• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.12.2008.tde-07102008-143516
Documento
Autor
Nome completo
Marina Fontes Gontijo
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2008
Orientador
Banca examinadora
Sotomayor, Marilda Antonia de Oliveira (Presidente)
Bugarin, Mauricio Soares
Kadota, Decio Katsushigue
Título em português
Uma aplicação da teoria dos jogos ao mercado do vestibular brasileiro
Palavras-chave em português
Equilíbrio econômico
Teoria dos jogos
Vestibular
Resumo em português
O presente trabalho apresenta uma breve revisão sobre a origem e evolução do vestibular no Brasil, apontando as principais questões e as grandes mudanças ocorridas no decorrer do século XX. Aborda o mercado de alocação de alunos às universidades brasileiras sob dois pontos de vista distintos: (i) estuda a eficiência do mecanismo utilizado e (ii) analisa, os incentivos dos candidatos ao se decidirem por quais instituições de ensino se candidatar. No primeiro enfoque modela o vestibular, mercado ainda não explorado na literatura, procurando adaptar a teoria às especificidades do mercado em questão. Para a utilização de todo o arcabouço da teoria dos jogos modela o mercado relacionado ao vestibular como um mercado de matching de dois lados. Identifica possíveis ineficiências do processo atual, e estende alguns resultados ao novo mercado. Ao relaxar a hipótese de informação completa, apresenta um modelo de equilíbrio que determina a alocação de candidatos ao ensino superior. Por meio da teoria microeconômica clássica, busca-se entender como o esforço e a opção de escola do individuo devem mudar em função de suas habilidades, da faculdade e do nível de seus concorrentes. O equilíbrio determina um vetor de esforços dos agentes e as notas de corte das faculdades. Por fim, são realizadas simulações computacionais do modelo teórico para algumas formas funcionais e paramétricas. A possibilidade de distintas preferências pelas faculdades por partes dos candidatos contempla situações novas na teoria, mas recorrentes no mundo real. Dessa forma, bons candidatos que não avaliam bem as melhores faculdades, acabam se esforçando menos e perdendo as vagas para candidatos não tão bem conceituados. Espera-se que o modelo possa ser estendido e usado para avaliar algumas questões relevantes de políticas educacionais, tal como políticas de ação afirmativas; efeitos de complementaridade entre características de alunos na alocação final, dentre outros.
Título em inglês
An application of the theory of the games to the market of Brazilian vestibular contest
Palavras-chave em inglês
Economic balance
Theory of games
Vestibular contest
Resumo em inglês
The present work briefly describes the origin and evolution of the vestibular in Brazil, pointing out the main issues and changes that occurred throughout the 20th century. The student-university assignment market in Brazil is analyzed under two different approaches: (i) the efficiency of the allocation mechanism, and (ii) the incentives faced by candidates when choosing which institution to apply. The first approach defines vestibular, a new market in the literature, and an attempt to adapt the theory to the specificities of the relevant market is done. Defines the market related to vestibular as a two-sided matching market which can be modeled under a game theory framework. Some possible inefficiencies on the current process are identified, and some extensions of results to the new market are done. Relaxing the complete information hypothesis, it presents an equilibrium model which determines the allocation of candidates to higher education institutions. A classical microeconomics theory framework sheds light on how effort and individual school choice change as a function of abilities, type of school and quality of the competing candidates. The equilibrium determines a vector of effort levels of the candidates and minimum score requirements of the institutions. Finally, some computational simulations are performed with different functional and parametric forms. The possibility of different preference magnitudes for institutions among candidates contemplates new situations in theory, but recurrent in the real world. Very-good type candidates who do not value the best schools end up making little effort and losing places to average type candidates. This model can help to evaluate some relevant issues of education policy such as affirmative action policies, complementarily effects between candidates characteristics in the final allocation and others.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Marina_Gontijo.pdf (1.28 Mbytes)
Data de Publicação
2008-10-10
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.