• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.12.2013.tde-03122013-185312
Documento
Autor
Nome completo
Humberto Silva Aillon
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2013
Orientador
Banca examinadora
Rocha, Welington (Presidente)
Borinelli, Marcio Luiz
Matos, Emanuel Rodrigues Junqueira de
Título em português
A desinstitucionalização do custeio baseado em atividades sob a ótica da nova sociologia institucional
Palavras-chave em português
Adoção de práticas gerenciais
Contabilidade gerencial
Custeio baseado em atividades
Sociologia organizacional
Resumo em português
A pesquisa teve como objetivo geral investigar, sob a ótica da Nova Sociologia Institucional, quais fatores contribuíram para o enfraquecimento e abandono do Custeio Baseado em Atividades nas empresas objetos do estudo, Beta e Gama. As publicações sobre o Custeio Baseado em Atividades aumentaram expressivamente a partir de 1985, porém não obtiveram sustentabilidade no longo prazo. Percebeu-se muita confusão nos conceitos sobre o método de custeio e resultados das pesquisas não comparáveis, o que contribui para o seu desentendimento conceitual e potencial abandono do método. O caminho que levou aos achados teve base em pesquisa qualitativa e nas empresas estudadas foram avaliados os estágios de adoção do ABC, estágios de institucionalização e as variáveis de desinstitucionalização. Pelos distintos objetivos que motivaram a adoção do ABC, a empresa Beta alcançou o terceiro e a Gama o segundo estágio de adoção. O isomorfismo normativo, incentivado pela recomendação de consultorias, apresentou muita importância nas empresas, enquanto os demais isomorfismos, mimético, coercitivo e competitivo, apresentaram menor relevância. Durante o período de vigência do método de custeio nenhuma das empresas alcançou o estágio de total institucionalização. Ao avaliar os fatores de abandono e desinstitucionalização do ABC, o pressuposto com maior expressão foi o de pressão social, por não trazer inovação informacional, não ser uma exigência da matriz, além da falta de incentivos fiscais. Na categorização dos pontos críticos, foram mapeados dez fatores para a não continuidade do ABC sendo desses, seis inovações não previstas na literatura consultada e quatro que reforçaram a literatura atual. A originalidade deste trabalho reside no conjunto de achados que permitiram o desenvolvimento de uma estrutura básica para que acadêmicos e profissionais analisem antes de incorrer em investimentos e alocação de colaboradores que não trarão o resultado financeiro esperado pela descontinuidade do artefato adotado pela empresa.
Título em inglês
The deinstitutionalization of activity based costing from the perspective of new institutional sociology
Palavras-chave em inglês
Activity based costing
Adopting management practices
Managerial accounting
Organizational sociology
Resumo em inglês
The research aimed to investigate under the perspective of New Institutional Sociology which factors contributed to the weakness and abandonment of Activity Based Costing in the companies studied, Beta and Gama. Research on the Activity Based Costing significantly increased since 1985, but did not achieve long-term sustainability. It was noticed a lot of confusion in concepts about the costing method and research results presented are not comparable which contributes to its conceptual misunderstanding and potential abandonment of the method. The path that led to the findings was based on qualitative research and the companies studied were evaluated the stages of ABC' adoption, institutionalization' stages and variables of deinstitutionalization. By distinct goals that motivated the adoption of ABC among the companies studied, Beta reached the third stage and Gama reached the second adoption stage. The normative isomorphism encouraged by the recommendation of consulting firms presented a lot of importance in companies, while the remaining isomorphisms, mimetic, coercive and competitive, had smaller relevance. During the period of the costing method neither company has reached the stage of full institutionalization. Evaluating the factors of abandonment and deinstitutionalization of ABC the assumption with highest expression was the social pressure, for not bringing innovation informational, not to be a requirement of the head quarter, besides the lack of fiscal incentives. The categorization of the critical points, ten factors were mapped to not continuity of ABC being these six innovations not covered in the literature, and four that reinforced the current literature. The originality of this research lives in the set of findings that allowed the development of a basic structure for academics and practitioners to analyse it before incurring investments and allocation of employees who will not bring the expected financial results due to the discontinuity of the tool adopted by the company.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2013-12-10
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2014. Todos os direitos reservados.