• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.11.2015.tde-29042015-155113
Documento
Autor
Nome completo
Andreia Alves Erdmann
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2015
Orientador
Banca examinadora
Brancalion, Pedro Henrique Santin (Presidente)
Viani, Ricardo Augusto Gorne
Silva, Edson José Vidal da
Título em português
Comportamento silvicultural de espécies nativas usadas no enriquecimento artificial de florestas alteradas na Amazônia, visando potencializar a exploração econômica da Reserva Legal
Palavras-chave em português
Filtros ecológicos
Floresta Amazônica
Microssítio de estabelecimento
Restauração ecológica
Silvicultura tropical
Resumo em português
O Brasil é hoje um dos maiores produtores de madeira nativa do mundo. A demanda por este produto é cada vez maior perante a diminuição da oferta e supervalorização das madeiras de crescimento lento, tornando a silvicultura de espécies nativas um desafio, pois não existem estudos suficientes relacionados à produção de mudas, estabelecimento, crescimento e manejo florestal dessas espécies madeireiras. Neste contexto, este trabalho teve como objetivo avaliar a influência do microssítio na sobrevivência e crescimento de espécies nativas madeireiras utilizadas no enriquecimento artificial de florestas remanescentes na Amazônia (Pará), definidas como Reserva Legal (RL) da propriedade, mas que sofreram exploração madeireira recente, visando recompor e potencializar a exploração econômica dessas áreas. As espécies objeto desse trabalho, que foram usadas no enriquecimento artificial da RL, são: Carapa guianensis, Cedrela fissilis, Cordia goeldiana, Handroanthus serratifolius e Hymenaea courbaril. Essas espécies foram plantadas em abril de 2012 e avaliadas aos 9 e 19 meses após o plantio. Com o objetivo de identificar o momento que essas espécies são mais susceptíveis e que condições do microssítio influenciaram a mortalidade, foram caracterizadas as árvores circundantes à cada muda plantada, a taxa de herbivoria da muda, a possível competição com trepadeiras e plântulas, as aberturas no dossel sobre a muda e a luz difusa incidente. Para testar o efeito da espécie e do tempo na mortalidade das mudas, foi ajustado um modelo linear generalizado misto de análise de variância. Para testar a independência entre a sobrevivência e as variáveis ordinais do microssítio, foram construídas tabelas de contingência bidimensionais e aplicados os correspondentes testes de qui-quadrado. As análises demonstraram que a Carapa guianensis foi a espécie com maior mortalidade nos primeiros meses pós-plantio. Além disso, a mortalidade das espécies foi independente dos fatores luz difusa, árvores circundantes às mudas, trepadeiras e plântulas. Entretanto, a mortalidade de Carapa guianensis, Cedrela fissilis, Cordia goeldiana e Hymenaea courbaril foi explicada pelo vigor das mudas na fase inicial; a mortalidade de Cordia goeldiana foi explicada pela herbivoria; Carapa guianensis e Handroanthus serratifolius tiveram a mortalidade influenciada pela abertura no dossel. Afim de identificar os fatores do microssítio limitantes no crescimento das espécies, foram caracterizadas a herbivoria das mudas, a competição com trepadeiras, a competição com plântulas e luz difusa incidente. Para análise estatística, foram considerados modelos lineares de efeitos mistos para a altura, considerando as variáveis do microssítio. A herbivoria não interferiu no crescimento das espécies avaliadas. A luz direta na muda e a luz difusa alta foram significativas para o crescimento das espécies. Cordia goeldiana, Handroanthus serratifolius e Hymenaea courbaril tiveram crescimento máximo com a variável luz direta. As espécies avaliadas tiveram maior crescimento em locais com mais trepadeiras, provavelmente a maior incidência de luz tenha possibilitado o crescimento das trepadeiras e das espécies plantadas. As interações muita trepadeira x luz difusa alta e muita trepadeira x luz direta tiveram efeito negativo no crescimento de Hymenaea courbaril. O crescimento de Cordia goeldiana foi afetado negativamente pelo número de plântulas circundantes.
Título em inglês
Silvicultural behavior of native species used in artificial enrichment of altered forests in Amazon aiming to enhance the economic exploitation of Legal Reserve
Palavras-chave em inglês
Amazon Forest
Ecological filters
Ecological restoration
Micro-site establishment
Tropical forestry
Resumo em inglês
Brazil is one of the largest producers of native timber in the world. The demand for this product is increasing towards the supply is decreasing and overvaluation of the slowgrowing wood, turning out native species forestry a challenge because there are not enough studies related to the production of seedlings, establishment, growth and forestry management of these species. In this context, this study aimed to evaluate the influence of micro-sites on survival and growth of native timber species used in artificial enrichment of forest remnants in Amazon (Pará), defined as Legal Reserve (LR) of the property, even though suffered recent logging, aiming to restore the economic potential of these areas. The species used in this study are Carapa guianensis, Cedrela fissilis, Cordia goeldiana, Handroanthus serratifolius and Hymenaea courbaril. These species were planted in April 2012 and evaluated at 9 and 19 months after planting. In order to identify the right moment that those species are more susceptible and which micro-site conditions influenced the mortality, the surrounding trees to each planted seedling were characterized, the rate of herbivory of the seedling, possible competition with vines and other seedlings, openings in the canopy over the seedling and diffuse incident light. To test the effect of species and time in the mortality of seedlings, a generalized linear mixed model analysis of variance was adjusted. To test the independence between survival and the ordinal variables from the micro-site, two-dimensional contingency tables were constructed and applied chi-square tests. Analysis showed that Carapa guianenses was the specie with the greatest mortality in the first months after planting. In addition, the mortality of the species was independent from the factors: diffused light, surrounding trees to seedlings, vines and seedlings of other species. However, the mortality of species Carapa guianensis, Cedrela fissilis, Cordia goeldiana and Hymenaea courbaril was explained by the vigor of the seedlings in the initial phase; the mortality of Cordia goeldiana was explained by herbivory; and Carapa guianensis, Handroanthus serratifolius have mortality influenced by canopy opening. In order to identify the micro-site limiting factors in the growth of the species, herbivory of seedlings, competition with vines, competition with seedlings and diffuse incident light were characterized. Statistical analysis included linear mixed models for height, considering the micro-site variables. Herbivory did not affect the growth of the species assessed. The direct light over the seedling and high diffuse light were significant for the growth of the species. Cordia goeldiana, Handroanthus serratifolius and Hymenaea courbaril had maximum growth with the variable direct light. The species evaluated had higher growth in places with more vines, probably the largest incidence of light enabled the growth of vine and the species planted. Interactions high level of vine x high diffuse light and high level of vine x direct light had a negative effect on the growth of Hymenaea courbaril. The growth of Cordia goeldiana was negatively affected by the number of surrounding plants.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-05-08
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.