• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.11.2006.tde-18042006-162255
Documento
Autor
Nome completo
Ricardo Eugenio Cassamassimo
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2005
Orientador
Banca examinadora
Goncalves, Jose Leonardo de Moraes (Presidente)
Christoffoleti, Pedro Jacob
Trevizan, Luiz Roberto Pimentel
Título em português
Dissipação e mobilidade dos herbicidas glifosato e oxifluorfen em um solo manejado no sistema de cultivo mínimo e florestado com Eucaliptus grandis
Palavras-chave em português
cultivo mínimo
eucalipto
herbicida
lixiviação do solo
propriedade físico-química
solo florestal
toxicidade do solo
Resumo em português
O glifosato e o oxifluorfen têm sido os principais herbicidas para controle de plantas invasoras em plantações florestais. Neste contexto, constituíram em objetivos do presente estudo avaliar as taxas de degradação e de lixiviação de glifosato e oxifluorfen em Latossolo Vermelho-Amarelo Distrófico psamítico, manejados no sistema de cultivo mínimo, florestados com eucalipto. Para tal, foi conduzido um experimento em condições de campo, na Estação Experimental de Ciências Florestais de Itatinga, ESALQ/USP (Itatinga – SP), sendo as análises realizadas no Laboratório de Resíduos de Pesticidas e Análises Cromatográficas (LARP/USP). Aplicou-se o glifosato (1440g i.a. ha-1) e oxifluorfen (960g i.a. ha-1) em três repetições na dosagem recomendada (4,0 L./ha-1) para condição de campo. A dissipação dos herbicidas foi avaliada por cromatografia. Foram analisadas amostras de serapilheira, solo e solução do solo. Para a avaliação dos teores de herbicidas na serapilheira e no solo foram realizadas amostragens 3 dias antes da aplicação dos herbicidas na testemunha e, nos demais tratamentos, no dia da aplicação 0, 1, 3, 7, 15, 30, 60 e 93 dias após a aplicação dos herbicidas. Foram amostradas a serapilheira e as seguintes camadas de solo: 0-1, 1-2, 2-4, 4-6, 6-10, 10-15 e 15-30 cm. Para avaliar a lixiviação dos herbicidas, amostras de solução do solo foram coletadas em lisímetros ativado por gravidade (sem tensão) e outro por vácuo (com tensão). O lisímetro ativado por gravidade foi instalado sob a serapilheira, 15, 50 e 100 cm de profundidade e o outro lisímetro foi instalado 15, 50, 100 e 300 cm. Para avaliar a fotodegradação do oxifluorfen foram instaladas parcelas na sombra (sombrite a 80%). A meia-vida do glifosato no solo sem serapilheira foi de 10 dias e no solo sob serapilheira, de 47 dias. Sua lixiviação no solo sob serapilheira foi 36% menor do que no solo sem serapilheira. Devido a este efeito, os riscos de contaminação de solos manejados no sistema de cultivo mínimo são menores. A concentração do glifosato decresceu enquanto a do seu metabólito (AMPA) aumentou durante as duas primeiras semanas após sua aplicação. E tais resíduos foram detectados na solução do solo após 8 dias de sua aplicação, a 15 cm de profundidade. A meia-vida de oxifluorfen no solo sem serapilheira foi de 25 dias e no solo com serapilheira sua meia-vida foi reduzida para 13 dias. O oxifluorfen no solo com serapilheira lixiviou até 5cm e no solo sem serapilheira até 8cm. Em ambas as situações as concentrações foram muito baixas. O teor de oxyfluorfen sob sombra foi sempre maior do que sob pleno sol, comprovando sua fotodegradabilidade.
Título em inglês
Dissipation and mobility of the herbicides glyphosate and oxyfluorfen in soil managed by minimum cultivation and forested with Eucaliptus grandis
Palavras-chave em inglês
eucalyptus
forest soil
herbicide
leaching of soil
minimum cultivation
physical-chemical propriets
toxicity on soil
Resumo em inglês
Glyphosate and oxyfluorfen have been the main herbicides used for the control for the weed control in forest plantations. In this context, to evaluate the degradation and the leaching of glyphosate and oxyfluorfen in red-yellow latosols (oxisol) under minimum cultivation of the soil and planted with eucalyptus were the objectives of the present study. To do so, an experiment was carried out under field conditions in the Experimental Forest Science Station at Itatinga, ESALQ/USP (Itatinga – SP). The analyses were performed under laboratory conditions at LARP/USP – a laboratory of pesticide residues and chromatographic analyses. Oxyfluorfen was applied (960g a. i. ha-1) in (three repetitions) at the recommended dosage (4.0 L./ha-1) for the field conditions. Glyphosate (1440g a. i. ha-1) and oxyfluorfen (960g a. i. ha-1) were applied in three repetitions at the recommended dosage (4.0 L./ha-1) for the filed condition. The dissipation of the herbicides was evaluated by means of chromatography. Samples of litter, soil and soil solution were analyzed. In order to evaluate the herbicide rates in litter and in soil, samplings were performed three days before the herbicides application in the control and, in the other treatments, at the day of application (0), and at 1, 3, 7, 15, 30, 60, and 93 days after the application. litter and the following soil layer were sampled: 0-1, 1-2, 2-4, 4-6, 6-10, 10-15, and 15-30 cm deep. In order to evaluate the herbicides leaching, samples of soil solution were collected in lisimeters activated by gravity (without tension) and by vacuum (with tension). The lisimeter activated by gravity was installed under the litter at 15, 50, and 100 cm deep; the other was installed at 15, 50, 100, and 300 cm deep. In order to evaluate the photodegradation of oxyfluorfen, the plots were installed under shade (shading net at 80%). The half-life of glyphosate in soil without litter was 10 days and in soil under litter was 47 days. The leaching of glyphosate in soil under litter was 36% smaller than in soil without litter. Because this effect, the risk of contamination of soils that have minimum cultivation are small. The concentration of glyphosate decrease while concentration of your principal metabolite (AMPA) increase during the first two week after application. Glyphosate was found in soil solution 8 days after application up to 15cm deep. The half-life of oxyfluorfen in soil without litter was 25 days and in soil under litter was 13 days. Oxyfluorfen was found at 5 cm deep in soil with litter and at 8 cm deep in soil without litter. In both situations the concentration was very low. Along the experiment, oxyfluorfen under shade was always higher than under sun, this proves the photo-degradation.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
RicardoCassamassimo.pdf (505.17 Kbytes)
Data de Publicação
2006-04-24
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.