• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.11.2008.tde-14102008-105052
Documento
Autor
Nome completo
Geraldo José Cebim
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2008
Orientador
Banca examinadora
Ripoli, Tomaz Caetano Cannavam (Presidente)
Lanças, Kléber Pereira
Milan, Marcos
Título em português
Plantio mecânico de cana-de-açúcar (Saccharum spp.): desempenho operacional e econômico
Palavras-chave em português
Cana-de-açúcar
Colheita
Máquinas agrícolas
Mecanização agrícola
Plantio.
Resumo em português
Com o objetivo de estudar o plantio mecânico da cana-de-açúcar avaliando o desempenho operacional e econômico de uma plantadora de cana, foram realizados ensaios padronizados em condições de campo na Cosan - Costa Pinto, município de Piracicaba, SP, entre outubro de 2005 e outubro de 2006. A variedade de cana foi a SP 80-3280 de 11 meses e primeiro corte e, sob as mesmas condições de campo foram efetuados o plantio mecânico e o convencional (utilizado como testemunha). A densidade de plantio foi de 8,4 e 11,1 t ha¹, para o plantio convencional e mecânico, respectivamente, sendo que o mecânico apresentou menor número de perfilhos e consequentemente um maior número de falhas. Falhas essas, que refletiram na produtividade agrícola, cujos resultados foram de 88,9 para o plantio convencional e de 77,4 t ha¹, para o mecânico. Quanto à avaliação de desempenho operacional, a plantadora Santal PCP2 operou em velocidade de plantio de 5,5 km h¹, exigindo esforço tratório médio de 3060 kgf, consumo efetivo de combustível de 37,80 L h¹ e Capacidade Efetiva de 1,64 ha h¹. Em termos de custos operacionais de plantio, foi, significativamente, mais vantajoso, com custo de R$ 77,60 ha¹, em comparação ao plantio convencional que apresentou valores de R$ 216,20 ha¹, o que representa uma redução da ordem de 64,1%, nos custos da operação, sem envolver custos anteriores (corte, carregamento e transporte de mudas até a área de plantio). Quanto aos aspectos agronômicos envolvidos, pode-se concluir que, os danos provocados pelo fracionamento dos colmos em rebolos, utilizados no plantio mecânico, reduz a quantidade de gemas viáveis, contribuindo para um menor perfilhamento, maior número de falha e menor produtividade apesar da maior densidade de mudas utilizada.
Título em inglês
Mechanized planting of sugarcane (Saccharum spp.): operational and economic performance
Palavras-chave em inglês
Economic performance
Mechanization.
Operational performance
Planter
Sugarcane
Resumo em inglês
In order to study the mechanized planting of sugarcane and evaluate the operational and economic performance of the sugarcane planter, standardized field assays were conducted at Cosan - Costa Pinto, in Piracicaba, SP, between October 2005 and October 2006. The cane variety used was SP 80-3280 with first harvest at 11 months. Mechanized and conventional (used as the control) planting methods were performed under the same field conditions. The planting density was 8,4 e 11,1 ton ha¹, for the conventional and the mechanized plantings, respectively, with the mechanized planting resulting in a lower tiller stand and, consequently, a higher number of missing plants. Missing plant numbers were reflected in the crop productivity with yields of 88,9 and 77,4 t ha¹ for the conventional and the mechanized planting, respectively. The operational performance analysis demonstrated that the Santal PCP2 planter operated at 5,5 km h¹ during planting, requiring a mean tractor effort of 3060 kgf, with average fuel use of 37,8 L h¹ and effective capacity of 1,64 ha h¹. In relation to total operational cost, the mechanized planting was significantly advantageous in relation to the conventional planting with total cost of R$ 77,60 per ha compared to R$ 216,20 per ha for the conventional planting, a reduction of 64,1% in operational costs, without any consideration of preliminary costs such as sett cutting, loading and transport of the setts to the field. In relation to the agronomic aspects, the damage caused by the fractioning of the sugarcane stalks into setts, which were used for the mechanized planting, reduced the number if viable buds, and contributed to a lower number of tillers, greater number of missing plants, and a lower productivity despite a greater planting density.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Geraldo_Cebim.pdf (2.12 Mbytes)
Data de Publicação
2008-10-16
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.