• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.12.2004.tde-06102004-113922
Documento
Autor
Nome completo
Andson Braga de Aguiar
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2004
Orientador
Banca examinadora
Martins, Gilberto de Andrade (Presidente)
Fischer, Andre Luiz
Tachizawa, Elio Takeshi
Título em português
Relação entre estruturas organizacionais e indicadores de desempenho das organizações não-governamentais do estado de São Paulo
Palavras-chave em português
Estruturas Organizacionais
Indicadores de Desempenho
Organizações Não-Governamentais
Resumo em português
Esta pesquisa identifica e analisa as relações entre os aspectos básicos que determinam as estruturas organizacionais – sob a ótica de Henry Mintzberg – e indicadores de desempenho operacional das Organizações Não-Governamentais do Estado de São Paulo. Subsidiariamente, analisa o relacionamento entre estruturas organizacionais e área de atuação, idade, tamanho e composição das receitas. Os aspectos básicos representam os parâmetros de design e os fatores situacionais. Os indicadores de desempenho são analisados sob os aspectos quantitativos e qualitativos. Os indicadores quantitativos aplicados foram: índice de aplicação de recursos na atividade meio, índice de aplicação de recursos na atividade fim, produtividade de mão-de-obra e produtividade de capital. Quanto aos qualitativos, identificam-se os principais fatores com os quais as entidades pesquisadas estão comprometidas no sentido de satisfazer os beneficiários na prestação dos serviços. Realizou-se uma pesquisa de campo, dentro de uma abordagem hipotético-dedutiva, envolvendo 34 entidades ligadas à Associação Brasileira de Organizações Não-Governamentais, por meio de um roteiro para condução de entrevistas. Detectou-se, na análise do conjunto das ONGs, três arranjos organizacionais predominantes – burocracias profissionais, adhocracias e estruturas missionárias – e, na análise de cada ONG, uma ausência de configurações puras, sugerindo três conjeturas: presença de estruturas híbridas; transições estruturais; uma configuração não contemplada na tipologia original de Mintzberg. Verificou-se que a maior parte dos recursos financeiros é aplicada na atividade fim e que predominam baixos índices de produtividade de mão-de-obra e de capital, independentemente da metodologia adotada. Observou-se que ‘identificar as necessidades dos usuários’ e ‘manter um relacionamento com polidez e respeito’ são os dois principais fatores de qualidade. Constatou-se que todos os tipos organizacionais estão relacionados com entidades pequenas e jovens. Verificou-se que entidades próximas de burocracias profissionais encontram-se relacionadas às áreas de educação/pesquisa e discriminação racial e de gênero e que a maior parte de seus recursos origina-se de agências de cooperação internacional; ONGs próximas de adhocracias estão associadas às áreas sócio-ambiental e defesa de direitos e apresentam maior diversificação de fontes de recursos; e ONGs próximas de estruturas missionárias estão relacionadas à defesa de direitos e obtêm a maior parte de seus recursos de agências governamentais. Observou-se que entidades próximas de burocracias profissionais apresentam melhores indicadores quantitativos de desempenho, enquanto que, por outro lado, aquelas próximas de adhocracias associam-se com piores indicadores quantitativos de desempenho; entidades próximas de estruturas missionárias apresentam indicadores de desempenho intermediários aos alcançados pelos dois outros arranjos organizacionais. Os resultados demonstram que entidades próximas de burocracias profissionais alcançam melhores indicadores de desempenho, rejeitando a hipótese de que ONGs próximas de estruturas missionárias sejam as que apresentem melhores indicadores de desempenho. Sugere-se a realização de estudos que verifiquem qual das três conjeturas acerca das estruturas organizacionais em ONGs pode ser corroborada.
Título em inglês
Relationship between Organizational Design and Performance Indicators of Nongovernmental Organizations in the State of São Paulo.
Palavras-chave em inglês
Nongovernmental Organizations
Organizational Design
Performance Indicators
Resumo em inglês
This research investigates the relationship between the fundamental aspects that set organizational designs – under Mintzberg’ view – and operational performance indicators of Nongovernmental Organizations in the state of São Paulo. On the subsidiary way, it explores the relationship between organizational designs and activity sector, age, size, and funds composition. The fundamental aspects correspond to the parameters of design and situational factors. The performance indicators are analyzed in their quantitative and qualitative aspects. Indexes of resources application on secondary activities and main activities, labor productivity and capital productivity were employed to analyze the quantitative indicators. As for the qualitative aspects, the main factors with which the examined entities are under obligation, aiming to satisfy the beneficiaries, were analyzed. This inquiry embraces a hypothetical-deductive approach and performs a field research with 34 entities affiliated to Nongovernmental Organizations Brazilian Association in order to guide interviews. This paper, considering the set of NGOs, discerns three predominant organizational designs – professional bureaucracies, adhocracies and missionary. Moreover, considering each NGO, it detects an absence of pure types. Those considerations imply in three conjectures: presence of hybrid configurations; structural transitions; and a new design not contemplated in the Mintzberg’ original typology. This analysis verifies that most of the financial resources are applied in the main activity and low indexes of labor productivity and capital are predominant, regardless the used methodology. It observes that ‘ identifying users needs’ and ‘maintaining a relationship with courtesy and respect’ are the two main quality factors. This investigation observes that all organizational designs are related to young and small entities. It verifies that entities close to professional bureaucracies are related to the fields of education/research and racial or genre bias and the majority of their funds comes from international cooperating agencies. The NGOs close to adhocracies are associated to the social-environmental and human rights defense areas and show a greater diversity of fund resources; the NGOs close to missionary types are associated to human right defense area and obtain the greatest part of their funds from governmental agencies. This inquiry states that entities close to professional bureaucracies show better performance quantitative indicators, whereas, on the other hand, those close to adhocracies are associated to worse performance quantitative indicators; entities close to missionary designs show intermediate performance indicators. The results set forth that entities close to professional bureaucracies achieve better performance indicators, so they reject the hypothesis that NGOs close to missionary designs would be the ones to show better performance indicators. Further research would verify which of those conjectures regarding the organizational designs in NGOs can be corroborated.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Dissertacao.pdf (871.79 Kbytes)
Data de Publicação
2004-10-08
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2014. Todos os direitos reservados.