• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.12.2018.tde-30102018-162946
Documento
Autor
Nome completo
Adriano dos Reis Miranda Laureno Oliveira
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2018
Orientador
Banca examinadora
Lima, Gilberto Tadeu (Presidente)
Carvalho, Laura Barbosa de
Dweck, Esther
Pereira, Marcelo de Carvalho
Título em português
Complexidade aplicada ao estudo da dinâmica do investimento: um modelo baseado em agentes (ABM) de inspiração Kaleckiana
Palavras-chave em português
Economia evolucionária
Economia keynesiana
Economia política
Investimentos
Resumo em português
Os principais modelos de equilíbrio parcial e DSGE que estudam a dinâmica do investimento desconsideram questões centrais para a pesquisa desse tema e tem dificuldades em explicar resultados da literatura empírica. Defendemos que estudar a dinâmica do investimento como um sistema adaptativo complexo por meio de modelos de simulação baseados em agentes (ABMs) é uma alternativa promissora. Nessa dissertação motivamos, descrevemos, justificamos metodologicamente e construímos um ABM nos inspirando em modelos importantes da literatura e incorporamos às expectativas de demanda das firmas uma regra de revisão de otimismo e um mecanismo de interação em suas decisões de produção e investimento. Com isso, reproduzimos diversos fatos estilizados da literatura empírica e conseguimos testar os efeitos macroeconômicos de hipóteses teóricas relacionadas a fenômenos de contágio via confiança, motivações políticas e à reflexividade, presentes nas decisões das firmas. Nossos resultados colocam em dúvida a efetividade de mecanismos análogos à greve de investimentos, como meios dos empresários controlarem as políticas dos governos, mas confirmam que endogeneizar possíveis motivações políticas, ainda que subjetivas, no nível de confiança das firmas tem efeitos macroeconômicos substanciais. Ademais, nossos experimentos sugerem que i) tanto a evolução da produtividade, quanto dos salários reais são condições necessárias para o crescimento, ii) choques de confiança temporários tem efeitos de longo-prazo, iii) para que choques de pessimismo localizados contagiem a economia, eles precisam ser persistentes, iv) considerar o conceito de reflexividade tem consequências macroeconômicas importantes. Não encontramos evidências de que contrações fiscais do governo possam ser expansionistas, por meio de seus efeitos na confiança.
Título em inglês
An agent based model of complex investment dynamics along kaleckian lines
Palavras-chave em inglês
Evolutionary economics
Investiments
Keynesian economics
Political economy
Resumo em inglês
The main parcial equilibrium and DSGE models which study investment dynamics disregard core issues about this subject and have problems to explain results coming from the empirical literature. We argue that studying investment dynamics in a complex adaptive system by using Agent-Based Models is a promising alternative. In this work we motivate, describe, justify methodologically and build an ABM in line with important models from the literature and we incorporate to firms' demand expectations an optimism revision rule and an interaction mechanism in their decisions to produce and invest. Thereby, we replicate many stylized facts from the empirical literature and we were able to test macroeconomic effects from theoretical hypothesis related to confidence-driven contagion phenomena, political motivation and reflexivity, present in firms' decisions. Our results question the effectiveness of mechanisms analogous to the investment strikes, as a way for businessmen to control government policies, but confirm that endogenize possible political motivations, yet subjective, in the level of confidence of the firms has substantial macroeconomic effects. Furthermore, our experiments suggest that i) both productivity and real wages are necessary conditions for growth, ii) temporary confidence shocks have long-term effect, iii ) for localized shocks of pessimism, to contagion the economy, they need to be persistent, iv) consider the concept of reflexivity has important macroeconomic consequences. We find no evidence that government fiscal contractions can be expansionist, through their effects on confidence levels.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
CorrigidaAdriano.pdf (3.61 Mbytes)
Data de Publicação
2018-11-05
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.