• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
Documento
Autor
Nome completo
Fernando Carvalho
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2004
Orientador
Banca examinadora
Fischer, Rosa Maria (Presidente)
Hanashiro, Darcy Mitiko Mori
Teixeira, Helio Janny
Título em português
Práticas de planejamento estratégico e sua aplicação em organizações do Terceiro Setor
Palavras-chave em português
Administração
Estratégia
Planejamento estratégico
Sem fins lucrativos
Terceiro setor
Resumo em português
O estudo procurou observar e descrever o uso do Planejamento Estratégico (P.E.) aplicado a organizações do Terceiro Setor. Buscou-se identificar as principais similaridades e diferenças entre as instituições que usaram esta ferramenta de gestão e aquelas que não o fizeram. A coleta de dados foi feita através de um questionário respondido por 56 organizações sem fins lucrativos; entrevistas com representantes de seis entidades selecionadas (Associação Evangélica Beneficente, Sociedade de Ensino Social Profissionalizante, Grupo Vida Barueri, Instituto Escola Brasil, Instituto Credicard e Instituto Socioambiental); e levantamento de dados com três facilitadores de P.E. que trabalharam com este tipo de organizações. Observou-se que o P.E., em termos de obtenção de comprometimento dos colaboradores com a organização, é menos necessário no Terceiro Setor. Por outro lado, é uma ferramenta importante na busca de apoio externo à organização e motivação de sua força de trabalho. Por isso pode e deve ser utilizada por estas instituições no aprimoramento da comunicação com seu público-alvo, mantenedores e colaboradores. Os efeitos do P.E. são influenciados por algumas características das organizações, as quais denominamos Fatores de Sucesso, como por exemplo autoridade e liderança do grupo decisório e Fatores de Insucesso, como por exemplo falta de abertura da alta administração para o diálogo e para o compartilhamento de decisões. Os resultados da utilização do processo de P.E. foram satisfatórios já que promoveram aprimoramentos perceptíveis justamente nos temas de gestão apontados como os mais importantes por todas as organizações pesquisadas. Por outro lado o P.E. ainda é visto por várias organizações como um processo complexo e que traz benefícios apenas em longo prazo. Esta percepção, aliada à baixa importância atribuída à gestão, impediu estas organizações de utilizarem esta ferramenta. Também foram levantadas algumas idéias para que os métodos de P.E. sejam mais bem aproveitados quando aplicados a organizações sem fins lucrativos. As principais sugestões foram: aumento da inter-relação entre as diferentes definições estratégicas ao longo das fases do processo de planejamento, inclusão do conceito de competência essencial nas discussões estratégicas e maior vínculo do plano a uma estrutura de tomada de decisões e gerenciamento das ações planejadas.
Título em inglês
Strategic planning practices and their application on nonprofit organizations
Palavras-chave em inglês
management
nonprofit
Strategic planning
strategy
Resumo em inglês
The study sought to observe and describe the use of Strategic Planning in nonprofit organizations. It sought to identify the main similarities and differences between institutions that used this management tool and those which did not. The data collection comprised a questionnaire answered by 56 nonprofit organizations, interviews with six selected entities (AEB-Associação Evangélica Beneficente, ESPRO-Sociedade de Ensino Social Profissionalizante, Grupo Vida Barueri, IEB-Instituto Escola Brasil, Instituto Credicard e ISA-Instituto Socioambiental), and discussions with Strategic Planning facilitators in nonprofit organizations. The data analysis suggests that Strategic Planning is less necessary in the nonprofit sector, in terms of prompting commitment from people within the organization. On the other hand, Strategic Planning is an important tool in the search for external support to the organization, and in the motivation of its internal workforce. Therefore, Strategic Planning can and should be used by nonprofit organizations to improve their communication with its target audience, donors and collaborators. The effects of Strategic Planning are influenced by some characteristics of the organization, which we call Success Factors (such as the decision-making group’s authority and leadership) and Failure Factors (such as the top management’s resistance to dialogue and to share decisions). The results of actually using Strategic Planning were satisfactory, as they promoted notable improvement precisely in the management areas that the studied organizations pointed out as being the most important. But several organizations still see Strategic Planning as a complex process, whose benefits materialize only in the long run. Such perception, together with the low importance given to management, prevented these organizations from using this tool. The study also raises some ideas to improve the application of Strategic Planning in nonprofit organizations. The main suggestions are: increase the inter-relationship among the different strategic definitions along the planning process; include the concept of essential competence in the strategic discussions; and strengthen the link between the plan and a decision-making structure and management of the planed action
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Defesa.pdf (1.20 Mbytes)
Dissertacao.pdf (4.56 Mbytes)
Data de Publicação
2005-03-29
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2014. Todos os direitos reservados.