• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.12.2015.tde-08062015-163820
Documento
Autor
Nome completo
Jorge Andrade Costa
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2015
Orientador
Banca examinadora
Afonso, Luis Eduardo (Presidente)
Costa, Fábio Moraes da
Lustosa, Paulo Roberto Barbosa
Melo, Eduardo Fraga Lima de
Salotti, Bruno Meirelles
Título em português
O valor preditivo do resultado líquido contábil, dos accruals e do fluxo de caixa operacional das empresas do mercado segurador brasileiro
Palavras-chave em português
Accruals
Aplicações financeiras
Contabilidade de seguros
Fluxo de caixa
Lucro
Predição
Provisões técnicas
Resumo em português
O objetivo principal desta tese foi de verificar se as variáveis contábeis resultado líquido contábil, os accruals e os fluxos de caixa operacionais divulgados (FCOs) possuem capacidade de prever fluxos de caixa operacionais das empresas do mercado segurador brasileiro reguladas pela Susep. Adicionalmente foi verificado qual das três variáveis contábeis foi a mais eficiente na previsão, bem como se os accruals conseguem incrementar a capacidade preditiva dos FCOs. Foram analisadas 2.876 demonstrações contábeis semestrais divulgadas por 200 empresas relativas ao período iniciado em 30 de junho de 2005 e terminado em 31 de dezembro de 2013. A base de dados é original. As empresas foram segregadas em cinco segmentos (seguradoras, resseguradoras, sociedades de capitalização, entidades abertas de previdência complementar sem fins lucrativos (EAPCs) e empresas de vida e previdência), em função de suas especificidades. Foram realizadas análises descritivas e análise de dados em painel para verificar a relação existente entre as variáveis. Percebeu-se que as entradas e saídas de caixa provenientes das aplicações financeiras das empresas (resgates e aplicações) são alocadas na Demonstração dos Fluxos de Caixa (DFC) como atividades operacionais e não como de investimentos. Diante deste fato, os procedimentos estatísticos aplicados aos FCOs também foram aplicados aos fluxos de caixa operacionais modificados (MODs), os quais contemplam a reclassificação das movimentações das aplicações financeiras das atividades operacionais para as atividades de investimentos da DFC. A finalidade de também testar o MOD foi de verificar se o mesmo é mais adequado do que o atualmente divulgado (FCO) e se há melhora na sua capacidade preditiva. Os resultados da previsão dos FCOs mostram que as seguintes variáveis contábeis possuem capacidade de prever FCOs do período subsequente, em cada segmento: (a) as três variáveis, nas empresas de vida e previdência e nas seguradoras; (b) o resultado líquido contábil e o FCO, nas resseguradoras; (c) o resultado líquido contábil, nas sociedades de capitalização; e (d) nenhuma variável contábil, nas EAPCs. Os resultados mostram que somente nas empresas de vida e previdência os accruals incrementam a capacidade preditiva do FCO. Quanto ao preditor mais eficiente, os resultados apresentados apontam que o resultado líquido contábil foi mais eficiente nas resseguradoras e nas sociedades de capitalização e os accruals foram mais eficientes nas seguradoras e nas empresas de vida e previdência. A análise dos resultados dos MODs mostram, para cada segmento: (a) quais variáveis possuem capacidade de prever MOD no período subsequente; (b) qual variável foi mais eficiente para prever MOD; e (c) se os accruals incrementam a capacidade preditiva de MOD. Conclui-se que, apesar de distintos resultados entre os segmentos, as variáveis contábeis possuem capacidade preditiva, confirmando entendimentos do FASB e do IASB de que a informação contábil é relevante, pois é capaz de fazer a diferença nas decisões tomadas pelos usuários. Adicionalmente é entendimento do autor desta tese de que as entradas e saídas de caixa proveniente das aplicações financeiras dessas empresas deveriam ser alocadas nas atividades de investimento da DFC.
Título em inglês
The predictive value of the earnings, accruals and operating cash flow of the companies of the Brazilian insurance market
Palavras-chave em inglês
Accruals
Cash flow
Earnings
Insurance accounting
Investments
Prediction
Technical reserves
Resumo em inglês
The main objective of this dissertation was to verify if the accounting variables: earnings, accruals and operating cash flows (FCOs) have the capacity to predict operating cash flows of the companies of the Brazilian insurance market regulated by SUSEP. Additionally, was checked which of the 3 (three) accounting variables was most efficient in the forecast and if the accruals can help to increase the predictive ability of FCOs. 2.876 financial statements were analyzed that were released by 200 companies for the semiannual period beginning on June 30, 2005 and ended December 31, 2013. The database is original. The companies were separated by 5 (five) segments (insurers, reinsurers, capitalization companies, not for profit open private pension entities (EAPCs) and life and pension companies), according to their specificities. Descriptive analysis and panel data analysis were performed to verify relationship between the variables. It was noticed that the cash inflows and outflows from financial investments companies (redemptions and applications) are allocated in the Statements of Cash Flows (DFC) as operating activities and not as investing. Due to this fact, the statistical procedures applied at the FCOs were also applied at modified operating cash flows (MODs), which include the reclassification of movement of financial investments of operating activities for the investing activities of DFC. The purpose to also test the MOD was to verify if it is more appropriate than the currently released (FCO) and if there is any improvement in their predictive ability. The results of FCOs forecasts show that the following accounting variables have the ability to predict FCOs of the subsequent period, in each segment: (a) the 3 (three) variables in the life and pension companies and insurers; (b) the earnings and the FCO in reinsurers; (c) the earnings in capitalization companies; and (d) none of the accounting variables in EAPCs. The results show only in life and pension companies the accruals increment the predictive ability of FCO. As the most efficient predictor, the results show that the earnings was more efficient for reinsurers and the capitalization companies and accruals were more efficient in insurance and in life and pension companies. The results of MODs show, for each segment: (a) which variables have the ability to predict MOD in the subsequent period; (b) which variable was more efficient to predict MOD; and (c) if the accruals increment the predictive ability of MOD. It follows that, although different results between the segments, the accounting variables have predictive ability, confirming understanding of the FASB and IASB that the accounting information is relevant, because it can make a difference in the decisions made by users. Additionally it is the understanding of the author of this dissertation that the cash inflows and outflows from financial investments of these companies should be allocated in investing activities of DFC.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-06-16
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.