• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.12.2012.tde-14122012-165130
Documento
Autor
Nome completo
Rafael de Campos Sasso
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2012
Orientador
Banca examinadora
Lima, Iran Siqueira (Presidente)
Carvalho, Luiz Nelson Guedes de
Oda, André Luiz
Título em português
Qualidade de lucros e estrutura de propriedade: a indústria de private equity no Brasil
Palavras-chave em português
Capital de risco
Dívida
Investimentos
Lucro contábil
Resumo em português
É marcante a relevância que assumiu a indústria de Private Equity ao longo da última década no Brasil. Este trabalho estuda a indústria brasileira de Private Equity por meio da analise da qualidade de lucros medida pelo reconhecimento oportuno de perdas (conservadorismo) e o endividamento das empresas investidas que fizeram uma IPO (Initial Public Offering) na bolsa brasileira no ano de 2007. A primeira hipótese conjectura que as empresas investidas por fundos de Private Equity no Brasil possuem mais qualidade de lucros em relação às não investidas, enquanto que a hipótese secundária estabelece que as empresas que obtiveram aporte de capital proveniente de fundos de Private Equity, no Brasil, são menos endividadas do que as que não obtiveram este tipo de aporte. Com base no trabalho de Ball e Shivakumar (2005) e utilizando-se das adaptações de Beuselinck et al. (2009) e Katz (2009), são utilizados modelos para testar o reconhecimento oportuno de perdas. Os resultados sugerem que, conforme os achados internacionais, as empresas investidas por fundos de Private Equity têm comportamento mais conservador, mas que se endividam menos do que as não investidas. O argumento da maior eficiência contratual dos credores com sua demanda por conservadorismo parece não ter relação com as sugestões de reconhecimento oportuno de perdas por parte das empresas financiadas por fundos de Private Equity, o que, por conseguinte, poderia sugerir que os Limited Partners (investidores desses fundos) e as preocupações reputacionais pelas quais as gestoras passam, direcionariam, realmente, uma demanda por uma qualidade de lucros maior indicando que esses seriam motivadores do reconhecimento oportuno de perdas, conservadorismo condicional buscando reduzir a probabilidade de comportamentos oportunistas de gestores e gestoras e de expropriação de credores, investidores.
Título em inglês
Earnings quality and ownership structure: the private equity industry in Brazil
Palavras-chave em inglês
Accounting earnings
Debt
Investiments
Resumo em inglês
The relevance that the Private Equity industry assumed in Brazil in the last decade is remarkable. The present work studies the Brazilian Private Equity industry by analyzing earnings quality by the timely loss recognition, conservatism, and the leverage of the companies that make an IPO (Initial Public Offering) at the Brazilian stock exchange, Bovespa, in 2007. The first hypothesis conjectures that companies backed by Private Equity in Brazil have more earnings quality than the non-Private Equity backed companies. The second hypothesis conjectures that the Private Equity backed companies, in Brazil, are less leveraged than non-Private Equity backed. Based on Ball and Shivakumar (2005) models, the adaptations on Beuselinck et al. (2009) and Katz (2009) are used to measure timely loss recognition. The results suggest that in Brazil, as in international studies, Private Equity backed companies are more conservative but less leveraged. The argument that the bigger contractual efficiency of the creditors with their demand for conservatism seems to not have relation with the suggestions of timely loss recognition by the invested companies could suggest that Limited Partners (Private Equity investors) and the reputational concerns that the investment houses are exposed, could really create an demand for more earnings quality, showing that this could be a driver to timely loss recognition, conditional conservatism, to reduce the probability of creditors and investors expropriation and investment houses managers and fund managers opportunistic behaviors.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2013-01-08
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.