos. Também foram observadas inovações incrementais e institucionais, no entanto, com menor intensidade. Com relação aos tipos de inovações sociais verificadas na amostra, as inovações sociais organizacionais foram as que mais se destacaram, seguidas das inovações sociais de produto e de marketing. As inovações de processo não atingiram índices de confiabilidade que pudessem participar das análises, e, por este motivo, as variáveis que buscavam mensurar esse tipo de inovação social foram excluídas da escala. Análises complementares, incluindo cruzamentos de dados demográficos podem ser verificadas nas análises de resultados. Como contribuição, esta tese amplia o entendimento sobre o empreendedorismo social, as inovações sociais que eles geram e, oferece aos pesquisadores, um instrumento de pesquisa validado
Título em inglês
Social innovation: a scale proposal for its measurement
Palavras-chave em inglês
Measurement scales
Social entrepreneurship
Social innovation
Resumo em inglês
Innovation is a field of knowledge that has been widely discussed in the business literature. In this field, it can be understood as the creation of a new value and wealth for stakeholders. In this sense, the concept commonly designed for literature, discusses how it can create and capture new value for organizations and for customers through changes in one or more dimensions of the business system. These changes may occur in products, services or processes, among others. Although innovation has been more studied in the area of business, from the social impacts that they can promote, some scholars, using the same traditional innovation lens, began to investigate the innovations that had as purpose to achieve environmental goals. To this kind of innovation, it was added the term "social". As this area of knowledge is still incipient in the present literature, this study has the objective to deepen the knowledge about social innovation, the depth at which it occurs, the types found and its geographical occurrence. The fact that it is still a subject little studied, according to a systematic review of the literature, its understanding is still under construction. Therefore, to achieve this goal, it was necessary to develop a research instrument that was able to identify the depth, the types and geographical occurrence of social innovations generated by social entrepreneurships. We understand as social entrepreneurships, organizations for or non-profit that have as intentionality some social, environmental or socio-environmental purpose and the value creation. From the development of a scale to measure and map the social innovations generated by social enterprise, following all the necessary and essential criteria to the development of scales, with respect to its content validation, we applied it to 264 social entrepreneurships in in the 27 Confederate units of Brazil. For the psychometric validation of the research instrument, we did Exploratory and Confirmatory Factorial Analyses. The initial range, before the content and psychometric validation, had 53 items, and after the validations, it remained 23 items. These items measure the types of social innovation of product, organizational and marketing; the incremental, institutional, and disruptive depths and the geographical range. The results of the application of the scale indicates that the depth of social innovation that most stood out in the sample was disruptive. This finding indicates that these social entrepreneurships seek to identify systemic problems and develop transformational solutions to achieve their goals. Also incremental innovations and institutional were observed, however, with less intensity. With respect to the types of social innovations occurring in the sample, the social organizational innovations were the ones that stood out, followed by the social innovation of product and marketing. Process innovations did not reach levels of reliability that could participate in the analysis, and, for this reason, the variables to measure this kind of social innovation were excluded from the scale. Complementary analyses, including intersections of demographic data can be checked in the analysis of results. As a contribution, this thesis extends the understanding about social entrepreneurship, social innovations they generate and offers researchers, a validated instrument of research.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
CorrigidoEdson.pdf (2.44 Mbytes)
Data de Publicação
2018-07-16
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.