• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.12.2018.tde-11072018-144555
Documento
Autor
Nome completo
Vitor Chagas da Costa
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2018
Orientador
Banca examinadora
Bueno, Rodrigo de Losso da Silveira (Presidente)
Brito, Ricardo Dias de Oliveira
Nakane, Márcio Issao
Pereira, Ricardo Buscariolli
Título em português
Canais de transmissão da política monetária norte-americana no Brasil
Palavras-chave em português
Econometria
Economia internacional
Política monetária internacional
Resumo em português
Este trabalho estima a resposta de um conjunto de variáveis macroeconômicas e financeiras brasileiras a um choque na política monetária dos EUA, identificando os canais pelos quais a política monetária externa afeta as variáveis domésticas do Brasil. Para tanto, são identificadas séries de choques monetários para a economia norte-americana, posteriormente incluídos em um modelo BVAR com um conjunto de variáveis brasileiras, seguindo Miranda-Agrippino e Rey (2015). A robustez dos resultados é testada pela estimação modelos contendo distintas medidas da mudanças na política monetária norte-americana, e pela utilização de duas estratégias de identificação de modelos VAR. Os resultados sugerem que em sequência a uma contração monetária de 100 b.p. na economia norte-americana, observa-se uma queda 2% no quantum de exportação e importação e uma queda de quase US$800 milhões sobre o fluxo de crédito externo bancário e de portfólio para a economia brasileira. Contudo, os impactos desses efeitos sobre a produção e sobre as taxas de juros domésticas é não significante. Os canais de transmissão convencionais baseados no câmbio e no comércio externo são mais significativos que o crédito externo para a transmissão dos efeitos dos choques monetários norte-americanos.
Título em inglês
Transmission channels of american monetary policy in Brazil
Palavras-chave em inglês
Econometrics
International economics
International monetary policy
Resumo em inglês
This study estimates the response of a set of Brazilian macroeconomic and financial variables to a US monetary policy shock, identifying the channels through which the external monetary policy affects Brazilian domestic variables. For that purpose, a number of series of monetary policy shocks for American economy are identified, and afterwards included in a BVAR model along with a set of Brazilian variables, following -Agrippino e Rey (2015). The robustness of the results is tested by estimating models containing different measures of American monetary policy changes, and by using two different identification strategies. The results suggest that following a monetary policy contraction of 100 b.p. in the US, a fall of aproximately a fall of 2% in the quantum of exports and imports is observerd, as well as a fall of almost US$800 million at the external bank and portfolio inflow of credit in the Brazilian economy. However, the impact of these effects at the domestic output and interest rates is not significant. Conventional transmission channels based on exchange rates and external trade are more significant than the one based on external credit for the transmission of American monetary policy effects.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
OriginalVitor.pdf (2.39 Mbytes)
Data de Publicação
2018-07-16
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.