• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.12.2014.tde-05032015-171235
Documento
Autor
Nome completo
Ademir Luiz Bortolatto Júnior
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2014
Orientador
Banca examinadora
Martins, Gilberto de Andrade (Presidente)
Machado, Nilson Jose
Porto, Juliana Barreiros
Título em português
Hierarquia de valores de alunos de ciências contábeis
Palavras-chave em português
Contabilidade - Estudo e Ensino
Educação Superior
Hierarquia de valores
Valores pessoais
Resumo em português
Valores humanos são objetos de estudo em diversas áreas do conhecimento. Na área de negócios, valores são estudados com o objetivo de entender o comportamento humano em ambientes organizacionais. De acordo com a Teoria Motivacional de Valores de Schwartz (2012), valores são objetivos transituacionais, que atuam como princípios de conduta na vida do sujeito, organizados em uma hierarquia de importância. O objetivo do presente estudo foi identificar a hierarquia de valores de estudantes do curso de graduação em Ciências Contábeis da FEA/USP. Para alcançar esse objetivo foi utilizada a escala de valores de Schwartz (2012) - Portrait Questionaire Value - PQV - por meio de um questionário aplicado aos alunos ingressantes e concluintes do curso. Foram obtidas 86 respostas válidas dos alunos do 1º Semestre do curso e 67 respostas válidas dos alunos do 7º Semestre. Com o fim de condensar as variáveis do questionário, estas foram submetidas à Análise Fatorial. Das 57 variáveis (valores), foram encontrados 14 fatores (tipos motivacionais). A hierarquia de valores foi obtida pelas médias dos escores das variáveis dos fatores, resultando na seguinte estrutura: 1º) Benevolência, 2º) Autodeterminação, 3º) Segurança - Pessoal, 4º) Universalismo - Importar-se, 5º) Hedonismo/Estimulação, 6º) Segurança - Social, 7º) Conformidade - Interpessoal, 8º) Face (Persona), 9º) Conformidade - Regras, 10º) Universalismo - Natureza, 11º) Poder - Recursos/Realização, 12º) Conservação, 13º) Poder - Dominação e 14º) Tradição. As médias de cada grupo de alunos, para cada fator, foram submetidas ao teste t com o objetivo de identificar diferenças estatisticamente significativas entre os grupos. Foram identificadas médias diferentes nos fatores: Benevolência, Hedonismo/Estimulação, Conformidade - Regras, Conformidade - Interpessoal, Universalismo - Importar-se, Universalismo - Natureza e Tradição. Em todos os fatores foram encontradas médias nominais menores para os alunos do 7º Semestre em relação ao 1º Semestre. A hipótese da pesquisa foi a de que os alunos do 7º Semestre teriam médias maiores para os valores Poder, tanto Dominação quanto Recursos. A hipótese não foi aceita, pois a diferença das médias não foram estatisticamente significativas. Pesquisas anteriores como de Porto (2004) e Schwartz e Bardi (2001) apresentam hierarquias de valores semelhantes a encontradas no presente estudo. Dos dezenove Tipos Motivacionais propostos por Schwartz et al. (2012), a Análise Fatorial confirmou quatorze, sendo três completamente confirmados e os demais parcialmente confirmados. O teste t revelou diferenças estatísticas em sete fatores, sendo que desses, seis representam valores com foco social. Ou seja, o que pode, indicar que a educação em contabilidade ou a inserção no ambiente profissional e seu contexto afetam a importância dada a estes valores, direcionando os alunos a uma maior ênfase nos valores individuais. Esse achado tem implicações para as instituições de ensino, educadores e organismos profissionais.
Título em inglês
Values hierarchy of accounting students
Palavras-chave em inglês
Accounting
Higher education
Personal values
Values hierarchy
Resumo em inglês
Human values are subjects of study in several fields of knowledge. In the business area, values are studied in order to understand human behavior in organizational settings. According to Schwartz Theory of Human Values (2012), values are transsituational objectives that act as principles of conduct in the human life, organized in a hierarchy of importance. The aim of this study was to identify the hierarchy of values of students of the Accounting undergraduation course in FEA / USP. To achieve this goal, Portrait Value Questionnaire - PVQ - the scale of values of Schwartz (2012) - was the questionnaire applied to students entering and finishing their course. Evaluating the students of the 1st semester, 86 valid responses were computed and 67 valid responses were obtained from the 7th Semester students. In order to condense the questionnaire variables, variables were subjected to factor analysis. From the 57 variables (values), 14 factors (motivational types) were found. The hierarchy of values was obtained by the mean scores of the variables of factors, resulting in the following structure: 1) Benevolence, 2) Self-Direction, 3) Security - Personal, 4) Universalism - Caring, 5) Hedonism / Stimulation, 6) Security - Social, 7) Conformity - Interpersonal, 8) Face, 9) Conformity - Rules, 10) Universalism - Nature, 11th) Power - Resources/Achievement, 12th) Conservation, 13) Power - Dominate and 14) Tradition . The mean from each group of students, for each factor, were subjected to t test in order to identify statistically significant differences between groups. Different means were identified in factors: Benevolence, Hedonism/Stimulation, Compliance - Rules, Conformity - Interpersonal, Universalism - Caring, Universalism - Nature and Tradition. In all factors, 7th semester students presented lower nominal means comparing to the 1st Semester students. The research hypothesis was that 7th Semester students would have the highest mean to Power values for both Domination as Resources. The hypothesis was not accepted due to the difference of means were not statistically significant. Previous research as Porto (2004), and Schwartz and Bardi (2001) present similar values hierarchies found in the present study. Considering nineteen motivational types proposed by Schwartz et al. (2012), only fourteen were confirmed by Factorial Analysis Technique, which three were completely confirmed and the other partially confirmed. The t test showed statistical differences in seven factors, and of these, six represent values with social focus, which may indicate that Accounting education or the inclusion in the workplace and its context impacts the importance given to these values, directing students to a greater emphasis on individual ones. This finding has implications for educational institutions, educators and professional bodies.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-03-16
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.