• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.11.2007.tde-08052007-153237
Documento
Autor
Nome completo
Renata Angélica Prado Freire
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2007
Orientador
Banca examinadora
Moraes, Gilberto José de (Presidente)
Delalibera Junior, Italo
Feres, Reinaldo Jose Fazzio
Flechtmann, Carlos Holger Wenzel
Sato, Mário Eidi
Título em português
Ácaros predadores do Estado de São Paulo, com ênfase em Laelapidae (Acari: Mesostigmata), com potencial de uso no controle de pragas de solo
Palavras-chave em português
Ácaros
Antrópodes
Controle de pragas
Fauna edáfica
Predação (biologia)
Zoologia (classificação)
Resumo em português
A fauna edáfica em ecossistemas naturais é grande e variada, envolvendo em escala considerável os ácaros. Dentre os vários grupos de ácaros presentes no solo, destaca-se a Ordem Mesostigmata, por compreender um grande número de espécies, muitas das quais predadoras de outros artrópodes edáficos. Diversas pragas agrícolas, como espécies de ácaros, tripes e dípteros da família Sciaridae vivem no solo ou nele passam parte do seu ciclo. Tem-se verificado em outros países que algumas dessas pragas são atacadas e podem em certos casos ser controladas por predadores Mesostigmata. Entre os predadores mais estudados deste grupo estão os pertencentes à família Laelapidae. O Brasil tem sido citado como um país de "mega-diversidade" biológica. Compete aos pesquisadores despenderem esforços no sentido de detectar a possibilidade de uso prático desta diversidade. Os objetivos deste trabalho foram a elaboração de um catálogo com informações taxonômicas para espécies de Laelapidae pertencentes às subfamílias Hypoaspidinae e Melittiphinae que ocorrem no mundo, a identificação dos gêneros de ácaros Mesostigmata edáficos e das espécies de ácaros da família Laelapidae coletados em trabalhos anteriores e que permaneciam não identificados na coleção acarológica do Laboratório de Acarologia da Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz"-Universidade de São Paulo, a descrição de espécies novas de Laelapidae encontradas naquele material; a elaboração de chaves taxonômicas para auxiliar na distinção dos gêneros mencionados no catálogo elaborado e das espécies determinadas neste estudo, a avaliação preliminar do uso prático de predadores encontrados naturalmente no Estado de São Paulo para o controle de pragas edáficas e o desenvolvimento de um método para a produção massal de uma espécie daquele grupo. Foram realizadas buscas em bancos de dados para a detecção de bibliografia para a elaboração do catálogo, o qual é de grande utilidade para o desenvolvimento de trabalhos com a família Laelapidae, reunindo informações taxonômicas e referências a gêneros e espécies dispersos na literatura internacional. Esse catálogo contém informações sobre 792 espécies que constituem as subfamílias Hypoaspidinae e Melittiphinae. Com base nas características dos ácaros coletados e na literatura, foram elaboradas chaves taxonômicas, fundamentais para pesquisadores que trabalham com Mesostigmata de solo do Estado de São Paulo. Foram coletados ácaros predadores da família Laelapidae em áreas naturais para a realização de testes que indicaram seu potencial de uso em programas de controle biológico de pragas edáficas de várias culturas. Cosmolaelaps sp. n. e Stratiolaelaps scimitus (Womersley) mostraram um bom potencial como agentes de controle biológico sobre pragas de solo. Estimulados pelos resultados obtidos por pesquisadores em outros países com o uso de ácaros Laelapidae no controle de pragas edáficas, e em função da presente demanda de agricultores paulistas, desenvolveu-se também neste trabalho um método de criação massal de um daqueles predadores, Stratiolaelaps scimitus.
Título em inglês
Predatory mites of the State of São Paulo, with emphasis on Laelapidae (Acari: Mesostigmata) potentially useful for the control of soil pests
Palavras-chave em inglês
Arthropods
Edaphic Fauna
Mites
Pests Control
Predation (Biology)
Zoology (Classification)
Resumo em inglês
The edaphic fauna in natural ecosystems is large and diverse, involving the mites in large scale. Among the groups of soil mites, the Order Mesostigmata is of great importance, because it contains a large number of species, many of which are predators of other edaphic arthropods. Several agricultural pests, as mites, thrips and Sciaridae flies, live in the soil or spend part of their cycles in it. It has been verified in other countries that some of these pests are attacked and in some cases can be controlled by Mesostigmata predators. Some of the best studies predators of this group are species of Laelapidae. Brazil has been cited as a country of " biological megadiversity" . It is expected that the Brazil?s researchers dedicate efforts to detect the possible practical use of this diversity. The objectives of this work were the publication of a catalog with taxonomic information on the world species on the subfamilies Hypoaspidinae and Melittiphinae (Laelapidae), the identification of the genera of edaphic Mesostigmata and of the species of laelapids collected in previous works and remaining unidentified in the acarology collection of the Acarology Laboratory of Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz" -Universidade de São Paulo, the description of new species of Laelapidae found in that material, the construction of taxonomic keys to assist in the separation of the genera mentioned in the catalog and of the species determined in this study, the preliminary evaluation of the practical use of predators naturally occurring in the State of São Paulo for the control of edaphic pests and the development of the mass production of a species of that group. Literature searches were conducted to detect publications to be included in the catalog, which is of great importance for the development research on Laelapidae, for putting together taxonomic information and references on the genera and species of this family that is disperse in international literature. Based on the characteristics of the collected mites and literature information, taxonomic keys, fundamental tools for researchers that work with edaphic Mesostigmata of the State of São Paulo, were prepared. Laelapid species were collected in natural areas to test their potential use in programs of biological control of edaphic pests. Stimulated by the results of authors of other countries in relation to the use of laelapid mites in the control of edaphic pests, and because of the present demand of growers of the State of São Paulo, a method of mass production of those predators was also developed in this work.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
RenataFreire.pdf (1.13 Mbytes)
Data de Publicação
2007-05-10
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.