• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.11.2010.tde-23022010-082337
Documento
Autor
Nome completo
Daian Guilherme Pinto de Oliveira
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2009
Orientador
Banca examinadora
Delalibera Junior, Italo (Presidente)
Faria, Marcos Rodrigues de
Gomez, Daniel Ricardo Sosa
Título em português
Proposta de um protocolo para avaliação da viabilidade de conídios de fungos entomopatogênicos e determinação da proteção ao calor conferida a Beauveria bassiana e Metarhizium anisopliae pela formulação em óleo emulsionável
Palavras-chave em português
Brocas - Insetos nocivos
Cana-de-açúcar
Fungos entomopatogênicos
Inseticidas biológicos.
Resumo em português
Este trabalho teve o objetivo de avaliar, em condições de laboratório, a influência da temperatura e do tempo de exposição na viabilidade e virulência dos fungos Beauveria bassiana e Metarhizium anisopliae em suspensões preparadas com produtos à base de Conídios puros, Arroz+fungo e nas formulações Pó molhável e Suspensão concentrada em óleo emulsionável. Inicialmente foi necessário o desenvolvimento de um método eficiente e econômico para avaliação da viabilidade, especialmente para produtos formulados em óleo emulsionável misturados em água (suspensão de aplicação). Durante o desenvolvimento do método de avaliação foram definidos parâmetros e condições adequadas para cada formulação, como o meio de cultura, e também a influência de antibióticos e fungistáticos. O protocolo estabelecido baseiase resumidamente no plaqueamento de 150 µL de uma suspensão contendo entre 0,7 e 1×106 conídios/mL em placas tipo Rodac® com 5 mL de meio de cultura Batata-Dextrose-Ágar + 5 mg/L de Pentabiótico® e 10 µL/L de Derosal® (Carbendazim), efetuando-se posteriormente a contagem dos conídios germinados. Este método foi comparado com outra técnica de viabilidade direta (VD) e com as técnicas de Unidade Formadoras de Colônia (UFC) e viabilidade por fluorescência, confrontando-se a precisão obtida pelo coeficiente de variação (CV) das análises de cada método. Os resultados demonstraram que além da facilidade de execução, o método desenvolvido apresentou maior precisão que as demais técnicas (com CV até 7 vezes menor em relação à VD, e até 32 vezes menor que UFC). Foi constatado que a técnica de UFC não é adequada para avaliações de produtos formulados, visto que em relação à quantificação inicial subestimou a concentração viável na maioria das formas dos fungos testadas, sendo que nos produtos em óleo emulsionável estes valores foram 54% menores para B. bassiana, e 73% menores para M. anisopliae. A técnica para avaliação da viabilidade da suspensão preparada com produtos formulados em óleo se mostrou eficaz, após a retirada do óleo da suspensão e outras adaptações. Suspensões de produtos e formulações a base de B. bassiana e M. anisopliae foram mantidas a 26°C, 36°C e 46°C por 1h, 4h e 6h e os efeito destes tratamentos foram medidos na viabilidade e virulência dos fungos contra lagartas de Diatraea saccharalis. Verificou-se que quanto maior o tempo de exposição e maior a temperatura, maior é a influência negativa nos parâmetros dos fungos. Entretanto, a formulação em óleo emulsionável foi a que apresentou melhor proteção aos efeitos detrimentais da temperatura. Mesmo após 6h de exposição a temperatura de 36°C a viabilidade se manteve acima dos 85% para ambos os fungos avaliados. Esta formulação também apresentou os melhores resultados de mortalidade dos insetos, e mesmo após 4h de exposição a 46°C atingiu 39% e 50% de eficiência para B. bassiana e M. anisopliae, respectivamente, sendo recomendável para o controle de D. saccharalis. O protocolo para avaliação da viabilidade de conídios de fungos entomopatogênicos proposto constitui-se como uma ferramenta importante para estudos da influência de fatores bióticos e abióticos durante o período de pré-aplicação na eficiência de micoinseticidas.
Título em inglês
Establishment of a protocol to evaluate the conidial viability of entomopathogenic fungi and determination of heat protection to Beauveria bassiana and Metarhizium anisopliae by emulsifiable oil formulation
Palavras-chave em inglês
Biopesticides
Borer - harmful insects
Entomopathogenic fungi
Sugarcane
Resumo em inglês
This study aimed to evaluate, under laboratory conditions, the influence of temperature and exposure time on the viability and virulence of Beauveria bassiana and Metarhizium anisopliae in suspensions prepared with pure conidia, rice plus fungus and in formulations of wettable powder and concentrated suspension in emulsifiable oil. Initially, an efficient and economical methodology was developed to evaluate conidia viability for each formulation, especially for products formulated in emulsifiable oil mixed in water (suspension of application). During the development of the methodology, the influence of culture media, antibiotics and fungistatics and appropriate conditions were defined for each formulation. Briefly, the established protocol was based on plating 150 L of suspensions containing between 0.7 and 1×106 conidia/mL on a plate type Rodac® with 5 ml of Potato Dextrose Agar culture medium plus 5 mg/L pentabiotic® and 10mg/L and 10 µL/L Derosal® (Carbendazim) and the subsequent counting of germinated conidia. This method was compared to a direct counting (DC) technique, the technique of colony-forming unit (CFU) and viability through fluorescence. The precision of each methodology was measured by their coefficient of variability (CV). Besides its easiness of execution, the new developed methodology was the most precise of all methods (with CV up to 7 times lower compared to the DC, and up to 32 times lower than the UFC). Our results showed that the technique of UFC is not appropriate for evaluation of formulated products, as compared to the conidial quantification by hemacytometer, this technique underestimated the viable concentration in most forms of fungi tested, and for the products in emulsifiable oil these values were 54% lower for B. bassiana, and up to 73% lower for M. anisopliae. The technique for assessing the viability of the suspension prepared with products formulated in emulsifiable oil was effective, after the removal of oil from the suspension and others adaptations. The effect of temperature and period of time on conidia viability of B. bassiana and M. anisopliae-based products and formulations and their virulence against larvae of Diatraea saccharalis was measured at 26°C, 36°C and 46°C for 1h, 4h and 6h. The longer the time of heat exposure and the higher the temperature, the greater the negative influence on vital parameters of the fungi. However, the emulsifiable oil formulation was the least affected by the detrimental effects of heat for both fungi. Even after 6 hours of exposure to temperature of 36°C, the viability remained above 85% for both species evaluated. This formulation also showed the best results of insect mortality, and even after 4h of exposure to 46°C the efficiency was 39% (for B. bassiana) and 50% (for M. anisopliae), and therefore can be useful for control of D. saccharalis. The proposed protocol of evaluation of entomopathogenic fungi viability is a valuable tool for studies of biotic and abiotic factors effect on efficiency of micoinsecticides during the pre-application period.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Daian_Oliveira.pdf (1.31 Mbytes)
Data de Publicação
2010-03-03
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2014. Todos os direitos reservados.