• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
Documento
Autor
Nome completo
Ricardo Batista Camara Leal
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2011
Orientador
Banca examinadora
Duarte, Pedro Garcia (Presidente)
Ferreira, Alex Luiz
Rodrigues Junior, Mauro
Título em português
Efeitos da política fiscal sobre o nível da taxa de juros nominal de longo prazo de 25 países da OCDE
Palavras-chave em português
Econometria
Política fiscal
Taxa de juros
Resumo em português
Esta dissertação é um estudo empírico que relaciona variáveis fiscais como dívida pública e déficit primário com a taxa de juros nominal de longo prazo, relação, que na literatura empírica como um todo, é bastante ambígua. Quando separamos, desta literatura, os trabalhos que incluem expectativas de déficits, obtemos resultados positivos e significantes, ou seja, que a contenção fiscal reduz a taxa de juros de longo prazo. Ainda nesta literatura, poucos trabalhos fazem uso de dados de painel devido à pouca disponibilidade de dados. Dessa forma, usamos um painel com 25 países e dados anuais entre 1980 e 2009. Assim, estimam-se modelos estáticos e dinâmicos em que a taxa de juros nominal de longo prazo é explicada pela dívida pública e, principalmente, o déficit primário, controlando a existência de efeitos fixos para países e anos. Utilizamos, em seguida, modelos não-lineares, para captar efeitos das variáveis fiscais de forma não-linear e com variáveis interativas. Encontra-se uma relação positiva entre as variáveis, indicando que um aumento no déficit primário leva a um aumento na taxa de juros nominal de longo prazo. A magnitude do efeito estimado é semelhante a outros estudos feitos com dados em painel. Os resultados apontam que um aumento em um ponto percentual do déficit primário leva a um aumento de zero a 10 bps sobre a taxa de juros nominal de longo prazo. Já para a dívida pública encontramos que, ao contrário do que esperaríamos pela teoria, que seu efeito sobre a taxa de juros nominal de longo prazo é insignificante e menor do que o encontrado na maior parte da literatura, menos de 2 bps, mas semelhante aos de outros trabalhos. Ao contrário de toda literatura para dados em painel, incluímos também a expectativa de déficits, variável que deveria incorporar mais informação do que somente o déficit corrente e, por isso, nossos resultados deveriam ser mais significantes. No entanto, estas variáveis não estão disponíveis para muito anos e, portanto, para esta parte do trabalho nossa amostra se reduz para 1996-2009. Contudo, ao fazermos as mesmas estimações que as anteriores, mas com a expectativa de déficit obtemos coeficientes para o déficit primário insignificantes, nem sempre positivos e baixos. Este resultado parece ser devido à amostra reduzida que temos para expectativa de déficit.
Título em inglês
The effects of fiscal policy on long-term nominal interest rates in 25 OECD countries.
Palavras-chave em inglês
Econometrics
Fiscal policy
Interest rates
Resumo em inglês
This dissertation is an empirical study that tries to capture the relationship between fiscal variables, such as the public debt and the primary deficit, and the long-term nominal interest rates, a relationship that in the empirical literature as a whole is very ambiguous. However, when, in this literature, we look only at papers that include expected deficits, we obtain positive and significant results. In the same set of studies, few use panel data due to low data availability. We use a panel with 25 countries and annual data between 1980 and 2009. We estimate static and dynamic models in which the long-term nominal interest rate is explained by the public debt and, especially, the primary deficit by controlling for the existence of fixed effects for countries and years. We then estimate non-linear models to capture the non-linear and interactive effects of fiscal variables on interest rates. We find a positive and statistically significant relationship between these variables, indicating that the primary deficit has a positive impact on the long-term nominal interest rate. The magnitude of the estimated effect is similar to other studies with panel data. They show that a one percentage point increase in the primary deficit leads to an increase from zero to 10 bps in the long-term nominal interest rate. As for the public debt, we find that, contrary to what we would expect from economic theory, its effect on the long-term nominal interest rate is negligible and smaller than that found in most of the literature, less than 2 bps, but similar to other panel studies. Unlike the rest of the literature that uses panel data, we included deficit expectations that would incorporate more information than just the current primary deficit and would, therefore, give us more statistically significant results. However, these variables are not available for large periods of time for a panel of countries and, therefore, for this part of our study, our sample is reduced to the period 1996-2009. This time, even though we estimate the same models, but now with the deficit expectations, we now obtain statistically insignificant, sometimes negative and lower coefficients for the primary deficit. Nevertheless, these results seem to be due to the small sample size we have for deficit expectations.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2011-04-26
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2014. Todos os direitos reservados.