• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.12.2013.tde-02092013-194049
Documento
Autor
Nome completo
Anderson de Souza Carvalho
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2013
Orientador
Banca examinadora
Favero, Luiz Paulo Lopes (Presidente)
Lima, Iran Siqueira
Nakamura, Wilson Toshiro
Título em português
Decoupling e integração entre os mercados acionários dos BRICS
Palavras-chave em português
Brics
Decoupling
Finanças internacionais
Integração financeira
Mercado de capitais
Resumo em português
Com o crescimento do comércio entre os países emergentes na última década, um aumento do fluxo de capitais entre esses países tem sido observado, o que defende a hipótese de integração financeira crescente entre esses países e seus respectivos mercados acionários. Ao mesmo tempo, essa categoria de comércio tem gerado um fator grupo que tem explicado parte da diferença significativa de desempenho econômico entre os países emergentes e os desenvolvidos, conhecida como decoupling. Esta pesquisa pretende investigar se existe um fenômeno de decoupling entre os mercados acionários dos BRICS e dos EUA e se esse fenômeno pode ser explicado pela integração entre os mercados dos BRICS de 2003 a outubro de 2012. Foram analisados modelos em que a variável dependente é a diferença absoluta de desempenho entre um portfólio com índices dos mercados acionários dos BRICS e o índice S&P500 do mercado norte-americano. A variável independente consistiu de proxies para integração entre os mercados acionários dos BRICS. Os modelos foram analisados antes e depois da crise financeira de 2008. Adicionalmente, foram gerados modelos sem a inclusão do mercado chinês para verificar seu impacto na relação entre as variáveis estudadas. Entre os resultados, foram encontradas evidências de: (i) um possível decoupling entre os desempenhos dos mercados dos BRICS e dos EUA, principalmente de 2003 a 2006; (ii) uma influência significativa da integração dos mercados acionários dos BRICS no decoupling identificado; (iii) um impacto relevante do mercado chinês nos fenômenos analisados; e (iv) mudanças importantes nos resultados antes e depois da crise financeira de 2008. Esses resultados suportam a hipótese de que a recente interação entre os mercados emergentes tem produzido um fator grupo que tem gerado desempenhos significativamente diferentes dos mercados desenvolvidos, tendo implicações importantes para a teoria da diversificação internacional de portfólios.
Título em inglês
Decoupling and integration in BRICS stock markets
Palavras-chave em inglês
BRICS
Capital market
Decoupling
Financial integration
International finance
Resumo em inglês
With the growth of the trade between emerging countries in the last decade, an increase in the capital flow between these countries has been observed, which defends the hypothesis of rising financial integration between these countries and their respective stock markets. At the same time, this category of trade has generated a group factor that has explained part of the significant difference of economic performance between emerging and developed countries, known as decoupling. This research aims to investigate if there is a decoupling phenomenon between the BRICS stock markets and the US market and if this phenomenon can be explained by the integration between the BRICS markets from 2003 to October of 2012. I analyzed models in which the dependent variables is the absolute difference of performance between a portfolio with indexes of BRICS stock markets and the S&P500 index of the north american market. The independent variable consisted of proxies to the integration of the BRICS stock markets. I analyzed the models before and after the financial crisis of 2008. Additionally, models were generated without the inclusion of the chinese market in order to verify its impact on the relation between the studied variables. Among the results, I found evidences of: (i) a possible decoupling between the performances of BRICS and US markets, mainly from 2003 to 2006; (ii) a significant influence of the integration between BRICS markets and on the identified decoupling; (iii) a relevant impact of the chinese market on the analyzed phenomena; and (iv) important changes on the results before and after the financial crisis of 2008. These results support the hypothesis that the recent interaction between the emerging markets has produced a group factor that has generated performances significantly different from the developed countries, having important implications to the theory of international diversification of portfolios.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2013-09-05
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.