• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.11.2019.tde-13032019-174840
Documento
Autor
Nome completo
Murilo Gaspar Litholdo
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2018
Orientador
Banca examinadora
Godoy, Wesley Augusto Conde (Presidente)
Yamamoto, Pedro Takao
Berti Filho, Evoneo
Montoya, Carolina Reigada
Título em português
Dinâmica populacional e distribuição de insetos em plantios florestais na Estação Experimental de Anhembi (Anhembi, SP)
Palavras-chave em português
Glycaspis brimblecombei
Dinâmica populacional
Heterogeneidade vegetal
Resumo em português
O setor florestal brasileiro é referência mundial devido a sua alta produtividade, sustentabilidade e inovação, porém ainda há muitos entraves para a continuidade do crescimento. Com a introdução de novas pragas nos plantios de eucalipto, o conhecimento sobre as relações ecológicas tornou-se fundamental para estabelecer medidas efetivas de controle e monitoramento. Os objetivos do presente estudo foram conhecer as dinâmicas populacionais de insetos florestais com predomínio em eucalipto, com ênfase no padrão de distribuição de psilídeo-de-concha. Foram instaladas 5 armadilhas adesivas amarelas, em 26 pontos na Estação Experimental de Anhembi, SP. As coletas foram realizadas durante 12 meses, com início em dezembro de 2016 e término em novembro de 2017. As armadilhas permaneceram instaladas durante 15 dias de cada mês. Foram quantificadas as pragas exóticas Glycaspis brimblecombei, Thaumastocoris peregrinus, Leptocybe invasa, predadores (coccinelídeos e crisopídeos) e os parasitoides Selitrichodes neseri, Psyllaephagus bliteus e Cleruchoides noackae. Analisou-se o total de insetos de cada grupo (variável resposta), afetados por fatores abióticos como temperatura, mês, pluviosidade, tipo do eucalipto e tamanho do talhão (variáveis explicativas), utilizando modelos lineares generalizados com distribuição binomial negativa. Variáveis não significantes (P > 0.15) foram removidas dos modelos. A seleção de modelos baseou-se no critério de informação de Akaike. Todas as análises estatísticas foram realizadas utilizando o software R® (R Development Core Team, 2015). Dados meteorológicos (temperatura e pluviosidade) foram obtidos da estação climática da Estação Experimental em Anhembi. Um mapa vetorial foi construído usando a interface ArcMap do software ArcGis 10.3 (ESRI 2014), representando pontos de amostragem por um shapefile combinado com uma tabela de atributos, com o número de insetos em cada ponto. A técnica de Inverse Distance Weighted (IDW) foi utilizada com o número de insetos encontrados em cada ponto de coleta. Métodos de interpolação foram usados para estimar o valor de cada ponto não amostrado a partir dos valores nos pontos amostrados, e um mapa de distribuição de abundância foi construído para as espécies. Os insetos observados com as maiores abundâncias foram o psilídeo-de-concha com 5904 indivíduos, coccinelídeos com 1068 indivíduos, P. bliteus com 271 indivíduos, vespa-da-galha com 45 indivíduos, percevejo-bronzeado com 10 indivíduos, crisopídeos com 44 indivíduos. Temperatura, tamanho da área, diferentes espécies de eucalipto e mês influenciaram significativamente nas populações de coccinelídeos, P. bliteus e G. brimblecombei. Não há correlação nos picos populacionais de G. brimblecombei com os fatores ambientais temperatura e pluviosidade, mesmo quando esses fatores são considerados simultaneamente. Os picos populacionais de G. brimblecombei ocorreram na primavera, com temperaturas altas e início do período chuvoso. As populações de G. brimblecombei tendeu a concentrar-se mais proximamente ao curso do rio e afastar-se de áreas com maior atividade agrícola.
Título em inglês
Population dynamics and insect distribution in forest plantations at Anhembi Experimental Station (Anhembi, SP)
Palavras-chave em inglês
Glycaspis brimblecombei
Plant heterogeneity
Population dynamics
Resumo em inglês
The Brazilian forestry sector is a world reference due to its high productivity, sustainability and innovation, but there are still many obstacles to the continuity of growth. With the introduction of new pests in eucalyptus plantations, the knowledge about ecological relationships has become essential to establish effective control and monitoring measures. The aim of the present study was to know the population dynamics of forest insects, mainly in eucalyptus and emphasizing the distribution pattern of Glycaspis brimblecombei. Five yellow adhesive traps were installed in 26 points at the Experimental Station in Anhembi, SP. The collections were carried on during 12 months, from the beginning of December 2016 until the end of November 2017. Traps remained installed for 15 days of each month. It was quantified the following exotic pests: Glycaspis brimblecombei, Thaumastocoris peregrinus, Leptocybe invasa, predators such as (Coccinellidae and Chrysopidae) and the parasitoids Selitrichodes neseri, Psyllaephagus bliteus and Cleruchoides noackae. It was analyzed the total number of insects of each group (response variable), affected by abiotic factors such as temperature, month, rainfall, eucalyptus type and size of the field (explanatory variables), using generalized linear models with negative binomial distribution. Non-significant variables (P> 0.15) were removed from the models. The selection of models was based on Akaike's information standard. All statistical analyzes were performed using R® software (R Development Core Team, 2015). Meteorological data (temperature and rainfall) were obtained from the climatic station of the Anhembi Experimental Station. A vector map was constructed using the ArcMap interface of ArcGis 10.3 software (ESRI 2014), representing sampling points by a shapefile combined with an attribute table, with the number of insects at each point. The Inverse Distance Weighted (IDW) technique was used with the number of insects found at each collection point. Interpolation methods were used to estimate the value of each point not sampled from the values at the points sampled, and an abundance distribution map was made for the species. The greatest abundances of insects were observed for G. brimblecombei with 5904 individuals, Coccinellidae with 1068 individuals, P. bliteus with 271 individuals, L. invasa with 45 individuals, T. peregrinus with 10 individuals, Chrysopidae with 44 individuals. Temperature, area size, different species of eucalyptus and month influenced significantly in the populations of Coccinellidae, P. bliteus and G. brimblecombei. There is no correlation in the population peaks of G. brimblecombei with the environmental factors for temperature and rainfall, even when these factors are considered simultaneously. The population peaks of G. brimblecombei occurred in the spring, with high temperatures and the early rainy season. The populations of G. brimblecombei tended to concentrate more closely to the course of the river and to move away from areas with greater agricultural activity.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-03-20
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.