• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.11.2008.tde-20022008-155214
Documento
Autor
Nome completo
Marina Martins Matos
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2007
Orientador
Banca examinadora
Parra, José Roberto Postali (Presidente)
Cônsoli, Fernando Luis
Sa, Luiz Alexandre Nogueira de
Título em português
Seletividade a Trichogramma atopovirilia Oatman & Platner, 1983 de agroquímicos utilizados na citricultura paulista para o controle do bicho-furão-dos-citros, Gymnandrosoma aurantianum Lima, 1927
Palavras-chave em português
Bicho-furão
Citricultura
Controle biológico
Controle químico
Inseticidas biológicos.
Resumo em português
O objetivo do presente trabalho foi avaliar, em laboratório, a seletividade de produtos químicos, utilizados na citricultura, ao parasitóide de ovos Trichogramma atopovirilia Oatman & Platner (Hymenoptera: Trichogrammatidae), inimigo natural com maior potencial de uso para o controle biológico de Gymnandrosoma aurantianum Lima (Lepidoptera: Tortricidae), uma das principais pragas dos citros. Os ensaios foram conduzidos seguindo as normas estabelecidas pela IOBC/WPRS para a avaliação dos efeitos nocivos de agroquímicos aos inimigos naturais de insetos. Utilizou-se água destilada como testemunha e foram selecionados cinco inseticidas (imidacloprid, deltametrina, Bacillus thuringiensis, óleo mineral e triflumuron), três acaricidas (abamectina, dicofol e espirodiclofeno) e quatro fungicidas (oxicloreto de cobre, piraclostrobina, difenoconazole e mancozebe) utilizados para o controle do bicho-furão-dos-citros e outras pragas e doenças de citros. Foram realizados ensaios relativos à exposição de adultos, forma mais suscetível do parasitóide, aos produtos; contato direto com formas imaturas (ovo-larva, pré-pupa e pupa) no interior dos ovos do hospedeiro natural G. aurantianum e do hospedeiro alternativo, Anagasta kuehniella e aceitação, pelas fêmeas do parasitóide, de ovos tratados com os produtos. Posteriormente, os produtos foram classificados, conforme a redução causada no parasitismo ou porcentagem de emergência em: 1, inócuo (<30%); 2, levemente nocivo (30 a 79%); 3, moderadamente nocivo (80 a 99%); 4, nocivo (>99%). Os inseticidas, acaricidas e fungicidas testados afetaram o parasitismo de T. atopovirilia. Não houve diferença no comportamento de T. atopovirilia fosse ele criado no hospedeiro natural ou no alternativo. Os produtos menos seletivos aos adultos do parasitóide foram deltametrina, abamectina, óleo mineral e imidacloprid. Em relação aos estágios imaturos do parasitóide, todos os produtos foram inócuos, exceto óleo mineral, que provocou redução de 100% na porcentagem de emergência; abamectina, triflumuron, imidacloprid foram levemente prejudiciais ao período ovo-larva. Abamectina e triflumuron tiveram maior efeito sobre a capacidade de parasitismo dos indivíduos emergidos quando o tratamento ocorreu durante a fase de pupa do parasitóide. Os produtos Bacillus thuringiensis, difenoconazole, oxicloreto de cobre, piraclostrobina, dicofol, espirodiclofeno, considerados inócuos ou levemente prejudiciais em todas as etapas dos ensaios em laboratório, podem ser utilizados em programas de Manejo Integrado de Pragas, em associação com o controle biológico, sem prejuízo para o parasitóide e contribuindo para a sustentabilidade da citricultura.
Título em inglês
Selectivity of agrochemicals used in São Paulo State citriculture to Trichogramma atopovirilia Oatman & Platner, 1983, for the control of citrus fruit borer, Gymnandrosoma aurantianum Lima, 1927
Palavras-chave em inglês
Egg parasitoid
Integrated Pest Management.
IOBC
Resumo em inglês
This study sought to evaluate in the laboratory the selectivity of chemical products used in citriculture to the egg parasitoid Trichogramma atopovirilia Oatman & Platner (Hymenoptera: Trichogrammatidae), the natural enemy with the greatest potential for use in the biological control of Gymnandrosoma aurantianum Lima (Lepidoptera: Tortricidae), one of the main pests of citrus. Assays were conducted following the standards established by IOBC/WPRS to evaluate the harmful effects of agrochemicals to natural enemies of insects. Distilled water was used as a control and five insecticides (imidacloprid, deltamethrin, Bacillus thuringiensis, mineral oil, and triflumuron), three miticides (abamectin, dicofol, and spirodiclofen), and four fungicides (copper oxychloride, pyraclostrobin, difenoconazole, and mancozeb) used to control the citrus fruit borer and other pests and diseases of citrus were selected as treatments. Assays were conducted to study adult (the most susceptible stage of the parasitoid) exposure to the products; direct contact with immature forms (egg-larva, prepupa, and pupa) inside eggs of the natural host G. aurantianum and of the factitious host, Anagasta kuehniella; and acceptance, by females of the parasitoid, of eggs treated with the products. The products were then classified with regard to the reduction caused in parasitism or emergence percentage, into: 1, harmless (<30%); 2, slightly harmful (30 to 79%); 3, moderately harmful (80 to 99%); and 4, harmful (>99%). The insecticides, miticides, and fungicides tested affected T. atopovirilia parasitism. No differences were observed in T. atopovirilia behavior reared either on the natural or on the factitious host. The least selective products to parasitoid adults were deltamethrin, abamectin, mineral oil, and imidacloprid. As to the immature stages of the parasitoid, all products were harmless, except for mineral oil, which caused a 100% reduction in emergence percentage; abamectin, triflumuron, and imidacloprid were slightly harmful to the egg-larval period. Abamectin and triflumuron had the greatest effect on the parasitism capacity of individuals emerged when the treatment was applied during the parasitoid's pupal stage. The products Bacillus thuringiensis, difenoconazole, copper oxychloride, pyraclostrobin, dicofol, spirodiclofen, considered harmless or slightly harmful in all steps of the laboratory assays, can be used in Integrated Pest Management programs, in association with biological control, without being harmful to the parasitoid, and can contribute toward citriculture sustainability.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
marinamatosok.pdf (659.33 Kbytes)
Data de Publicação
2008-02-29
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.