• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.11.2009.tde-15042009-073937
Documento
Autor
Nome completo
Mariuxi Lorena Gómez Torres
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2009
Orientador
Banca examinadora
Parra, José Roberto Postali (Presidente)
Bento, José Maurício Simões
Costa, Valmir Antonio
Lourenção, André Luiz
Nava, Dori Edson
Título em português
Estudos bioecológicos de Tamarixia radiata (Waterston, 1922) (Hymenoptera: Eulophidae) para o controle de Diaphorina citri Kuwayama, 1907 (Hemiptera: Psyllidae)
Palavras-chave em português
Controle biológico
Greening (doença de planta)
Hemiptera
Insetos parasitóide
Insetos sugadores
Sistema de informação geográfica
Tabelas de vida.
Resumo em português
Desde 2004 foram detectadas, nas áreas citrícolas paulistas, as bactérias responsáveis pela principal doença de citros no mundo, o huanglongbing ou greening. A ampla distribuição no Brasil do psilídeo vetor, Diaphorina citri e a presença do patógeno nas áreas citrícolas é um fator limitante à produção. Tamarixia radiata é o principal agente de controle biológico de D. citri. Assim, os objetivos do presente estudo foram: a) realizar o levantamento populacional de T. radiata nas regiões citrícolas do estado São Paulo; b) caracterizar o policromismo em populações do parasitóide provenientes das principais regiões citrícolas do estado; c) estudar a biologia de T. radiata em condições de laboratório; d) avaliar a capacidade de parasitismo em diferentes temperaturas; e) determinar, mediante liberações em pomares cítricos comerciais, a eficiência de T. radiata para o controle de D. citri; f) determinar a ocorrência e efeitos no parasitismo da associação T. radiata - Wolbachia; g) realizar o zoneamento agroecológico de D. citri e T. radiata com base nas exigências térmicas e higrométricas para o estado de São Paulo. As populações de T. radiata coletadas em Itirapina, Pederneiras, Piracicaba e São Carlos apresentaram variações cromáticas em relação à espécie típica, sendo que as regiões ITS1 e ITS2 do rDNA das populações analisadas apresentaram de 98 a 99% de identidade. Assim, estas variações cromáticas estão relacionadas à plasticidade fenotípica intra-específica, própria de populações que se encontram em processo de adaptação ecológica. Em 24 horas, o maior parasitismo foi obtido nas temperaturas de 25 e 30°C. Este parasitóide desenvolveu-se na faixa térmica de 15 a 35°C, sendo que 25°C foi a temperatura mais adequada por proporcionar maior viabilidade do período ovo-adulto e os maiores valores da taxa liquida de reprodução (Ro) e da razão finita de aumento (). No município de Araras, oito dias após a liberação, a porcentagem de parasitismo de T. radiata se manteve entre 51,57 e 72,75%. Nos municípios de Cordeirópolis e Limeira, após três liberações, a porcentagem de parasitismo variou entre 30 e 60%. As populações coletadas em Cafelândia, Ribeirão Bonito e Piracicaba apresentaram infecção múltipla por Wolbachia. O limite térmico inferior de desenvolvimento (Tb) foi de 7,13°C e a constante térmica de 188,7GD. Mediante um Sistema de Informação Geográfica, foram obtidos mapas de distribuição do desenvolvimento de T. radiata e D. citri. Assim, ao longo do ano podem ocorrer, na região norte, de 10 a 13 ciclos de D. citri e de 31 a 35 ciclos de T. radiata; na região nordeste, o número de ciclos pode variar de 6 a 10 e de 24 a 31 para a praga e para o parasitóide, respectivamente; nas regiões sudoeste e sudeste, o número de gerações pode variar de 3 a 10 e de 19 a 31 para D. citri e T. radiata. Verificando estes aspectos da interação T. radiata e D. citri, os dados obtidos no presente trabalho poderão auxiliar para a implementação de um programa de controle biológico, como parte do manejo de D. citri, em regiões ecologicamente distintas do estado de São Paulo.
Título em inglês
Bioecological studies on Tamarixia radiata (Waterston, 1922) (Hymenoptera: Eulophidae) in the control of Diaphorina citri Kuwayama, 1907 (Hemiptera: Psyllidae)
Palavras-chave em inglês
Biological control
Fertility life table.
Geographic Information System
Greening
Hemiptera
Parasitoids insects
Sucking insects
Resumo em inglês
Since 2004, have been detected in citrus-growing areas of São Paulo, the bacterias that are responsible for the main disease of citrus worldwide, known as greening or huanglongbing. The widespread distribution in Brazil of the vector psyllid, Diaphorina citri and the presence of the pathogen in citrus-growing areas is a limiting factor for production. Tamarixia radiata is the most important biological control agent against D. citri. Therefore, the objectives of this study were to: a) conduct a population survey of T. radiata in the citrus-growing regions of the State of São Paulo; b) characterize polychromism in populations of the parasitoid from the main growing regions in the State of São Paulo; c) study the biology of T. radiata under laboratory conditions; d) evaluate the parasitism capacity at different temperatures; e) determine, by means of releases in commercial citrus orchards, the effectiveness of T. radiata for the control of D. citri; f) determine the occurrence and effects on parasitism of the T. radiata - Wolbachia association; g) prepare an agroecological zoning of D. citri and T. radiata for the State of São Paulo based on their temperature and humidity requirements. T. radiata populations collected in Itirapina, Pederneiras, Piracicaba, and São Carlos showed chromatic variations in relation to the typical species; the ITS1 and ITS2 rDNA regions of the populations analyzed had between 98 and 99% identity. Consequently, these chromatic variations are related to the intraspecific phenotypic plasticity characteristic of populations that are undergoing a process of ecological adaptation. In a 24-hour period, the highest parasitism of T. radiata was obtained at 25 and 30°C. This parasitoid developed in the temperature range from 15 to 35°C; the most suitable temperature was 25°C, since it gave the highest viability for the egg-adult period, and the highest net reproductive rate (Ro) and finite rate of increase values (). In the municipality of Araras, T. radiata parasitism percentage values eight days after release remained between 51.57 and 72.75%. In the areas selected in the municipalities of Cordeirópolis and Limeira, the parasitism percentage of T. radiata after three releases ranged between 30 and 60%. The populations collected in Cafelândia, Ribeirão Bonito, and Piracicaba showed multiple infections by Wolbachia. The parasitoids lower temperature development threshold (Tb) was 7.13°C, with a thermal constant of 188.7 GDD. Distribution maps for T. radiata and D. citri development in the State of São Paulo were obtained by means of a Geographic Information System (GIS). According to those, from 10 to 13 D. citri cycles and from 31 to 35 T. radiata cycles may occur in the northern region over the course of one year; in the northeastern region, the numbers of cycles may vary from 6 to 10 and from 24 to 31 for the pest and the parasitoid, respectively; in the southwest and southeast regions the numbers of generations may vary from 3 to 10 and from 19 to 31 for D. citri and T. radiata. Based on these aspects of the T. radiata × D. citri interaction, the data obtained in this work can be useful for the implement a biological control program as part of D. citri management in ecologically distinct regions of the State of São Paulo.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Mariuxi_Torres.pdf (20.07 Mbytes)
Data de Publicação
2009-04-24
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.