• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.12.2003.tde-30082004-141633
Documento
Autor
Nome completo
Guilherme Maia Garcia
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2003
Orientador
Banca examinadora
Picchetti, Paulo (Presidente)
Rosenfeld, Rogério
Silva, Marcos Eugenio da
Título em português
Eficiência do mercado implícito de câmbio a termo no Brasil.
Palavras-chave em português
Câmbio a termo - Brasil
Prêmio de risco cambial
Resumo em português
Neste estudo, é testada empiricamente a hipótese de eficiência no mercado a termo de câmbio brasileiro, para o período recente de flutuação cambial. A freqüência dos dados é diária, e as taxas a termo são construídas com base no mercado de swaps. É utilizado um método de estimação semi-paramétrico e estatisticamente robusto no contexto de distribuições com caudas pesadas. Este método ainda permite que se trabalhe com séries não-estacionárias no nível (sem diferenciar) e com observações sobrepostas (quando o prazo do contrato a termo excede o intervalo entre as observações da amostra). A hipótese de eficiência é rejeitada quando se usa o método robusto; por outro lado, um método mais sensível à presença de outliers falha em rejeitar a hipótese. Por fim, são discutidas algumas questões relativas à hipótese de eficiência, com especial ênfase para a questão de se a rejeição da hipótese é devida à presença de um prêmio de risco cambial, da ineficiência de mercado ou de ambos os fatores. Os resultados sugerem que o mercado de câmbio a termo no Brasil não é eficiente.
Título em inglês
Efficiency of the implied forward exchange market in Brazil.
Palavras-chave em inglês
exchange rate risk premium
forward exchange rate
Resumo em inglês
In this dissertation, the forward exchange market efficiency hypothesis is tested for the recent floating regime in Brazil. We use daily frequency data, with implied forward rates based on the swap market. The statistical approach is a semiparametric procedure which is statistically robust to data distributions with heavy tails and allows for non-stationarity of the data and overlapping observations (when the interval between observations is shorter than the futures maturity). The efficiency hypothesis is rejected when the robust procedure is used; still, a distinct procedure more sensible to the presence of outliers fails to reject the hypothesis. At last, we discuss some issues regarding the efficiency hypothesis, emphasizing the question of whether the rejection of the efficiency hypothesis denounces the presence of a risk premium, of market inefficiency or both. The results suggest the Brazilian forward exchange market is not efficient.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2004-09-08
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.