• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.12.2014.tde-22012015-160514
Documento
Autor
Nome completo
Luisa de Azevedo Senra Soares
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2014
Orientador
Banca examinadora
Menezes Filho, Naercio Aquino (Presidente)
Madeira, Ricardo de Abreu
Pinto, Cristine Campos de Xavier
Título em português
A oferta de trabalho voluntário no Brasil
Palavras-chave em português
Econometria
Trabalho voluntário
Resumo em português
Este artigo visa investigar os determinantes econométricos da oferta de trabalho voluntário no Brasil. Nas últimas décadas, foram realizados estudos empíricos buscando explicitar os fatores que levam os indivíduos a trabalhar voluntariamente em alguns países, mas nenhuma averiguação desse caráter foi feita entre os brasileiros ainda. De fato, pouco se sabe a respeito dos trabalhadores voluntários no Brasil. Utilizando dados da PNAD/IBGE, esta pesquisa mostra que eles eram cerca de 208 mil em 2012, o equivalente a 0,17% da população de 15 a 64 anos de idade no país, e trabalhavam em média 21 horas por semana. Os resultados do pooled Probit e Tobit indicam que pessoas com menores rendimentos potenciais do trabalho (custo de oportunidade) têm maior probabilidade de serem voluntárias e dedicam mais tempo ao voluntariado. A oferta de trabalho voluntário também aumenta com a renda domiciliar dos demais moradores e a escolaridade, e sua relação com a idade tem formato de U. Entre os homens, a renda não proveniente do trabalho é outro fator que exerce uma influência positiva sobre a decisão de despender algumas horas por semana em atividades voluntárias. Já entre as mulheres, a disponibilidade para trabalhar voluntariamente diminui com a presença de crianças no domicílio. De maneira geral, a magnitude dos efeitos obtidos através do modelo Probit é mais relevante.
Título em inglês
The supply of volunteer work in Brazil
Palavras-chave em inglês
Econometrics
Volunteer work
Resumo em inglês
This paper aims to investigate the econometric determinants of volunteer labor supply in Brazil. In recent decades, empirical studies trying to identify the factors that lead individuals to volunteer have been conducted in some countries, but no investigation of such character has been made in Brazil so far. Indeed, little is known about the nation's volunteer workers. Using data from PNAD/IBGE, this research shows that they were about 208 thousand in 2012, or 0.17% of the Brazilian population aged 15-64 years, and worked on average 21 hours a week. The pooled Probit and Tobit results indicate that people with lower potential wages (opportunity cost) are more likely to volunteer and devote more time to voluntary activities. Volunteer labor supply also increases with the income of other household members and higher levels of education. Furthermore, there is a U-shaped relation between volunteering and age. Among men, income from other sources than wages is another factor that has a positive influence on the decision to spend some hours a week volunteering. Among women, having a child at home diminishes the willingness to volunteer. In general, the magnitude of the effects of the Probit model is more relevant.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-01-30
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.