• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.11.2019.tde-23012019-160543
Documento
Autor
Nome completo
Fernando Belezini Vinha
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2018
Orientador
Banca examinadora
Delalibera Junior, Italo (Presidente)
Lopes, Joao Roberto Spotti
Leite, Luís Garrigós
Pascholati, Sergio Florentino
Título em português
Potencial da inoculação de fungos entomopatogênicos no plantio da soja para o manejo de pragas
Palavras-chave em português
Fungos entomopatogênicos
Inoculação
Mortalidade
Soja
Resumo em português
Estudos recentes têm demonstrado que os fungos entomopatogênicos podem ter efeitos benéficos para as plantas como promotores de crescimento, antagonistas de fitopatógenos e agentes de proteção contra herbivoria. O potencial da associação dos fungos entomopatogênicos com a cultura da soja ainda não foi revelado. Nesse sentido, objetivou-se com este estudo, determinar a efeitos de fungos entomopatogênicos no desenvolvimento de pragas importantes da soja inoculados durante o plantio desta cultura. Avaliou-se os efeitos de três fungos entomopatogênicos, Metarhizium sp. indet. 1 ESALQ-1638, Beauveria bassiana ESALQ-3399 e Isaria fumosorosea ESALQ-3422, no desenvolvimento e preferência alimentar de lagartas de Chrysodeixis includens e Helicoverpa armigera, e adultos e ninfas da mosca-branca Bemisia tabaci, após a inoculação em plantas de soja BRS 232 em casa-de-vegetação. A mortalidade e os parâmetros biológicos das pragas foram avaliados nos indivíduos alimentados com discos de folhas e em plantas inteiras de soja que foram inoculadas com os fungos. Além disto, foi investigado a persistência dos fungos entomopatogênicos nas plantas de soja e no substrato, e o diagnóstico nutricional realizado através da análise foliar das plantas. As mortalidades observadas em lagartas de C. includens que se alimentaram de discos de folhas das plantas inoculadas com os fungos entomopatogênicos foram significativamente maiores (33% - 65%) do que no controle (12% - 13%). Os resultados de mortalidade no experimento com plantas inteiras foram semelhantes aos de discos de folhas, mas as diferenças foram estatisticamente significativas em apenas um dos dois experimentos. As mortalidades de H. armigera nas plantas inoculadas com fungos variaram de 36% a 60% enquanto no controle foi inferior a 16%, tanto com folhas quanto em plantas inteiras, mas estas diferenças não foram estatisticamente significativas. Em geral, as lagartas que se alimentaram de plantas inoculadas com fungos apresentaram menor consumo foliar e tanto as lagartas quanto as pupas atingiram pesos menores do que aquelas criadas em plantas não inoculadas. O período de lagartas a pupa foi igual ou maior nos tratamentos com os fungos. Nos testes de múltipla escolha as lagartas C. includens e H. armigera, em geral, preferiram se alimentar de folhas inoculadas com os fungos especialmente B. bassiana. Por outro lado, B. tabaci preferiu as plantas não inoculadas, onde foram observados maiores números de ninfas geradas. A inoculação das plantas de soja com os fungos não alterou o conteúdo nutricional das folhas em relação as plantas não inoculadas. Os fungos permaneceram em elevadas concentrações no substrato por 45 dias, e após 60 dias a densidade de Metarhizium sp. indet. 1 ESALQ-1638 era superior aos dos demais fungos. Estes resultados revelam que os fungos entomopatogênicos apresentam potencial para serem utilizados via inoculação no substrato durante o plantio.
Título em inglês
Potential of the inoculation of entomopathogenic fungi in soybean planting for pest management
Palavras-chave em inglês
Entomopathogenic fungi
Inoculation
Mortality
Soybean
Resumo em inglês
Recent studies have shown that entomopathogenic fungi may have beneficial effects on plants such as growth promoters, phytopathogen antagonists and herbivory protection agents. The potential of the association of entomopathogenic fungi with soybean cultivation has not been revealed. In this sense, the objective of this study was to determine the effects of entomopathogenic fungi on the development of important soybean pests inoculated during planting of this crop. The effects of three entomopathogenic fungi, Metarhizium sp. indet. 1 ESALQ-1638, Beauveria bassiana ESALQ-3399 and Isaria fumosorosea ESALQ-3422, in the development and feeding preference of caterpillars Chrysodeixis includens and Helicoverpa armigera, and whitefly Bemisia tabaci adults and nymphs, after inoculation in soybean plants BRS 232 in a greenhouse. Mortality and biological parameters of the pests were evaluated in individuals fed on leaf discs and in whole soybean plants that were inoculated with the fungi. In addition, we investigated the persistence of entomopathogenic fungi in soybean plants and substrate, and the nutritional status carried out through leaf analysis of plants. The mortalities observed in C. includens caterpillars that fed leaf discs of the plants inoculated with the entomopathogenic fungi were significantly higher (33% - 65%) than in the control (12% - 13%). Mortality results in the whole plant experiment were similar to leaf discs, but the differences were statistically significant in only one of the two experiments. The H. armigera mortalities in fungi-inoculated plants varied from 36% to 60% while in the control it was less than 16%, both with leaves and whole plants, but these differences were not statistically significant. In general, caterpillars that fed on fungus inoculated plants had lower leaf consumption and both caterpillars or pupae reached lower weights than those reared on uninoculated plants. The period of caterpillars to pupae was equal to or greater in treatments with fungi. In the multiple choice tests, C. includens and H. armigera larvae, in general, preferred to feed on leaves inoculated with the fungi, especially with B. bassiana. On the other hand, B. tabaci preferred the uninoculated plants, where larger numbers of nymphs were observed. The inoculation of the soybean plants with the fungi did not alter the nutritional content of the leaves in relation to the uninoculated plants. The fungi remained in high concentrations in the substrate for 45 days, and after 60 days the density of Metarhizium sp. indet. 1 ESALQ-1638 was superior to the other fungi. These results reveal that the entomopathogenic fungi present potential to be used via substrate inoculation during planting.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-03-11
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.