• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Master's Dissertation
DOI
10.11606/D.11.2018.tde-15032018-113154
Document
Author
Full name
Luís Eduardo Bernardini
E-mail
Institute/School/College
Knowledge Area
Date of Defense
Published
Piracicaba, 2017
Supervisor
Committee
Silva, Edson José Vidal da (President)
Hidalgo, Daniella Maria Schweizer
Mendes, Flávio Bertin Gandara
Souza, Saulo Eduardo Xavier Franco de
Title in Portuguese
Núcleos monoespecíficos como estratégia de restauração ecológica: um estudo de caso na Mata da Pedreira, campus da ESALQ-USP
Keywords in Portuguese
Nucleação aplicada
Restauração ecológica
Restauração em núcleos
Restauração florestal
Abstract in Portuguese
Cientes de que o histórico, a intensidade e a expansão espacial das atividades antrópicas afetam a resiliência e as taxas de recuperação de um ecossistema florestal, existe atualmente o desafio de determinar qual ou quais métodos de restauração ecológica serão os mais eficientes em termos de recursos em metas para cada local. Isso porque existem diversos tipos de métodos e estratégias de restauração ecológica, os quais variam desde apenas assistir um ecossistema se reestabelecer à alta intervenção as quais mudarão os rumos da sucessão ecológica. Neste contexto, o presente trabalho busca analisar se a nucleação aplicada, um método de restauração florestal de baixo custo e intervenção na área, restaurou e ocupou um antigo pasto abandonado numa área de preservação permanente dentro do campus da Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz". Para isso, foi implantado um experimento de nucleação aplicada, vizinho a um fragmento de floresta estacional semidecidual em maio de 2008 onde foram plantados 40 núcleos. Foram testadas 4 espécies (Inga laurina, Cordia trichotoma, Albizia niopoides e Jacaratia spinosa) com dez repetições cada e com apenas uma espécie por núcleo. Os núcleos foram então mensurados anualmente até 2013 e posteriormente no ano de 2016. Mensuramos o diâmetro na altura do peito (DAP), altura, área basal, biomassa, índice de área de vegetação (via fotografias hemisféricas) e área de copa (calculado como uma elipse). Depois, em 2017 alocamos 24 parcelas de 2 metros de raio no entorno dos núcleos para avaliar a densidade, riqueza e diversidade dos indivíduos regenerantes. Na análise dos dados comparamos os diferentes tratamentos através de análises de variância e dos testes de comparações de média de tukey para o último período de medição nos diferentes parâmetros dendrométricos. Procurando entender se alguma espécie plantada em núcleos monoespecíficos conseguiu atrair maior quantidade de regenerantes, espécies e diversidade comparamos entre os diferentes tratamentos esses parâmetros. Posteriormente, realizamos um modelo linear generalizado a fim de encontrar possíveis relações entre densidade e a riqueza dos indivíduos regenerantes com as variáveis dos núcleos, como altura máxima, área basal, índices de área de vegetação e área de copa. Os resultados encontrados nos dizem que existem diferenças no desenvolvimento dos diversos parâmetros analisados incluindo a ocupação da área pelas diferentes espécies plantadas na nucleação aplicada. Encontramos também para o presente projeto que a densidade de regenerantes no entorno dos núcleos é significantemente relacionada com a área basal e altura das árvores dos núcleos e a riqueza de espécies dos indivíduos em regeneração é significantemente relacionada com apenas a área área basal das árvores presentes nos núcleos. Sugerimos o uso de nucleação aplicada para restaurar áreas com grau médio de degradação usando uma espécie pioneira com altas taxas de crescimento. Os núcleos monoespecíficos devem ser utilizados apenas em paisagens com abundância de propágulos para que não haja baixa diversidade de espécies a médio prazo.
Title in English
Mono specific nuclei as an ecological restoration strategy: a case study in "Pedreira Woods", at the ESALQ-USP
Keywords in English
Applied nucleation
Forest restoration
Mono specific nuclei
Abstract in English
Despite the history that intensity and spatial expansion of anthropogenic activities affect the resilience and recovery rates of a forest ecosystem, we have the current challenge in forest restoration to determine which ecological restoration methods will be most efficient for each specific area, this in terms of resources and goals. In this context, the ecological restoration of degraded ecosystems must be specific to each site. The present work aimed to analyze applied nucleation, a method of low cost and low intervention in the area of forest restoration, occupied an abandoned pasture in a permanent preservation area inside the campus "Luiz de Queiroz" College of Agriculture in Piracicaba, São Paulo. For this, an applied nucleation experiment was implanted next to a semideciduous seasonal forest fragment in May 2008, where 40 nuclei were planted. Four species (Inga laurina, Cordia trichotoma, Albizia niopoides and Jacaratia spinosa) were tested with ten replicates each, with only one specie per nuclei. The nuclei were then measured annually until 2013 and later in 2016. In the individual's data, we measured the diameter at the chest height (DBH), height, basal area, biomass, vegetation area index (via hemispheric photographs) and Crown area (calculated as an ellipse). After that, in 2017, 24 subplots were allocated around the nuclei to evaluate the density, specie richness and diversity of regenerating individuals. In order to compare the different treatments used, we performed analysis of variance and the Tukey mean comparison test for the different dendrometrical parameters between species. Later, in order to understand the facilitation of density and specie richness by the different treatments of nuclei, we related the height, basal area, vegetation area index and area with these parameters through a generalized linear model. The results show that there are differences in the development of the various parameters analyzed including the occupation of the area by the different species planted in the applied nucleation. We also found for the present project that the density of regenerants found near the nuclei are significantly related to the sum of basal area and height of the nuclei and the species richness of regenerants are significantly related to the sum of the basal area of the individuals' nuclei. We suggest the use of applied nucleation to restore areas with a medium degree of degradation using a pioneer species with high grown rates. The mono specific nuclei should be use just only in landscapes with plenty of propagules. So that there is no low diversity of species in the medium term.
 
WARNING - Viewing this document is conditioned on your acceptance of the following terms of use:
This document is only for private use for research and teaching activities. Reproduction for commercial use is forbidden. This rights cover the whole data about this document as well as its contents. Any uses or copies of this document in whole or in part must include the author's name.
Publishing Date
2018-03-21
 
WARNING: Learn what derived works are clicking here.
All rights of the thesis/dissertation are from the authors
CeTI-SC/STI
Digital Library of Theses and Dissertations of USP. Copyright © 2001-2019. All rights reserved.