• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.11.2005.tde-03052005-153042
Documento
Autor
Nome completo
Rogério Biaggioni Lopes
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2005
Orientador
Banca examinadora
Alves, Sergio Batista (Presidente)
Alves, Luis Francisco Angeli
Andrade, Carlos Fernando Salguairosa de
Baptista, Gilberto Casadei de
Silveira Neto, Sinval
Título em português
Controle de Blattella germanica (L.) com Metarhizium anisopliae e inseticidas reguladores de crescimento.
Palavras-chave em português
baratas
controle biológico
controle químico
fungo entomopatogênico
praga urbana
regulador de crescimento
Resumo em português
Avaliou-se o efeito de Metarhizium anisopliae e dos inseticidas triflumuron e pyriproxifen para adultos e ninfas de Blattella germanica, e a eficiência da associação desses agentes no controle de colônias da praga. Doses elevadas do patógeno ocasionaram altos índices de mortalidade de adultos e ninfas. Não foi observada mortalidade significativa para insetos que se alimentaram de iscas contaminadas com o patógeno. Adultos e ninfas expostos à superfície contaminada com o fungo na formulação pó (5%) apresentaram mortalidade de 93,7% e 82,3% após 9 dias da aplicação, respectivamente. As CL25 para ninfas tratadas com triflumuron e pyriproxifen foram de 0,19% e 0,45% de ingrediente ativo, respectivamente, para um período de alimentação de 72 horas na isca contaminada. Os inseticidas afetaram a produção de ootecas viáveis e o número de ninfas produzidas por ooteca. Após 60 dias, colônias de laboratório não tratadas apresentaram 6,55 vezes mais insetos em relação à população inicial, com uma média de 233,9 insetos. As colônias apresentaram crescimento menor quando submetidas aos inseticidas triflumuron e pyriproxifen, com 60,8 e 81 insetos em média, respectivamente. Os melhores resultados foram obtidos nos tratamentos em que os inseticidas foram associados ao patógeno, resultando populações de 41,8 e 57,7 insetos para triflumuron + M. anisolpiae e pyriproxifen + M. anisopliae, respectivamente. Duas aplicações associando-se o patógeno aos inseticidas na mesma isca atrativa, em uma câmara de infecção, controlou totalmente uma população em campo. Insetos da criação infectados por Gregarina sp. mostraram-se mais sensíveis quando expostos a M. anisopliae e a triflumuron em relação a insetos sadios. Estudos mais detalhados sobre como os inseticidas podem interferir no processo de doença casusada pelo fungo no inseto, além de aspectos relacionados à formulação do micoinseticida e da sua contribuição na mortalidade de populações de B. germanica em campo são ainda necessários.
Título em inglês
Control of the german cockroach Blattella germanica with Metarhizium anisopliae and insect growth regulators.
Palavras-chave em inglês
biological control
cockroach
entomopathogenic fungus
growth regulators
quimical control
urban pest
Resumo em inglês
It was evaluated the effect of Metarhizium anisopliae and the insect growth regulators triflumuron and pyriproxifen for adults and nymphs of the German cockroach Blattella germanica, and the efficacy of its association in the control of this urban pest. High doses of the pathogen caused high mortality of adults and nymphs. There was no mortality of B. germanica nymphs exposed for 72 hours to the food contaminated with M. anisopliae. The mortality of adults and nymphs was of 93.7% and 82.3%, respectively, when exposed to a surface that had been contaminated with the fungus formulation (5%), as early as 9 days after the application. The LC25 for nymphs exposed for a 72-hour period to the triflumuron-bait was 0.19% (active ingredient) and for pyriproxifen-baits 0.45%, after 15-day period. Both inseticides decreased the production of viable oothecae and the number of nymphs in this cases. Untreated colonies presented 6.55 fold in the number of insects after a 60-day period, with 233.9 average insects per colony. The colonies exposed to triflumuron and pyriproxifen had an average of 60.8 and 81 insects, respectively. The insecticides and fungus association presented populations of 41.8 and 57.7 insects for triflumuron + M. anisolpiae and pyriproxifen + M. anisopliae, respectively. Two applications of the association of M. anisolpiae and triflumuron+pyriproxifen-bait, in an infection chamber, eliminated a cockroach colony in the field. Gregarine-infected insects were more susceptible than healthy ones when treated with the entomopathogenic fungus M. anisopliae and the insect growth regulator triflumuron. More detailed studies on how the insecticides could interfere in the disease process caused by M. anisopliae, and aspects related to the fungus formulation and its contribution to the mortality of German cockroach field populations are still necessary.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
rogerio.pdf (729.48 Kbytes)
Data de Publicação
2005-05-06
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.