• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.11.2015.tde-08042015-140825
Documento
Autor
Nome completo
Cláudia da Costa Cardoso
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2015
Orientador
Banca examinadora
Jankowsky, Ivaldo Pontes (Presidente)
Bortoletto Junior, Geraldo
Moutinho, Victor Hugo Pereira
Título em português
Caracterização tecnológica da madeira das espécies de maior frequência no segundo ciclo de corte na Floresta Nacional do Tapajós
Palavras-chave em português
Bixa arborea
Protium apiculatum
Rinorea guianensis
Caracterização tecnológica
Espécies menos conhecidas
Programas de secagem
Resumo em português
Ensaios pioneiros sobre o manejo de florestas tropicais, no final da década de 70, foram executados na Floresta Nacional (FLONA) do Tapajós; e atualmente surge a oportunidade de se iniciar os estudos relativos ao segundo ciclo de corte. Nisto, áreas experimentais em que a exploração inicial foi intensiva apresentam mudanças na cobertura vegetal, com abundância de espécies menos conhecidas ou não comerciais, sendo então necessário analisar tecnologicamente a madeira dessas espécies com o intuito de inseri-las no mercado. Visando colaborar nesse sentido, o presente trabalho teve como objetivo principal caracterizar tecnologicamente e elaborar programas de secagem para as madeiras de Acariquarana (Rinorea guianensis), Breu (Protium apiculatum) e Urucu da mata (Bixa arborea); espécies com alta densidade populacional na área do segundo ciclo de corte na FLONA Tapajós. Para tal, abateu-se cinco árvores de cada espécie, sendo coletado material tanto para a identificação botânica como para a caracterização anatômica, ensaios físico-mecânicos e elaboração dos programas de secagem, além destes foram realizados testes estatísticos de correlação canônica para identificar as associações entre as características estudadas. Com base nos resultados, a madeira das espécies Rinorea guianensis e Protium apiculatum apresentaram características anatômicas semelhantes às encontradas em literatura ao nível de gênero e, Bixa arborea para o nível de espécie. Em relação às principais propriedades físico-mecânicas, as madeiras de Acariquarana, Breu e Urucu possuem densidade básica de, respectivamente, 0,78; 0,51 e 0,27 g/cm³; e com Módulo de Ruptura (MOR) na flexão estática de 147,98; 79,10 e 34,06 Mpa, na mesma ordem. Em comparação com espécies já comercializadas, a espécie Rinorea guianensis (Acariquarana) pode ser indicada para construção civil, móveis, ferramentas, além de torneados e chapas; a espécie Protium apiculatum (Breu) pode ser usada na construção civil, embalagens, caixas, venezianas, para decoração, móveis e compensados e, Bixa arborea (Urucu da mata) pode ser indicada para molduras, palito de fósforo, compensados, laminados, divisórias internas, engradados, brinquedos, aeromodelismo, além de produção de papel. Foi possível a indicação de programas de secagem específicos para as madeiras de cada uma das espécies estudadas, os quais se mostraram coerentes com as indicações encontradas em literatura para espécies já comercializadas e com características semelhantes às das espécies em estudo. Com relação à analise das correlações canônicas ao nível de 1% de probabilidade entre as propriedades das madeiras observa-se que madeiras de maior frequência e espessura do raio e parede celular de menor espessura estão associadas a madeiras de alta contração tanto tangencial como radial, e baixa densidade básica; madeiras de maior frequência e espessura do raio e com paredes menos espessas estão associadas a madeiras de elevado módulo de ruptura no ensaio de flexão estática e menor módulo de ruptura no ensaio de compressão paralela; madeiras com paredes mais espessas e menor espessura dos raios estão associadas a madeiras de maior módulo de ruptura no ensaio de compressão paralela e menor módulo de ruptura no ensaio de flexão estática; madeiras com raios mais espessos e parede menos espessa estão associados a madeiras de baixo nível de colapso e elevado nível de rachadura.
Título em inglês
Lumber technological characteristics of the more frequent species at second exploration cycle in the Tapajós National Forest
Palavras-chave em inglês
Bixa arborea
Protium apiculatum
Rinorea guianensis
Kiln schedules
Lesser known species
Technological lumber characteristics
Resumo em inglês
Pioneering trials on management of tropical forests, in the 70s, were executed in the Tapajós National Forest (FLONA); and presently appears the opportunity to begin the studies for the second cutting cycle. However, experimental areas where initial exploration was intensive present changes in the forest composition, with abundance of lesser-known or non commercial species; being necessary technological analysis of these species lumber to insert it in the market. In order to contribute in this direction, the present work aimed the technological characterization and the development of drying programs for woods of Acariquarana (Rinorea guianensis), Breu (Protium apiculatum) and Urucu da mata (Bixa arborea); species with high population density in areas of second cutting cycle in the Tapajós National Forest. For this, the material was collected for botanical identification and for anatomical characterization, physical and mechanical testing and development of drying programs. The wood of Acariquarana presents some distinct growth rings, straight grain, very large vessels, solitary to multiple, intervascular switches pit, garnished, long fibers with thick cell wall, not septate; Axial parenchyma scanty paratracheal, heterogeneous rays, multiseriate, numerous and the presence of parenchymatical crystals. The wood of Breu has distinct growth rings, crossed grain, big vessels, solitary to multiple, diffuse porosity, intervascular switches pit, garnished, medium-wall fibers, septate, paratracheal vasicentric axial parenchyma, heterogeneous rays, multiseriate, numerous. Wood of Urucu da mata presents distinct growth rings, straight grain, big vessels, diffuse porosity, intervascular switches pit, garnished, thin-walled fibers, septate, axial parenchyma diffuse apotracheal, storied rays, heterogeneous, multiseriates and numerous. Regarding the main physical and mechanical properties the wood of Acariquarana, Breu and Urucu have basic density of, respectively, 0,78; 0,51 and 0,27 g/cm³; and with Module of Rupture (MOR) in static bending of 147,98; 79,10 and 34,06 MPa, in the same order. Compared to species already marketed, Rinorea guianensis (Acariquarana) may be indicated for construction, furniture, tools, turned and plates; Protium apiculatum (Breu) may be used in construction, packages, boxes, blinds, decorating parts, furniture and plywood, and Bixa arborea (Urucu da mata) may be indicated for frames, safety match, plywood, laminates, crates, toys, model airplanes, as well to paper production. It was possible to indicate specific kiln schedules for each one of the studied species lumber, which demonstrated consistent with the information found in literature for species already on the market and with similar characteristics to the studied species.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-04-16
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.