• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.12.2004.tde-28072004-110113
Documento
Autor
Nome completo
Celso de Campos Toledo Neto
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2004
Orientador
Banca examinadora
Kanczuk, Fabio (Presidente)
Alves, Denisard Cneio de Oliveira
Butron, Guillermo Roberto Tomas Malaga
Oliveira Filho, Gesner Jose de
Picchetti, Paulo
Título em português
Ciclos do produto brasileiro: decomposição e análise em 'tempo real'.
Palavras-chave em português
análise espectral
ciclos
filtros
hiato do produto
PIB
política monetária
Resumo em português
Esta tese é composta de três artigos. O primeiro artigo aplica a metodologia proposta por Chari, Kehoe e McGrattan (2003) para decompor as flutuações da indústria brasileira, usualmente medidas por meio da aplicação de filtros mecânicos. Sugere-se que os ciclos encontrados pela utilização do filtro Hodrick Prescott (ou qualquer filtro band pass) englobam oscilações econômicas cuja origem pode ser deslocamentos tanto da demanda quanto da oferta. Em particular, as simulações a partir de dados reais indicam que a maior parte dos ciclos brasileiros têm origem na oferta. Este resultado sugere que a calibração da política monetária a partir da noção usual de “hiato do produto” é potencialmente falha. De fato, estimativas da curva IS a partir dos componentes cíclicos associados à oferta e à demanda mostra que o impacto negativo de uma elevação de juros é relativamente maior sobre a oferta. De certa forma, portanto, há um viés inflacionário no uso da política monetária. Uma estimativa da Curva de Philips com o componente cíclico associado às mudanças de demanda revela coeficiente positivo maior do que o observado em modelos estimados com a medida usual de “hiato do produto”. O segundo artigo compara a performance de filtros band pass com a do filtro Hodrick Prescott na determinação dos ciclos do produto brasileiro. Conclui-se, com base em inspeção do desempenho na amostra de dados disponível e em simulações de Monte Carlo, que o filtro Hodrick Prescott é inferior às alternativas consideradas quando o objetivo é extrair os ciclos em “tempo real”. Essa conclusão é válida para dois modelos estatísticos alternativos de descrição do PIB: (i) supondo que a variável é I(0) em torno de uma tendência linear com “quebras” e (ii) supondo que a variável é I(1). Há também robustez com relação ao parâmetro de comparação do desempenho dos filtros. O terceiro artigo obtém: (i) uma série do PIB trimestral dessazonalizado perfeitamente compatível com as variações anuais, desde 1980, corrigindo um problema de ajustamento existente na série disponível eletronicamente; (ii) uma série confiável desde 1970, a partir de técnicas de desagregação temporal utilizando indicadores; (iii) uma série trimestral desde 1947 que, provavelmente, preserva uma parcela razoável dos componentes do PIB normalmente associados aos ciclos econômicos e; (iv) uma série alternativa que, provavelmente, incorpora uma parte dos componentes irregulares do período que vai de 1956 a 1969.
Título em inglês
Brazilian economic cycles: decompositions and 'real time' analysis.
Palavras-chave em inglês
filters
GDP
monetary policy
output gap
spectral analysis
Resumo em inglês
The first paper applies the methodology proposed by Chari, Kehoe and McGrattan (2003) to analyze cyclical fluctuations of the Brazilian industry, usually obtained by means of mechanical filters. The results suggest that filter-obtained cycles – using the Hodrick Prescott filter or a band pass filter – include components originated from supply and demand disturbances. Particularly, the simulations indicate that most Brazilian cycles are due to supply movements. This result leads to the conclusion that calibrating monetary policy based on a filter-obtained “output-gap” is potentially flawed. Indeed, IS curve estimations using supply-driven and demand-driven cyclical components show that the impact of monetary policy is more significant in the former than the latter. Thus, it would seem that there is an inflation bias in current monetary policy practice. The paper shows also that a Phillips Curve estimated from demand-driven cyclical components reveals a higher coefficient than one obtained by the usual regressions. The second paper compares the performance of band pass filters with the Hodrick Prescott filter in terms of their ability to extract the cycles of Brazilian GDP in “real time”. Using actual and artificial data, the simulations indicate that the Hodrick Prescott filter is inferior. This conclusion holds for two alternative models to describe the GDP dynamics: (i) supposing the series is I(0) around a deterministic trend with a few structural breaks and (ii) supposing the series is I(1). The results are also robust with respect to more than one benchmark chosen to evaluate the performance of the filters. The third paper obtains: (i) a seasonally adjusted quarterly GDP series for the period 1980 to 2002, that is perfectly compatible with the annual National Accounts real variations, correcting a step problem present in the electronically available series; (ii) a reliable series going back to 1970, using temporal disaggregation methods with indicators; (iii) a series going back to 1947 that, most likely, preserves a reasonable amount of the cyclical components of the GDP and (iv) a series going back to 1956 that is likely to include part of the irregular components.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Apendices.pdf (1.46 Mbytes)
Tese_Final.pdf (1.60 Mbytes)
Data de Publicação
2004-07-30
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.