• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.11.2018.tde-17072018-134305
Documento
Autor
Nome completo
Tamires Teles de Souza
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2018
Orientador
Banca examinadora
Marin, Fábio Ricardo (Presidente)
Blain, Gabriel Constantino
Cerri, Carlos Eduardo Pellegrino
Pilau, Felipe Gustavo
Título em português
Simulação de cenários agrícolas futuros para a cultura do milho no Brasil com base em projeções de mudanças climáticas
Palavras-chave em português
Ceres maize
DSSAT
Produtividade
Resumo em português
O milho (Zea mays) é considerado como uma das culturas mais importantes cultivadas mundialmente devido a sua composição química, valor nutritivo e o seu potencial produtivo, apresentando assim, considerável relevância nos aspectos socioeconômicos. Diversos fatores interferem no desempenho da cultura e, dentre eles, o clima está entre aqueles que oferecem os maiores desafios para planejamento e manejo da cultura. Diante da importância da cultura no contexto nacional e mundial, é importante considerar as projeções futuras da produção do grão diante das mudanças climáticas e, consequentemente, na segurança alimentar nos próximos anos. Assim, avaliou-se neste estudo o impacto da mudança do clima sobre o crescimento e desenvolvimento da cultura do milho, utilizando um modelo de crescimento de plantas, baseado em processos biofísicos. Para a calibração do modelo foram utilizados dados obtidos experimentalmente e a simulação de cenários de mudanças climáticas foi realizada de acordo com a abordagem do programa AgMIP. Trabalhou-se com o modelo CERES-MAIZE/DSSAT, e três modelos de circulação climática global (GCM's) regionalizados e dois cenários econômicos (ou de emissão) para o período 2040-2069 (representando 2050). Com base nos resultados obtidos, pode-se concluir que se as práticas de gestão se mantêm como presentes, o rendimento de milho deverá diminuir em meio do século, no entanto, a diminuição dos rendimentos reais pode não ser tão dramática quanto previsto nos casos em que apenas o fator climático é considerado. Para isso fatores econômicos e tecnológicos devem ser considerados para aumentar os rendimentos. O aumento da [CO2] terá um efeito positivo sobre o crescimento do cultivo, mas não parece ser suficiente para compensar os efeitos negativos do clima futuro, notadamente o aumento da temperatura do ar.
Título em inglês
Simulation of future agricultural scenarios for maize crop based on projections of climate change
Palavras-chave em inglês
Ceres maize
climate change
DSSAT
yield
Resumo em inglês
Maize (Zea mays) is considered one of the most important crops cultivated worldwide due to its chemical composition, nutritional value and its productive potential, thus presenting considerable relevance in socioeconomic aspects. Several factors interfere in the performance of the crop and, among them, the climate is among those that offer the greatest challenges for crop planning and management. Given the importance of culture in the national and global context, it is important to consider the future projections of grain production in the face of climate change and, consequently, food security in the coming years. Thus, the impact of climate change on maize crop growth and development was evaluated in this study using a plant growth model based on biophysical processes. For the calibration of the model, data obtained experimentally were used and the simulation of climate change scenarios was performed according to the AgMIP program approach. We worked with the CERES-MAIZE / DSSAT model, and three regional climate circulation models (GCM's) and two economic (or emission) scenarios for the period 2040-2069 (representing 2050). Based on the results obtained, it can be concluded that if management practices remain as present, corn yields should decrease in the middle of the century, however, the decrease in real incomes may not be as dramatic as predicted in cases where that only the climatic factor is considered. For this economic and technological factors must be considered to increase incomes. The increase in [CO2] will have a positive effect on crop growth, but it does not appear to be sufficient to compensate for the negative effects of future climate, notably the increase in air temperature.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-07-24
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.