• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.12.2014.tde-07112014-144842
Documento
Autor
Nome completo
Jaime Peixoto Stecca
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2014
Orientador
Banca examinadora
Albuquerque, Lindolfo Galvao de (Presidente)
Franca, Ana Cristina Limongi
Gomes, Clandia Maffini
Madruga, Lúcia Rejane da Rosa Gama
Rodrigues, Ana Carolina de Aguiar
Título em português
Estratégias genéricas na gestão de pessoas e comprometimento organizacional: um estudo em sociedades cooperativas de crédito
Palavras-chave em português
Administração de recursos humanos
Comprometimento organizacional
Cooperativas
Resumo em português
As sociedades cooperativas ocupam um papel importante na geração e distribuição de riquezas e na prestação de serviços às pessoas que, por vezes, não estão assistidas pelo sistema empresarial tradicional ou procuram no associativismo uma forma de empreender coletivamente. Estas organizações caracterizam-se por procurar contrabalançar seus objetivos sociais com a necessidade de manutenção econômica, diferenciando-se por alcançar a eficácia social por intermédio da eficiência econômica. Neste contexto, salienta-se o importante papel que as cooperativas de crédito vêm alcançando na popularização dos serviços bancários e na concessão de crédito, sendo o ramo do cooperativismo brasileiro a apresentar os maiores índices de crescimento e possibilitando ao associado não apenas usufruir dos serviços, mas também dos lucros advindos das transações. Mas as cooperativas, pelas suas peculiaridades em relação às empresas tradicionais, apresentam desafios igualmente peculiares na condução do negócio, inclusive ao se tratar da gestão de pessoas. O objetivo deste trabalho foi investigar a relação entre as estratégias de gestão de pessoas adotadas nas sociedades cooperativas de crédito com o comprometimento organizacional dos seus colaboradores. Para o alcance deste, realizou-se uma investigação junto aos colaboradores de cooperativas de crédito do Rio Grande do Sul e Santa Catarina pertencentes a três representativos sistemas brasileiros de crédito cooperativo - Sicredi, Sicoob e Unicred - verificando-se a percepção em relação às estratégias de gestão adotadas e o comprometimento organizacional dos mesmos. Para ambos os levantamentos foram utilizados os instrumentos de Medeiros (2003). A pesquisa foi dividida em duas prospecções distintas, ambas acontecendo ao mesmo tempo: a primeira prospecção teve por objetivo identificar a percepção acerca das estratégias genéricas na gestão de pessoas adotadas pelas organizações pesquisadas, englobando os Indicadores de Estrutura Organizacional (especialização, hierarquia e descentralização), os Indicadores de Subsistemas de Recursos Humanos (subsistema alinhado de recursos humanos e subsistema de contratação) e Indicadores de Filosofia e Valores Organizacionais (equipes, pessoas e confiança e ainda rigor e busca de resultados). A segunda prospecção investigou o a percepção de comprometimento organizacional dos colaboradores das mesmas, identificando as variantes do comprometimento classificadas como Afetivo (internalização de valores e objetivos), Instrumental (poucas alternativas), Normativo (obrigação pelo desempenho), Normativo (obrigação em permanecer), Afiliativo (sentimento de fazer parte) e Instrumental (linha consistente de atividade). Para a realização de ambos os levantamentos foi aplicado uma survey, com instrumento utilizando uma Escala Likert de seis opções, contendo 33 questões relativas às estratégias genéricas de gestão de pessoas e 23 questões relativas ao comprometimento organizacional. A pesquisa foi respondida por 388 pessoas e os dados foram tratados utilizando-se estatísticas descritivas e multivariadas, sendo a descritiva para descrição da amostra. Na estatística multivariada, foi aplicada em primeiro lugar a análise fatorial exploratória, verificando-se a conformidade dos modelos de comprometimento e estratégias genéricas de Medeiros (2003). Na sequência, utilizou-se a Modelagem de Equações Estruturais (MEE) para se estimar as relações de dependência entre os construtos "comprometimento" e "estratégias genéricas na gestão de pessoas". Os resultados obtidos apontam para a relação entre as estratégias genéricas na gestão de pessoas e o comprometimento organizacional dos colaboradores das cooperativas. Mais precisamente os indicadores de filosofia e valores organizacionais "equipes, pessoas e confiança" a influenciar positivamente o comprometimento Afetivo - internalização de valores e objetivos e com o comprometimento Afiliativo - sentimento de fazer parte. Ainda os indicadores de filosofia e valores organizacionais "rigor de comportamento e resultados" influenciam positivamente o comprometimento Normativo - obrigação pelo desempenho e o comprometimento Instrumental - linha consistente de atividade. Pela pesquisa, concluiu-se que os sistemas de recursos humanos presentes nas cooperativas de crédito relacionam-se com o comprometimento desenvolvido pelos colaboradores, influenciando-os positivamente, onde estratégias que favorecem a liberdade de expressão, a confiança no empregado e o trabalho em equipe, possibilitam o surgimento de comprometimentos relacionados ao sentimento de afetividade e afiliação para com a empresa. Igualmente estratégias de gestão de pessoas que orientam as práticas para o cumprimento das normas e padrões e apontam para a necessidade do alcance dos objetivos organizacionais, acabam por determinar um sentimento de compromisso para com o desempenho da cooperativa. Este compromisso se reflete no cumprimento de normas e na identificação para com a filosofia da organização.
Título em inglês
Generic strategies towards human resource management and organizational commitment: a study concerning credit cooperatives
Palavras-chave em inglês
Credit cooperatives
Human resource management
Organizational commitment
Resumo em inglês
Cooperative societies have an important role concerning generation and distribution of wealth and services to people who do not fit the traditional business system. Another reason why people look for cooperative societies is that they are a way of undertaking collectively. These organizations are characterized by a constant search for balance among their social objectives and the necessity of economic maintenance what builds the difference; they reach social efficiency through economic efficiency. In this context, it is highlighted the important role that credit cooperatives have been developing with the popularization of bank services and also granting credit. The Brazilian branch of cooperatives presents the highest growing indexes giving to the associated the possibility of accessing bank services and share the profit originated by the financial transactions. Although these cooperatives present peculiarities when compared to traditional companies, they also present peculiar challenges in their business administration, especially when dealing with human resource management. This work aimed to investigate the relation among human resource management strategies, adopted by such credit cooperatives, with the organizational commitment of their workers. In order to reach this objective, it was carried out a survey with the workers belonging to three credit cooperatives from Rio Grande do Sul and Santa Catarina which are part of the three most representative systems in Brazil: Sicredi, Sicoob and Unicred. It was verified the perception regarding adopted business administration strategies and organizational commitment. In both analyses it was used Medeiros (2003) tools. The research was divided into two distinct surveys happening at the same time. The first survey aimed to identify the perception concerning business administration generic strategies adopted by the researched organizations encompassing the Structural Organizational Indexes (specialization, hierarchy and decentralization), the Human Resources Subsystem Indexes (human resources aligned subsystem and hiring subsystem) and Philosophy Indexes and Organizational Values (teams, people and thrust, severity and the search for results). The second prospection investigated the perception regarding organizational commitment, identifying the commitment variants classified as Affective (internalized values and objectives), Instrumental (few alternatives), Normative (obligation for performance), Normative (obligation to keep the position), Affiliative (feeling of belonging) and Instrumental (consistent line of activity). In both surveys it was used a Likert scale of six options having thirty-three questions related to human resources generic strategies and twenty-three questions related to organizational commitment. The questionnaire was answered by 338 people. Descriptive and multivariate statistics were chosen to treat all data collected being the descriptive statistics applied to the sample description. Considering the multivariate statistics, firstly it was applied the exploratory factor analysis to verify the commitment model conformity and Medeiros (2003) generic strategies. In the sequence, it was used the Structural Equation Modeling to estimate the dependency relations among the constructs "commitment" and "human resources generic strategies". The results obtained indicate the relation between human resources generic strategies and organizational commitment of the cooperative workers, more precisely, the philosophy indexes and organizational values "teams, people and thrust". These indexes influence positively the Affective commitment - internalized values and objectives - with Affiliative commitment - feeling of belonging. Besides Affective and Affiliative commitment, philosophy indexes and organizational values "behavior severity and results" influence positively the Normative commitment - obligation for performance, and Instrumental commitment - consistent line of activity. It was concluded that the human resources systems present in these credit cooperatives are related to the commitment developed by the workers influencing them positively. The strategies favor the freedom of speech as well as thrust and team work enabling the development of commitments related to affection and affiliation towards the company. At the same time, human resources management strategies, which guide the practices to fulfill norms and standards, indicate the necessity to reach the organizational objectives determining a commitment feeling in relation to the cooperative performance. This commitment with the accomplishment of norms generates in the workers a sense of identification with the organizational philosophy of the company.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2014-12-15
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.