• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.11.2014.tde-07072014-113053
Documento
Autor
Nome completo
Elisângela Novais Lopes Ferreira
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2014
Orientador
Banca examinadora
Godoy, Wesley Augusto Conde (Presidente)
Berti Filho, Evoneo
Fernandes, Daniell Rodrigo Rodrigues
Silveira Neto, Sinval
Zuben, Claudio Jose von
Título em português
Diversidade de insetos e distribuição espacial em reflorestamentos e regeneração natural
Palavras-chave em português
Biodiversidade
Entomofauna
Mosaicos florestais
Riqueza de espécies
Resumo em português
Nesse estudo investigou-se a composição faunística de insetos florestais, contrastando a diversidade de fragmentos de mata nativa com reflorestamento. Empregou-se ferramentas analíticas, incluindo as de natureza estatística e também descritiva, capazes de avaliar as diferenças na abundância e riqueza de espécies entre as áreas florestais. Especificamente, comparou-se índices faunísticos entre as diferentes áreas, analisou-se a similaridade das áreas com base na abundância e diversidade de insetos e avaliou-se a distribuição e sobreposição de guildas. A análise de diferentes grupos taxonômicos revelou resultados distintos em termos de abundância, diversidade e riqueza, com significativa dependência dos diferentes habitats. As ordens Hymenopetara e Coleoptera foram influenciadas pela característica da vegetação de cada área de coleta. Nas áreas de mata nativa foram encontrados os maiores valores de diversidade para Hymenoptera e essas áreas foram as que exibiram maior semelhança em relação à composição de espécies. Pinus tecunumannii foi a área com menor diversidade para o grupo. Para espécies da família Cerambycidae esse resultado se repetiu. Para espécies da família Elateridae Eucalyptus urograndis foi a área mais diversa.
Título em inglês
Insect diversity and spatial distribution in reforestation and natural regeneration
Palavras-chave em inglês
biodiversity
forest mosaics
insect fauna
species richness
Resumo em inglês
In this study, we investigated the entomofauna of forests, confronting native fragments diversity with reforestation. We applied analytical tools, including statistical and descriptive analysis, which are able to assess differences in species abundance and richness among forest areas. Specifically, we compared faunistic indices in different areas, analysed their similarity based on insect abundance and diversity and assessed guild distribution. Different taxonomic groups showed distinct results in terms of abundance, diversity and richness, with significant dependence on habitat. The orders Hymenoptera and Coleoptera were influenced by the vegetation. In native forest we found the highest diversity for Hymenoptera and this area exhibited higher similarity with respect to the species composition. Pinus tecunumannii was the area with the lowest diversity. This result was also observed for Cerambycidade and, for Elateridae Eucalypts urograndis was the area exhibiting the highest diversity.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2014-08-22
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.