• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
Documento
Autor
Nome completo
Henrique de Senna Mota
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2017
Orientador
Banca examinadora
Yu, Abraham Sin Oih (Presidente)
Marques, Pedro Valentim
Nascimento, Paulo Tromboni de Souza
Bermann, Celio
Júnior, Alceu Salles Camargo
Título em português
Resiliência e aprendizagem na cadeia de suprimentos da cana-de-açúcar: um modelo de análise através de custos e margens
Palavras-chave em português
Cadeia Agroindustrial
Cadeia de suprimentos
Cana-de-açúcar
Curva de experiência
Custos
Energia
Etanol
Gestão de operações
Gestão energética
Margem
Modelagem
Resiliência
Resumo em português
A resiliência, conceitualmente, tem sendo vista como a capacidade de reinventar dinamicamente os modelos de negócios e as estratégias, na mesma frequência com que as circunstâncias mudam, ou seja, um recurso para antecipar e se adaptar continuadamente às mudanças que ameaçam a capacidade financeira ou o núcleo de poder das empresas. Levando em consideração o contexto da cana-de-açúcar e o conceito de resiliência foi estabelecido como objetivo principal, desta pesquisa, contribuir para o entendimento de como reconhecer ou identificar uma cadeia de suprimentos resiliente. Para tal, a abordagem metodológica municiou-se da construção de um modelo de simulação da cadeia de suprimentos da cana-de-açúcar no Brasil, para os elos agrícola e industrial. Avaliou-se empiricamente o conceito de resiliência na cadeia de suprimentos da cana-de-açúcar, por meio do Triângulo da Resiliência, proposto por Bruneau et al. (2003). Para este fim, utilizaram-se margens econômicas extraídas do modelo de simulação construído. Foi adaptado e estabelecido uma definição de cadeia de suprimentos resiliente compatíveis com Eventos Perturbadores Identificados de Longo Efeito. Analisou-se a relação da resiliência com os fatores de capacidades e fatores de vulnerabilidades na cadeia de suprimentos da cana-de-açúcar no Brasil. Criou-se uma curva de experiência partilhando as reduções de custos específicos, dentro dos elos agrícola e industrial, procurando identificar avanços tecnológicos e caracterizar a aprendizagem responsável. Os resultados apontaram que foi possível identificar uma cadeia de suprimentos da cana-de-açúcar resiliente pelo método proposto. Identificaram-se as Razões de Progressão, os eventos deflagradores mais significativos, as estratégias adotadas e os resultados das estratégias. Finalmente, compararam-se as fontes de resiliência e alteração de custos e margens identificadas, criando um quadro onde se agregava três naturezas de fatores de influência: tecnológicos, políticos e mercadológicos. Para cada um deles foi detalhado e examinado, criando uma tipologia de fatores capazes de influenciar os custos e margens da cadeia de suprimentos da cana-de-açúcar. Os resultados, também, retratam uma redução de custos ao longo do tempo, com efeitos de curto prazo para a cadeia. O trabalho se destaca pela inovação no método de uso da resiliência, além de sua aplicação inédita na cadeia de suprimentos da cana-de-açúcar, uma ampliação do conhecimento no desenvolvimento de um modelo capaz de gerar margens econômicas, dada certas tecnologias, dentro de uma usina produtora de etanol, açúcar e bioenergia, assim como uma extensiva identificação retrospectiva de todas influências que podem afetar os custos e margens, contribuindo para o maior entendimento da cadeia de suprimentos da cana-de-açúcar.
Título em inglês
Resilience and learning in the sugarcane supply chain: an analysis model through costs and margins
Palavras-chave em inglês
Agroindustrial chain
Costs
Energy
Energy management
Ethanol
Experience curve
Margin
Modeling
Operations management
Resilience
Sugar cane
Supply Chain
Resumo em inglês
Conceptually resilience has been seen as the ability to dynamically reinvent business models and strategies at the same frequency as circumstances change, that is, a resource to continually anticipate and adapt to changes that threaten financial capacity or the core of business power. Taking into account the context of sugarcane and theconcept of resilience it was established as themain objective of this research is to contribute to the understanding of how to recognize or identify a resilient supply chain. Therefore, the methodological approach was based on the construction of model of simulationof the sugarcane supply chain in Brazil, for the agricultural and industrial links. The concept of resilience in the sugarcane supply chain was empirically evaluated through the Resilience Triangle proposed by Bruneau et al. (2003). For this purpose, economic margins extracted from the constructed simulation model were used. A resilient supply chain definition that is compatible with Long-Term Identified Disturbing Events has been adapted and established. The relationship among resilience, capacity factors and vulnerability factors in the sugarcane supply chain in Brazil was analyzed. An experience curve has been created by sharing the specific cost reductions within the agricultural and industrial links, seeking to identify technological advances and characterize responsible learning. The results showed that the proposed method can identify the sugarcane supply chain resilience. The Progression Ratios, the most significant triggers, the strategies adopted and the results of the strategies were identified. Finally, the resilience sources, the changes in costs, and the identified margins were compared, creating a framework where three types of influence factors were added: technological, political and market. Each one of them was detailed and examined, creating a typology of factors capable of influencing the costs and margins of the sugarcane supply chain. The results also portray a cost reduction over time, with short-term effects for the chain. The work stands out for its innovation in the method of using resilience, as well as its unprecedent application in the sugarcane supply chain. That means, an expansion of knowledge in the model of a development capable of generating economic margins, due to certain technologiesin an ethanol, sugar and bioenergy plant, as well as an extensive retrospective identification of all influences that may affect costs and margins.This contributes to a better understanding of the supply chain of sugarcane.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
CorrigidaHenrique.pdf (4.04 Mbytes)
Data de Publicação
2018-01-24
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2014. Todos os direitos reservados.