• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.11.2015.tde-26052015-152116
Documento
Autor
Nome completo
Rafael Dreux Miranda Fernandes
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2015
Orientador
Banca examinadora
Frizzone, Jose Antonio (Presidente)
Gava, Ricardo
Marques, Patricia Angélica Alves
Título em português
 Resposta do almeirão (Cichorium intybus L.) cultivar "folha larga" cultivado em estufa agrícola sob diferentes lâminas de irrigação
Palavras-chave em português
Área foliar
Estresse hídrico
Evapotranspiração
Relações alométricas
Resumo em português
O almeirão e produzido no Brasil principalmente por pequenos produtores, que geralmente produzem outras culturas hortícolas. O almeirão e principalmente utilizado na alimentação humana, porem com potencial para produção de inulina e também com potencial para alimentação animal. O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito da aplicação de porcentagens da evapotranspiração da cultura por irrigação na produção vegetal do almeirão cultivar "Folha Larga" cultivado em casa de vegetação. Dois experimentos consecutivos foram executados em delineamento de blocos inteiramente aleatorizados submetidos a cinco porcentagens de evapotranspiração de cultura (ETc): 60, 80, 100, 120 e 140% aplicadas por irrigação via gotejo. A área experimental foi constituída de 45 parcelas de 1,3 m2 cada, sendo que cada parcela possuía uma válvula solenoide para controlar o tempo de funcionamento da irrigação, totalizando nove repetições por tratamento. A umidade do solo foi monitorada por meio de três sondas de TDR (Time Domain Reflectometry), instaladas a 0,05, 0,30 e 0,50 m de profundidade. As condições meteorológicas foram monitoradas utilizando-se uma estação meteorológica, a qual registrava medidas de umidade relativa do ar, temperatura do ar, radiação solar e velocidade do vento, realizando medidas a cada segundo e armazenando os dados a cada 15 minutos. A partir dos dados meteorológicos, estimou-se a evapotranspiração de referencia pelo método de Penman-Monteith FAO-56, e a evapotranspiração da cultura, utilizando-se um coeficiente de cultura médio igual a 0,76. Foram realizados dois experimentos consecutivos, aplicando-se as porcentagens de ETc durante todo o cultivo do almeirão. As variáveis medidas e analisadas foram: altura de plantas (cm), numero de folhas por planta, massa fresca da parte aérea (g), massa fresca por folha (g folha-1), massa seca da parte aérea (g), umidade da parte aérea (%), área foliar (cm2), comprimento foliar (cm) e largura foliar. Utilizou-se os dados de cada tratamento para se realizar a analise de variância conjunta e teste de media ou analise de regressão, sendo que apenas para as variáveis de massa fresca e massa seca da parte aérea foi possível ajustar equações que representassem os dados médios dos dois experimentos. Observou-se que os dados de massa fresca da parte aérea apresentaram-se diretamente proporcionais ao aumento da porcentagem de evapotranspiração, sendo que o tratamento de 140% da ETc foi o que resultou em maior produção de massa fresca da parte aérea, aproximadamente 31,6% superior a produção do tratamento de 60% da ETC. Quanto aos dados de massa seca da parte aérea, observou-se que a porcentagem de 111,1% da evapotranspiração foi a que obteve maior produção de massa seca da parte aérea, sendo 29,3% maior do que a produção em massa seca do tratamento de 60% da evapotranspiração e 9,35% maior do que a obtida no tratamento de 140% da ETc. A partir dos dados de área foliar, comprimento e largura das folhas do primeiro experimento, foi possível ajustar quatro modelos com resíduos tendendo a normalidade e homocedásticos, os quais foram testados pelo método de Bland-Altman com os dados de área, comprimento e largura foliar do segundo experimento.
Título em inglês
Response of chicory (Cichorium intybus L.) cultivar "folha larga" grown in greenhouse under different irrigation depths
Palavras-chave em inglês
allometric relations
Evapotranspiration
leaf area
water stress
Resumo em inglês
Chicory is grown in Brazil mainly by small landowners, which usually product other horticultural crops. Chicory is mainly used for human feeding, but it has potential for inuin production and also potential for animal feeding. This study aimed at evaluating the effect of applying percentages of crop evapotranspiration by irrigation over vegetable production of "Folha Larga" chicory cultivar grown in greenhouse. Two experiments were performed in the of completely randomized design under five percentages of crop evapotranspiration (ETc): 60, 80, 100, 140% applied by drip irrigation. The experimental area was constituted of 45 plots of 1.3 m2 each, each plot had a solenoid valve to control the duration of the irrigation, totaling nine plots for each treatment. Soil humidity was monitored through three TDR probes (Time Domain Reflectometry), installed at 0.05, 0.30, and 0.50 m depth. The meteorological conditions were monitored using a meteorological station, which recorded measures of relative air humidity, air temperature, solar radiation and wind speed, taking measures at each second and registering the data at each 15 minutes. From meteorologic data, the reference evapotranspiration was estimated by the Penman-Monteith FAO-56 method, and the crop evapotranspiration, using an average crop coefficient equal to 0.76. Two consecutive experiments were performed, applying the percentages of ETc during all the chicory growth period. The measured and analyzed variables were: plant height (cm), number of leaves per plant, plant fresh mass (g), fresh mass by leaf (g leaf-1), plant dry mass (g), plant humidity (%), leaf area (cm2), leaf length (cm) and leaf width (cm). The data of each treatment was used to perform the joint analysis of variation and average test or regression analysis, resulting that only for the variables of leaves fresh and dry weight it was possible to adjust equations to represent the mean values of both experiments. It was observed that the plant fresh weight presented itself directly proportional to increments of percentages of evapotranspiration, being that the treatment of 140% of ETc was the treatment that resulted higher production of plant fresh weight, approximately 31.6% higher than the production obtained from treatment of 60% of evapotranspiration. For the data of plant dry mass, it was observed that the percentage of 111.1% of evapotranspiration was the one that obtained higher values of plant dry weight, being 29.3% higher than the production of plant dry mass obtained with the treatment of 60% of ETc and 9.35% higher than the one obtained with the treatment of 140% of evapotranspiration. From the data of leaf area, length and width of the first experiment, was possible to adjust four models with residuals with normal tendency and homocedastic, which were tested by the Bland- Altman method with the data of leaf area, length and width of the second experiment.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-06-02
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.