• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.12.2009.tde-29052009-112502
Documento
Autor
Nome completo
Simone Silva da Cunha Vieira
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2009
Orientador
Banca examinadora
Cornachione Junior, Edgard Bruno (Presidente)
Cunha, Jacqueline Veneroso Alves da
Letichevsky, Ana Carolina
Nova, Silvia Pereira de Castro Casa
Ribeiro Filho, José Francisco
Título em português
Avaliação de programas de educação continuada: análise da percepção do aluno e do seu modelo de decisão para escolha de programas de especialização para executivos no Brasil
Palavras-chave em português
Avaliação de programas educacionais
Educação permanente
Finanças - Estudo e ensino
Resumo em português
Os pressupostos da teoria de avaliação de programas orientada ao consumidor estabelecem que o avaliador tem que identificar os resultados dos programas e seus valores sob a perspectiva das necessidades dos usuários. A avaliação deve ajudar os usuários a escolher entre programas concorrentes por meio de informações. Tendo por base esse arcabouço teórico, o objetivo geral desta pesquisa foi analisar as variáveis de avaliação de programas de especialização prevalecentes segundo a visão de especialistas que são aderentes aos modelos de decisão e de avaliação dos participantes. Concluiu-se que as melhores práticas de avaliação educacional sobre qualidade atendem às necessidades dos alunos no processo de decisão por programa de especialização para executivos a cursar e na avaliação dos programas em curso no contexto brasileiro. Essa constatação foi possível por meio do estudo das hipóteses da pesquisa, com a análise dos resultados da técnica Delphi, entrevistas e aplicação de questionários. Os constructos identificados na teoria de avaliação educacional e levantados na aplicação da técnica Delphi são internos (Corpo Docente, Qualidade das Disciplinas, Perfil da Turma, Infra-Estrutura, Biblioteca, Estudos de Casos, Gestão do Programa, Forma de Ingresso e Monografia) e externos (Reputação, Mercado de Trabalho, Análise de Valor, Classificação em Rankings, Satisfação do Empregador, Internacionalização e Custo). Especialistas, administradores de programas e professores criticam os rankings de melhores instituições de ensino, mas admitem que ainda dão visibilidade e credibilidade ao programa na percepção de alunos e empregadores. O desenvolvimento, a aplicação, os objetivos e os benefícios da avaliação educacional não são completamente compreendidos pelos interessados em programas de especialização. Esse fato é justificado pela carência de recursos no país para a formação específica na área e pouca produção científica sobre o assunto. O grande número de programas de especialização para executivos foi considerado prejudicial à qualidade percebida pelos empregadores e alunos, e causador da confusão entre programas lato e stricto sensus. Administradores de programas, professores, alunos, empregadores e especialistas atribuíram importância elevada aos constructos Reputação, Corpo Docente e Qualidade das Disciplinas. Para a avaliação educacional, o Custo foi considerado o de menor importância por especialistas, administradores de programas, professores e alunos. Entretanto, o mesmo constructo teve importância significativa para alunos no momento de escolha por um programa de especialização a cursar. Os constructos Monografia e Forma de Ingresso foram considerados de pouca importância pelos respondentes tanto para a avaliação educacional quanto para o modelo de decisão por programa de especialização a cursar. A hipótese de que os professores percebem mais valor nos constructos internos do que os alunos, administradores de programas e empregadores não foi aceita como verdadeira. A segunda hipótese, que sugeriu que especialistas percebem mais valor nos constructos internos do que alunos, administradores de programas e empregadores não foi aceita como verdadeira. A terceira hipótese sugeriu que os alunos percebem mais valor nos constructos externos do que professores, administradores de programas e especialistas. Constatou-se que os alunos percebem mais valor ao Mercado de Trabalho, Classificação em Rankings, Custo e Reputação para avaliação educacional do que os professores. A quarta hipótese sugeriu que os empregadores percebem mais valor nos constructos externos do que especialistas e professores, mas nenhuma diferença significativa foi apontada pelos testes. A quinta hipótese (alunos ingressantes percebem mais valor nos constructos externos do que nos internos para o modelo de decisão por programa de especialização a cursar) e a sexta (alunos percebem mais valor nos constructos internos do que nos externos para a avaliação educacional) não foram aceitas, pois nenhuma diferença significativa foi identificada entre as médias dos constructos.
Título em inglês
Evaluation of programs of continuing education: analysis perception of students and their model of choice for decision programs of expertise for executives in Brazil
Palavras-chave em inglês
Education
Evaluation of educational programs
Finance - Study and teaching
Resumo em inglês
The assumptions pertaining to consumer oriented program evaluation theory establish that the evaluator must identify the programs results and their values under the perspective of users necessities. The evaluation must help users choose between competitor programs with information. Based on this theoretical framework, this research aimed at analyzing specialization program evaluations variables that prevail under the specialists points of view that are sticking to the participants models of decision and of evaluation. The conclusion is that the best practices of quality education evaluation attend the students necessities to choose one executive specialization program to follow and to performance program evaluation in Brazils context. This conclusion was possible with the study of researchs suppositions, with the analysis of Delphis results, interviews and questionnaires. The elements identified by education evaluation theory and raised with Delphi are internal (Teaching Staff, Quality of Disciplines, Students Profile, Infrastructure, Library, Case Studies, Programs Management, Selection of Students and Monograph) and external (Reputation, Labor Market, Value Analysis, Classification in Rankings, Employers Satisfaction, Internationalization and Cost). Specialists, programs managers and teachers criticize the best schools rankings, but they admit that rankings give visibility and credibility to the program under the perceptions of students and employers. The development, the application, the objectives and the benefits of education evaluation are not completely understood by the specialization programs users. This fact is justified by the lack of resources in Brazil addressed to education research on evaluation and lack of scientific production. The great number of existing executive specialization programs was considered harmful to the quality perceived by employers and students, and responsible for the confusion between lato and stricto sensu programs. Programs managers, teachers, students, employers and specialists attributed high importance to Reputation, Teaching Staff and Quality of Disciplines. For the education evaluation, Cost received the smallest importance from specialists, programs managers, teachers and students. However, Cost had significant importance to students at the moment of choosing a specialization program to follow. Monograph and Selection of Students were considered little important to both education evaluation and to the decision model used to choose a specialization program to follow. The supposition that suggested that teachers attribute more value to internal elements than students, programs managers and employers was not accepted. The second supposition, that suggested that specialists attribute more value to internal elements than students, programs managers and employers was not accepted. The third supposition suggested that students attribute more value to external elements than teachers, programs managers and specialists. It was proved that students attribute more value to Labor Market, Classification in Rankings, Cost and Reputation than teachers to education evaluation. The fourth supposition suggested that employers attribute more value to external elements than specialists and teachers, but it was no found significant difference during the tests. The fifth supposition (new students attribute more value to external elements than to internal elements to the decision model used to choose a specialization program to follow) and the sixth supposition (students attribute more value to internal elements than to external elements to education evaluation) were not accepted, because it was not found significant difference between elements means.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
TESE_SIMONE.pdf (1.19 Mbytes)
Data de Publicação
2009-06-02
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.