• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.11.2015.tde-17092015-111206
Documento
Autor
Nome completo
Francesca Belem Lopes Palmeira
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2015
Orientador
Banca examinadora
Ferraz, Katia Maria Paschoaletto Micchi de Barros (Presidente)
Wedekin, Leonardo Liberali
Morato, Ronaldo Gonçalves
Prado, Paulo Inácio de Knegt López de
Ribeiro, Milton Cezar
Título em português
Co-ocorrência, interações tróficas e distribuição potencial da onça-pintada (Panthera onca) no bioma Amazônia
Palavras-chave em português
Co-ocorrência
Controle top-down
Distribuição potencial
Liberação mesopredador
Predador de topo
Rede trófica
Resumo em português
Predadores de topo desempenham um papel importante na manutenção dos sistemas em que eles ocorrem porque influenciam diretamente a estrutura e a dinâmica de comunidades. Desta forma, este estudo descreveu alguns mecanismos de co-ocorrência espaço-temporal entre a onça-pintada (Panthera onca) e duas espécies de mesopredadores (Puma concolor e Leopardus pardalis), o seu controle top-down na comunidade de mamíferos e os requerimentos ambientais que determinam a sua distribuição no bioma Amazônia. Para as análises de co-ocorrência espaço-temporal foram utilizados o modelo de ocupação e a densidade de Kernel utilizando os registros de armadilhamento fotográfico (2008-2011). Para descrever o controle top-down foi elaborada uma rede trófica utilizando os itens alimentares consumidos pelas espécies e disponíveis na literatura (1983-2014). Para indicar quais as áreas mais adequadas foi utilizado o modelo de distribuição de espécies utilizando as localizações geográficas de ocorrência da espécie que foram compiladas de três diferentes bases de dados (2000-2013). A ocorrência das duas espécies de mesopredadores não foi diferente nos sítios com e sem a onça-pintada nas quatro temporadas de amostragem. A probabilidade de detecção da jaguatirica foi maior nos sítios com a presença da onça-pintada em apenas uma temporada de amostragem. A sobreposição no período de atividade das espécies de mesopredadores com a onça-pintada foi baixa, com cerca de 55% de sobreposição. Também ocorreu uma mudança razoável no período de atividade das espécies entre as temporadas de amostragem, com mínima de 32% e máxima de 56% de sobreposição. As maiores diferenças na detecção e na sobreposição temporal ocorreram na terceira temporada quando teve o maior número de capturas e recapturas da onça-pintada. A rede trófica apresentou seis níveis e grande riqueza de espécies e densidade de interações. Após a remoção da onça-pintada, houve a perda de um nível trófico e de aproximadamente 20% de interações. Quando comparada a distribuição atual da onça-pintada com a histórica, foi possível constatar a perda de espaço ambiental em áreas mais frias (< 6,3 °C), mais secas (< 288 mm), mais úmidas (> 7517 mm) e com maior elevação (> 3597 m). O modelo de distribuição também indicou que muitas áreas potenciais estão disponíveis à ocorrência da onça-pintada e que algumas merecem atenção, especialmente, nas porções leste e sul da Amazônia onde a espécie corre maior risco de desaparecimento local devido à antropização acelerada. Este estudo forneceu significativa contribuição para a compreensão da população de onça-pintada na Amazônia, bioma que ainda possui a maior lacuna de conhecimento sobre a biologia e ecologia da espécie. Demonstrou o efeito da sua presença na detectabilidade e no período de atividade de outras espécies. Também demonstrou seu papel ecológico como predador de topo exclusivo porque foi a única espécie que predou todas as outras de níveis tróficos inferiores. Descreveu o espaço ambiental originalmente ocupado (distribuição histórica) e o perdido (distribuição atual). Indicou as áreas mais adequadas à sua ocorrência e aquelas potenciais ao seu desaparecimento.
Título em inglês
Co-occurrence, trophic interactions and potential distribution of jaguar (Panthera onca) in the Amazon biome
Palavras-chave em inglês
Apex predator
Co-occurrence
Mesopredator release
Potential distribution
Top-down control
Trophic network
Resumo em inglês
Apex predators play an important role in the maintenance of systems in which occur because they directly influence the structure and dynamics of communities Thus, this thesis aims to describe some of the mechanisms of spatio-temporal co-occurrence between the jaguar (Panthera onca) and mesopredators (Puma concolor and Leopardus pardalis), their top-down control on the community and environmental requirements that determine their distribution. To the analyses of spatio-temporal co-occurrence were used the occupancy model and the Kernel density with records derived from camera trapping (2008-2011). To the analysis of trophic networks was used a foodweb model with prey spectra of felids compiled from the available literature (1983-2014). To indicate the most suitable areas to its occurrence was used a species distribution model with geographic location of the species compiled from three different databases. The occupation of the two species of mesopredators was not different among sites with and without jaguar. The probability of detection was different for ocelot, with higher detection on sites with than without jaguar. The overlap in the activity pattern among jaguar and mesopredators was low, with approximately 55% of overlapping. Also there was a reasonable change in the overlap between sampling seasons, with a minimum of 32% and maximum of 56% of the difference in the activity pattern. The differences in the detection and temporal overlap occurred in the third season when occurred the highest number of jaguar captures and recaptures. The trophic network presented six levels and, a high species richness and links density. After removal of the jaguar, a trophic level and approximately 20% of links were lost. When compared historical and current distributions, the loss of environmental space occurred in areas colder (< 6.3 ° C), drier (< 288 mm), wetter (> 7517 mm) and at higher elevation (> 3597 m). The distribution model also indicated that there is many potential suitable areas available to the jaguar occurrence and, some of them deserve attention, particularly, in eastern and southern portions of Amazonia where the species is most at risk of local extinction. This study provided a significant contribution to the knowledge of the population of jaguar in the Amazon biome which still has the largest gap of information on the biology and ecology of the species. It demonstrated the effect of the presence of the species in the detectability and the activity pattern of others. Also, it demonstrated their ecological role as an apex predator exclusive because it was the only one that ate all other species of lower trophic levels. It described the environmental space originally occupied (historical distribution) and lost (current distribution). It indicated potential suitable areas to its occurrence and threatened areas to its disappearance.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-09-25
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.