• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.11.2014.tde-04122014-085133
Documento
Autor
Nome completo
Daniel Soares Alves
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2014
Orientador
Banca examinadora
Marques, Patricia Angélica Alves (Presidente)
Botrel, Tarlei Arriel
Cirino, Vania Moda
Coelho, Rubens Duarte
Goncalves, Antonio Carlos Andrade
Título em português
Aspectos produtivos e fisiológicos de cultivares de feijão irrigado
Palavras-chave em português
Phaseolus vulgaris
Disponibilidade Hídrica
Umidade do Solo
Resumo em português
A cultura do feijão (Phaseolus vulgaris L.) apresenta posição de destaque no agronegócio brasileiro e na alimentação da população; a manutenção de elevados índices produtivos está condicionada a utilização da irrigação de forma racional e na escolha adequada das cultivares. Diante disso, torna-se fundamental o conhecimento das respostas fisiológicas e produtiva de diferentes cultivares de feijão submetida a três níveis de disponibilidade hídrica. Tais conhecimentos ainda são pouco difundidos e necessitam de pesquisas para sua melhor compreensão. O objetivo do presente trabalho foi estudar a resposta dos aspectos produtivos e fisiológicos de cultivares de feijão com monitoramento e manejo da irrigação diferenciados. O experimento foi conduzido em condições controladas no Instituto Agronômico do Paraná (IAPAR), em Londrina, PR com delineamento de blocos ao acaso em esquema fatorial e cinco repetições, constando de três cultivares de feijão e três níveis de disponibilidade hídrica no solo, monitorada por tensiômetro instalado a 0,15; 0,20 e 0,30 m de profundidade. Foram avaliados a fitomassa seca das folhas, caule, legume, parte aérea, raízes e total; rendimento de grãos e índice de colheita; fotossíntese, concentração interna de carbono no mesófilo foliar, transpiração e condutância estomática, eficiência da fotossíntese, e eficiência no uso da água instantânea e extrínseca. Os resultados indicaram variação em relação à produção de fitomassa seca de folhas, parte aérea, total, rendimento de grãos e índice de colheita, com maiores valores para a cultivar IAPAR 81 submetida à disponibilidade hídrica total de 463 mm. A cultivar IPR Tangará apresentou resultado semelhante para característica índice de colheita, nas demais não apresentou diferença com disponibilidade hídrica total de 463 e 547 mm, considerando as características citadas anteriormente. Todas as características avaliadas foram menores para a cultivar IPR Curió, a qual não apresentou diferenças com disponibilidade hídrica total de 329 e 404 mm na produção de fitomassa seca da parte aérea, total, rendimento de grãos e índice de colheita. O desenvolvimento radicular das cultivares IAPAR 81 e IPR Tangará foram semelhantes, diferentemente da cultivar IPR Curió que apresentou menor crescimento. Houve comportamento diferenciado das três cultivares avaliadas e maior capacidade de recuperação das atividades fisiológicas para as cultivares IAPAR 81 e IPR Tangará em comparação a cultivar IPR Curió; aos 62 dias após a semeadura, foi observada maior redução nos tratamentos cujo monitoramento da irrigação foi realizado a 0,30 m de profundidade para as cultivares IAPAR 81 e IPR Tangará. A cultivar IPR Curió apresentou redução gradativa dessas características ao longo do ciclo de desenvolvimento. Considerando os resultados conclui-se que as cultivares de feijão apresentaram resposta diferenciada em relação às características produtivas e fisiológicas, a maior produção de grãos ocorreu com disponibilidade hídrica monitorada a 0,20 e 0,30 m de profunidade, as cultivares IAPAR 81 e IPR Tangará apresentaram capacidade de recuperação das atividades fisiológicas após um período de maior estresse; a cultivar IPR Curió apresentou menor eficiência no uso da água. A cultivar IAPAR 81 é mais adequada para locais sujeitos à deficiência hídrica e as cultivares IPR Tangará e IPR Curió serão mais responsivas em sistemas de produção irrigados; não foram observadas alterações nocivas ao aparato fotossintético das cultivares, em função dos tratamentos.
Título em inglês
Productive and physiological aspects of beans irrigated cultivars
Palavras-chave em inglês
Phaseolus vulgaris
Soil Moisture
Water Availability
Resumo em inglês
The bean crop (Phaseolus vulgaris L.) has a prominent position in the Brazilian agribusiness and food of the population; the maintaining of high production rates is dependent upon use of irrigation rationally and in choosing suitable of cultivars. Therefore, it is necessary to know the physiological and productive responses of bean cultivars under three levels of water availability. Such knowledge is still not disseminated and need research for better understanding. The aim of this work was to study the response of productive and physiological aspects of bean cultivars with different monitoring and management of irrigation. The experiment was conducted in Agronomic Institute of Paraná State (IAPAR) in Londrina, PR with a randomized block design in a factorial arrangement with five replications, consisting of three bean cultivars and three levels of soil water availability, monitored by tensiometer installed 0.15; 0.20 and 0.30 m depth. Were evaluated: dry biomass of leaves, stems, pod, aerial part, shoots, and total; grain yield and harvest index; photosynthesis, internal carbon concentration in mesophyll, transpiration, stomatal conductance, photosynthesis efficiency, and efficiency in the use of instant and extrinsic water. The results indicated variation in relation to dry biomass production of leaves, aerial part, total, grain yield and harvest index, with higher values for IAPAR 81 cultivar with total water availability of 463 mm. The IPR Tangará cultivar showed similar results of characteristics to harvest index but in the other characteristics showed no difference in total water availability of 463 and 547 mm, considering the characteristics previously mentioned. All characteristics were smaller to IPR Curió cultivar, which no showed differences in total water availability of 329 and 404 mm in the dry biomass production of aerial parts, total grain yield and harvest index. The root development of the IAPAR 81 and IPR Tangará were similar, unlike IPR Curió cultivar which showed lower growth. There was a differential behavior of the three cultivars and greater resilience of physiological activities for IAPAR 81 and IPR Tangará cultivars compared to IPR Curió cultivar; at 62 days after seedling, greater reduction in irrigation treatments whose monitoring was carried out at 0.30 m depth for IAPAR 81 and IPR Tangará cultivars was observed. The IPR Curió cultivar showed gradual reduction of these characteristics throughout the development cycle. Considering the results it is concluded that the cultivars showed different responses in relation to the productive and physiological characteristics, the largest grain production occurred with water availability monitored at 0.20 and 0.30 m depth, the IAPAR 81 cultivars and IPR Tangará showed resilience of physiological activity after a period of increased stress; IPR Curió cultivar showed lower water efficiency use. The IAPAR 81 cultivar is more suitable for locations where the water deficit is frequent and the IPR Tangará and IPR Curió cultivars be more responsive in irrigation systems production; no changes harmful was observed to the photosynthetic apparatus of cultivars, independent of the treatments.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2014-12-16
 
AVISO: O material descrito abaixo refere-se a trabalhos decorrentes desta tese ou dissertação. O conteúdo desses trabalhos é de inteira responsabilidade do autor da tese ou dissertação.
  • JOSÉ, J. Vieira, et al. Spatial data analysis of available water capacity in two classes of soil. International Journal of Food, Agriculture and Environment , 2013, vol. 11, p. 959-962.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.