• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.12.2019.tde-05022019-151400
Documento
Autor
Nome completo
Maria Raquel Siqueira Marques da Costa
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2018
Orientador
Banca examinadora
Sousa, Almir Ferreira de (Presidente)
Silva, Fabiana Lopes da
Monzoni Neto, Mario Prestes
Savoia, Jose Roberto Ferreira
Título em português
Avaliação do desempenho de empresas de energia elétrica no Brasil sob a ótica de variáveis ambientais, sociais e de governança corporativa
Palavras-chave em português
Avaliação de desempenho organizacional
Energia elétrica
Finanças das empresas
Sustentabilidade
Resumo em português
O presente trabalho buscou avaliar o desempenho de empresas de energia elétrica no Brasil sob a ótica de variáveis ambientais, sociais e de governança corporativa (ESG - sigla inglesa para environmental, social and governance). Para tanto, concentrou-se na análise das companhias de capital aberto que reportam informações sobre suas iniciativas em sustentabilidade, no período de 2010 a 2015. Inicialmente, foi realizada revisão teórica acerca dos conceitos de finanças corporativas, sustentabilidade, valor compartilhado, materialidade e da relação entre mercado financeiro e sustentabilidade, com foco no investimento responsável. A análise quantitativa utilizou de variáveis ESG e econômico-financeiras de dez empresas. Foram realizados três estudos, por meio de regressões com dados em painel, avaliando a relação entre desempenho, caracterizado neste estudo por ROE (sigla inglesa para return on equity), e as variáveis explicativas. O primeiro estudo, que analisou a relação entre ROE e as variáveis ESG, não se mostrou estatisticamente significante, posto isso, não foi possível explicar o desempenho de empresas a partir somente das variáveis ESG. O segundo estudo, que adicionou à primeira análise os indicadores econômico-financeiros, apresentou quatro variáveis estatisticamente significantes, demonstrando que o desempenho de empresas pode ser explicado por variáveis ESG e econômico-financeiras em conjunto: (i) investimento em iniciativas de sustentabilidade; (ii) independência do conselho de administração; (iii) seguro D&O (Directors and Officers Liability Insurance) para administradores e conselheiros; e (iv) margem líquida. Por fim, o terceiro estudo buscou verificar o impacto da medida provisória nº 579 de 2012 (MP579) e apresentou resultado divergente ao esperado pela literatura, não sendo possível afirmar que a edição da MP579 afetou negativamente a rentabilidade das empresas do setor elétrico no Brasil. Este trabalho demonstra que a análise de indicadores ESG não deve ser dissociada da análise de indicadores econômico-financeiros.
Título em inglês
Evaluatioi of the performance of electric utilities companies in Brazil from the perspective of environmental, social and corporate governance variables
Palavras-chave em inglês
Corporate finance
Electric utilities
Performance evaluation
Sustainability
Resumo em inglês
The present study aimed to evaluate the performance of electric utilities companies in Brazil from the perspective of environmental, social and corporate governance (ESG) variables. Therefore, it focused on the analysis of public companies that report on their sustainability initiatives, from 2010 to 2015. Initially, a review of literature was made about corporate finance, sustainability, shared value, materiality and sustainable finance, focusing on responsible investment. The quantitative analysis used ESG and economic-financial variables of ten companies. Three studies were carried out, using regressions with panel data, evaluating the relationship between performance, characterized in this study by ROE (return on equity), and independent variables. The first study, which analyzed the relationship between ROE and ESG variables, was not statistically significant, given that, it was not possible to explain the performance of firms based only on ESG variables. The second study, which added to the first analysis the economic and financial indicators, presented four statistically significant variables, demonstrating that the performance of companies can be explained by ESG and economic-financial variables together: (i) investment in sustainability initiatives; (ii) independence of the board of directors; (iii) D&O insurance (Directors and Officers Liability Insurance) for directors and officers; and (iv) net margin. Finally, the third study sought to verify the impact of provisional measure No. 579 of 2012 (MP579) and presented a different result than expected in the literature, the results showed that it is not possible to state that the MP579 had a negative impact on the profitability of companies in the Brazilian electric utilities sector. This work demonstrates that the analysis of ESG indicators should not be dissociated from the analysis of economic and financial indicators.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
CorrigidaMaria.pdf (1.74 Mbytes)
Data de Publicação
2019-02-06
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.