• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.12.2008.tde-12052008-125836
Documento
Autor
Nome completo
Thiago Sevilhano Martinez
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2008
Orientador
Banca examinadora
Abramovay, Ricardo (Presidente)
Leite, Marcia de Paula
Zylberstajn, Helio
Título em português
Trabalho domiciliar feminino no Brasil: determinantes familiares e produtivos do trabalho remunerado exercido no próprio domicílio
Palavras-chave em português
Condição de trabalho
Econometria
Trabalho em domicílio
Trabalho feminino
Resumo em português
Esta pesquisa investiga os determinantes e a evolução recente no Brasil do trabalho remunerado feminino exercido no próprio domicílio ou simplesmente trabalho domiciliar. Quase 10% da população feminina ocupada, aproximadamente 4,5 milhões de mulheres, tem esse tipo de ocupação. Constatando a inexistência de estudos sobre o tema com dados quantitativos abrangentes, a presente pesquisa utiliza informações da Pesquisa Nacional por Amostras Domiciliares (PNAD) de 1992 a 2005 para analisar como evoluiu a proporção de trabalhadoras domiciliares no total da população ocupada. As mais importantes hipóteses delineadas na literatura a partir de estudos de caso são discutidas pela confrontação com os dados. Sob a ótica da demanda por essa forma de trabalho, analisa-se os setores que mais fazem uso do trabalho domiciliar feminino e as mudanças nessa composição, bem como sua relação com as transformações no mundo do trabalho decorrentes da reestruturação empresarial. Quanto à oferta por trabalho domiciliar, investiga-se como atributos individuais e familiares afetam as chances da mulher estar nesse tipo de condição de ocupação. É debatido como as transformações na inserção produtiva feminina afetaram a importância relativa do trabalho domiciliar. Constrói-se um modelo Logit Multinomial no Stata a partir dos dados da PNAD para comparar como mudou no tempo o impacto de cada atributo sobre a probabilidade de que uma mulher seja trabalhadora domiciliar.
Título em inglês
Home-based work in Brazil: household and productive determinants for remunerated work at home
Palavras-chave em inglês
Discrete choice models
Gender and work
Home-based work
Precariousness of jobs
Resumo em inglês
This research investigates the determinants and recent developments of female home-based work in Brazil. Almost 10% of the occupied female population, approximately 4.5 million women, has this kind of occupation. Noting the lack of studies on the topic with comprehensive quantitative data, the present research uses information from PNAD beginning on 1992 until 2005 to evaluate how the proportion of female home-based workers on occupied population evolved. The most important assumptions outlined in the literature from case studies are discussed by confrontation with the data. From the perspective of demand for this type of work, sectors that intensively use female home-based work are analyzed, as well as its relationship with the changes in the labor market resulting from firms restructuring. On the supply of home-based work, it is investigated how individual and family attributes affect the chances of a woman to be in this work condition. It is discussed how the changes on female's productive insertion affected the relative importance of home-based work. A Multinomial Logit model is built on Stata using the data from PNAD to compare how the impacts of each attribute on the probability of a woman being home-based worker changed over time.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
DISSERTfinal.pdf (869.78 Kbytes)
Data de Publicação
2008-05-12
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.