• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.12.2010.tde-27082010-095858
Documento
Autor
Nome completo
Douglas Tavares Borges Leal
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2010
Orientador
Banca examinadora
Cornachione Junior, Edgard Bruno (Presidente)
Carvalho, Flavio Augusto Desgranges de
Nova, Silvia Pereira de Castro Casa
Título em português
Narrativas da participação: estudo foucaultiano sobre a poética do teatro do oprimido nas plenárias de orçamento participativo em Santo André
Palavras-chave em português
Augusto Boal
Michel Foucault
Orçamento participativo
Participação
Teatro do oprimido
Resumo em português
A busca por novas linguagens para a participação no processo público de tomada de decisão levou a prefeitura do município de Santo André, estado de São Paulo, a aliar ao programa de Orçamento Participativo processos de Teatro do Oprimido, sistema desenvolvido pelo teatrólogo Augusto Boal a partir de seu exílio da ditadura brasileira até o ano de sua morte, 2009. A partir de uma abordagem crítica do Orçamento Participativo, segundo uma leitura à luz da obra do filósofo Michel Foucault, considera-se que a participação no governo pode conferir uma manutenção da ordem em vez de empoderamento da população. No que se refere ao Teatro do Oprimido, estudos críticos indicam que haveria nessa estética poucas possibilidades de elaboração poética dos processos. Considerando-se esses problemas, investiga-se de que forma o teatro possibilitaria redimensionar o processo de participação no orçamento. Estudam-se aspectos estéticos e pedagógicos relacionados ao desenvolvimento do Teatro do Oprimido nas plenárias de Orçamento Participativo em Santo André no período de 1997 a 2001. A discussão teórica empreendida levanta os conceitos foucaultianos de governamentalidade, biopolítica, panóptico e sujeito para operar a genealogia do poder em Teatro da qual se depreende a gênese do Teatro do Oprimido e a genealogia do poder em Contabilidade da qual se depreende a gênese do Orçamento Participativo. O estudo de caso que se realiza considera entrevistas com atores e espectadores das apresentações da esquete Orçamento Participativo pelo Grupo de Teatro do Oprimido de Santo André nas plenárias de Orçamento Participativo regionais e temáticas da cidade e outros documentos como fotos e textos. Desenvolve-se também uma simulação de um processo teatral sobre o orçamento na qual se avalia junto a estudantes universitários novas possibilidades ao Teatro do Oprimido e ao Orçamento Participativo. A avaliação dos resultados do caso indica limitações às intenções estéticas de abordagem do orçamento na modalidade do Teatro-Fórum, dadas pelo contexto governamental. A avaliação da simulação aponta o Teatro-Imagem como alternativa de investigação pedagógica sobre o orçamento, parecendo estar mais de acordo com uma perspectiva artística contemporânea. Considera-se que é a partir não da promoção da participação, mas do exercício de aproximação que o teatro pode reconfigurar o processo pedagógico do orçamento.
Título em inglês
Narratives of participation: Foucauldian study about the poetics of theatre of the oppressed in sessions of participative budgeting in Santo André
Palavras-chave em inglês
Augusto Boal
Michel Foucault
Participation
Participative budgeting
Theatre of the oppressed
Resumo em inglês
The search for new languages for public participation in the decision-making process led the municipality of Santo André, São Paulo, to combine the program of Participatory Budgeting with process of Theatre of the Oppressed, a system developed by Augusto Boal from his exile from the dictatorship in Brazil until the year of his death, in 2009. From a critical approach to Participatory Budgeting, based on the work of the philosopher Michel Foucault, it is considered that participation in government can give a regularity enforcement rather than empower the population. In the scope of Theatre of the Oppressed, critical studies indicate that there would be little chances of developing aesthetic poetic processes. Considering these problems, the research investigates how theater would allow interfere the process of participation in the budget. The study considers aesthetics and education related to the development of Theatre of the Oppressed in the plenary of Participatory Budgeting in Santo Andre in the period of 1997 to 2001. The theoretical discussion take up the Foucauldian concepts of governmentality, biopolitics, panoptics and subject to operate the genealogy of power in the theater which indicates the genesis of the Theatre of the Oppressed and the genealogy of power in Accounting from which indicates the genesis of the Participatory Budget. The case study considers to be held interviews with actors and spectators of the performances of the play "participatory budget" by the Group of Theater of the Oppressed Santo Andre in the regional and thematic plenary of Participatory Budgeting in the city and other documents such as photos and texts. It also carries the simulation of a theatrical process on the budget in which is evaluated with university students new opportunities to Theatre of the Oppressed and to Participatory Budget. Findings of the case indicates the limitations of the aesthetic intentions of the Forum Theatre method of approaching the budget given by government context. Findings suggest the Image Theater approach as an alternative of educational investigation to the budgetary process, as it seems to be better aligned to a contemporary artistic perspective. In conclusion, practice of connectedness and approximation seems to be much more relevant than promotion of participation to reset the budgetary pedagogical process.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2010-08-31
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.