• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.11.2015.tde-28102015-172517
Documento
Autor
Nome completo
Helena Cristina Padovani Zanlorenzi
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2015
Orientador
Banca examinadora
Silva Filho, Demóstenes Ferreira da (Presidente)
Polizel, Jefferson Lordello
Shimomura, Alessandra Rodrigues Prata
Título em português
Áreas verdes e conforto térmico: o papel da vegetação no controle dos ventos
Palavras-chave em português
Barreira aos ventos
Clima urbano
Conforto térmico
ENVI-met®
LAI
Silvicultura urbana
Resumo em português
Entender o clima dos espaços urbanos em suas diversas conformações é objeto de grande interesse para a melhoria da qualidade de vida da população que usufrui desses espaços. Cada microclima requer intervenções específicas para a obtenção de condições favoráveis de conforto higrotérmico tendo em vista a saúde e o bem estar de seus usuários. O objetivo desta pesquisa foi avaliar elementos de vegetação como barreira aos ventos visando o conforto térmico em espaços abertos. O procedimento utilizado foi quantificar a interferência de elementos vegetais na passagem dos ventos, na altura dos pedestres, a partir de configurações de vegetação pré-estabelecidas. O cenário eleito para este estudo foi a área externa do Campus da Universidade Metodista de Piracicaba (UNIMEP), localizado no bairro Taquaral em Piracicaba, SP. Embora trate-se de clima predominantemente quente, há relatos de desconforto no local em dias frios decorrente do excesso de ventos. Foram estudadas três diferentes espécies dispostas em arranjos com intenção de barreira aos ventos: Jasminum mesnyi Hance, Pseudosasa japonica (Steud.) Makino e Pinus caribaea Morelet. As variáveis microclimáticas medidas foram temperatura do ar, umidade relativa do ar e velocidade dos ventos, em três posições distintas por espécie: em um campo aberto próximo, antes e depois da barreira. O período de coleta de dados foi das 9 às 21 horas, em intervalos de 3 minutos, durante três dias por espécie, nos meses de agosto e setembro de 2014. Os resultados obtidos no campo aberto foram comparados aos registrados na estação meteorológica da ESALQ-USP no mesmo período. Foi feita a medição do LAI (Índice de Área Foliar) das espécies. Foram realizadas simulações computacionais em modelagem da área no programa ENVI-met® 3.1, com os dados de Densidade de Área Foliar (LAD) estimados a partir dos valores de LAI obtidos nas medições, como parte dos estudos de viabilidade para adoção do LAI como parâmetro na previsão de resultados, o que permitiria sua aplicabilidade a outras espécies. Os resultados obtidos indicam uma tendência favorável a este princípio, porém estudos com maior intensidade amostral são necessários para obtenção desta correlação. Outras aplicações podem ser beneficiadas com esta linha de estudo, como a previsão do risco de queda de árvores.
Título em inglês
Green areas and thermal comfort: the role of vegetation in control of winds
Palavras-chave em inglês
ENVImet®
LAI
Thermal comfort
Urban climate
Urban forestry
Windbreaks
Resumo em inglês
Understanding the climate of urban spaces in their various conformations is subject of great interest to improve the quality of life of the population that occupies these spaces. Each microclimate requires specific interventions to obtain favorable terms of hygrothermal comfort owing to health and welfare of its members. The objective of this research was to evaluate plant matter as a barrier to winds targeting the thermal comfort in open spaces. The procedure was quantifying the interference of tree elements in the passage of winds, at a pedestrian level, from pre-established vegetation settings. The chosen scenario for this study was the campus of the Universidade Metodista de Piracicaba (UNIMEP), located in the Taquaral neighborhood in Piracicaba, SP. While dealing is predominantly warm weather, discomfort is reported in cold weather due to the excessive winds in the external areas. We studied three different species placed in arrangements intended as wind barriers: Jasminum mesnyi Hance, Pseudosasa japonica (Steud.) Makino and Pinus caribaea Morelet. Microclimate variables measured were air temperature, relative humidity and wind speed, in three different positions by species: in a nearby open field, before and after the barrier. The data collection period was from 9 to 21 o'clock, at 3-minute intervals for three days by species, in August and September 2014. Results obtained in open field were compared with those recorded at ESALQ-USP's weather station during the same period. The LAI (Leaf Area Index) of the species was measured. Computer simulations were performed by modeling the area in ENVImet® 3.1 program, with the Leaf Area Density data (LAD) estimated from the LAI values obtained in measurements, as part of feasibility studies for the adoption of LAI as a parameter in the forecast results, allowing its applicability to other species. The results indicate a positive trend towards this principle, however, studies with larger sample intensity are required in order to achieve this correlation. Other applications may benefit from this line of study, such as the prediction of falling trees risks.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-11-25
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.