• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.12.2002.tde-09122002-121846
Documento
Autor
Nome completo
Marcelo Milan
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2002
Orientador
Banca examinadora
Saes, Flavio Azevedo Marques de (Presidente)
Corsi, Francisco Luiz
Pires, Julio Manuel
Título em português
Estado, acumulação de capital e subdesenvolvimento no Brasil (1930-1980).
Palavras-chave em português
acumulação de capital
economia brasileira
estado
subdesenvolvimento
Resumo em português
O objetivo da dissertação é analisar as relações entre Estado e acumulação de capital no Brasil no período compreendido entre 1930 e 1980. Em particular, o trabalho procura mostrar como a evolução econômica, apesar de ampliar a capacidade produtiva e proporcionar rápido crescimento, não conduziu o país ao desenvolvimento, entendido como elevação generalizada e universal do nível de bem-estar econômico e social. Sendo o Estado o principal articulador das estratégias de acumulação no período, reside na própria natureza do Estado em uma sociedade capitalista uma das razões para o subdesenvolvimento do país, na medida em que a riqueza mundial se encontra restringida pela própria dinâmica da economia mundial capitalista.
Título em inglês
State, accumulation of capital and underdevelopment in Brazil (1930-1980).
Palavras-chave em inglês
accumulation of capital
Brazilian economy
state
underdevelopment
Resumo em inglês
The main concern of this dissertation is to analyse the relationship between State and capital accumulation in Brazil in the period 1930 to 1980. The work seeks to stress, in particular, how the economic evolution, in spite of having increased the productive capacity and permiting fast growth, did not proceed to develop the country, in the sense of to generalize and to distribute the rising levels of economic and social well-being. Since the State is the main articulator of accumulation strategies in the period, one of the reasons of the underdevelopment lies beneath the own nature of State in capitalist societies, mainly under the assumption that the world wealth finds itself constrained by the dynamic of the capitalist world system.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
estado-acumulacao.pdf (982.01 Kbytes)
Data de Publicação
2003-06-16
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.