• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.11.2006.tde-12072006-163632
Documento
Autor
Nome completo
André Luis Marretto Fusatto
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2006
Orientador
Banca examinadora
Castro, Paulo Roberto de Camargo e (Presidente)
Brito, Jose Otavio
Rodrigues, Joao Domingos
Título em português
Pastas estimulantes em sistemas de resinagem de Pinus elliottii var. elliottii
Palavras-chave em português
estimulação
exploração florestal
pinheiro
população vegetal
resina vegetal – produção
Resumo em português
A utilização de pastas estimulantes tem por finalidade aumentar a taxa de fluxo de resina e o seu tempo de duração; a estimulação promove uma indução na produção de resina, retardamento na cicatrização da lesão, sendo que, conseqüentemente os canais de resina permanecem por mais tempo em atividade. Possui, portanto a capacidade de prolongar e ativar a exsudação de resina. Foi efetuada seleção de 1200 árvores disponíveis em 12 blocos de 100 árvores no Horto Florestal de Itatinga (SP). Essas árvores foram analisadas no sentido de se determinar o potencial produtivo das mesmas através de dois períodos de explotação com Pasta Preta. Nesta área 6 blocos haviam sido previamente explotados com Pasta Preta e 6 blocos com Pasta Vermelha. Das 1200 árvores foram selecionadas 318 árvores com produtividade média, encontradas em maior freqüência no interior de cada bloco. Essas 318 árvores foram submetidas aos tratamentos com 5 pastas estimulantes, (Pasta Vermelha Alchem, Pasta com Ethephon Planebrás, Pasta Preta Resinas Brasil, Pasta Vermelha Eldorado e Pasta Teste (Paraquat + Ethephon) comparadas ao Controle (Pasta Preta Planebrás). Foram realizadas explotações quinzenais e coletas trimestrais (do resultado de 5 estrias), determinando-se o peso de resina de árvores tratadas anteriormente com pasta preta e pasta vermelha. Foi verificada também a produção de resina em relação à temperatura e a umidade relativa. Foi efetuada análise da resina para determinar a porcentagem de breu e terebintina (alfa e beta-pineno) e o número de acidez. Finalmente foi estabelecido o dano provocado pelas pastas estimulantes; tendo sido determinado o D.A.P. das árvores de Pinus .O objetivo foi de estabelecer a eficiência relativa das diferentes pastas para resinagem de Pinus elliottii var. elliottii. Os dados obtidos foram submetidos a análise de variância e ao teste de Tukey ao nível de 5% de probabilidade. Aplicação de pastas estimulantes com ethephon não mostraram vantagem significativa sobre aplicação de pastas sem ethephon, sendo que as pastas com ethephon geralmente se mostram sete vezes mais onerosas. Foi verificado que aplicação de uma Pasta Teste (Paraquat 100g/ kg + Ethephon 450g/ kg) mostrou-se ineficiente, sendo que as demais pastas estimulantes não diferiram entre si no talhão resinado anteriormente com Pasta Preta. No talhão resinado anteriormente com Pasta Vermelha observou-se que as pastas estimulantes aplicadas não diferiram do Controle (Pasta Preta Planebrás). Árvores tratadas com Pasta Preta Planebrás (Controle) mostraram uma relação direta entre os períodos de maiores produções e aumentos em temperatura. Árvores tratadas com Pasta Vermelha Alchem revelaram incrementos em produção relacionados com períodos de aumentos em umidade relativa; sendo que essa tendência foi também observada em três outros tratamentos. Aplicação da Pasta Teste (Paraquat + Ethephon) levou a uma maior incidência de secamento da face com relação aos demais tratamentos. As árvores selecionadas nos dois talhões mostraram variações no D.A.P. da ordem de 47 a 90 cm.
Título em inglês
Stimulating paste in system of chipping of Pinus elliottii var. elliottii
Palavras-chave em inglês
pinus
production
resins
stimulation
Resumo em inglês
The use of stimulating pastes has for purpose to increase the tax of resin flow and it time of duration; the stimulation promotes an induction in the resin production, retardation in the cicatrization of the lesion, and, consequently the resin channels stay for more time in activity. It possesses, therefore the capacity to prolong and to activate the resin exudation. Selection of 1200 available trees of slash pine was made in 12 blocks of 100 trees in Forest Experiment Station of Itatinga (SP). Those trees were analyzed in the sense of determining the productive potential of the same ones through two explotation periods with Black Paste. In this area 6 blocks they had previously been exploited with Black Paste and 6 blocks with Red Paste. From 1200 trees 318 trees were selected with medium productivity, found in larger frequency inside each block. Those 318 trees were submitted to the treatments with 5 stimulant pastes, (Red Alchem, Paste with Ethephon Planebrás, Black Resinas Brazil, Red Eldorado and Test Paste (Paraquat + Ethephon) compared to the Control (Black Planebrás). Biweekly chipping and collects every three months were accomplished (of the result of 5 grooves), being determined the resin weight treated previously with black paste and red paste. It was also verified the resin production in relation to the temperature and the relative humidity. Analysis of the resin was made to determine the pitch percentage and terebene (alpha and beta-pinen) and the number acidity. Finally it was established the damage provoked by the stimulating pastes; establishing the D.A.P. of the trees of Pinus. The objective was to determine the relative efficiency of the different pastes for chipping of Pinus elliottii var. elliottii. The obtained data were submitted the variance analysis and to the test of Tukey at the level of 5% of probability. Application of stimulating pastes with ethephon didn't show significant advantage about application of pastes without ethephon, and the pastes with ethephon are usually seven more onerous times. It was verified that application of a Test Paste (Paraquat 100g / kg + Ethephon 450g / kg) it was shown inefficient, and the other pastes stimulants didn't differ amongst themselves in the areas resined previously with Black Paste. In the areas resined previously with Red Paste was observed that the applied stimulating pastes didn't differ of the Control (Black Planebrás). Trees treated with Black Planebrás (Control) showed a direct relationship between the periods of larger productions and increases in temperature. Trees treated with Red Alchem revealed increments in production related with periods of increases in relative humidity; and that tendency was also observed in three other treatments. Application of the Test Paste (Paraquat + Ethephon) caused an increase in the incidence of dryness of the face compared to the other treatments. The trees selected in the two areas showed variations in D.A.P. of the order from 47 to 90 cm.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
AndreFusatto.pdf (752.27 Kbytes)
Data de Publicação
2006-07-31
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2014. Todos os direitos reservados.