• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.11.2008.tde-18112008-101602
Documento
Autor
Nome completo
Carlos César Pereira Nogueira
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2008
Orientador
Banca examinadora
Folegatti, Marcos Vinicius (Presidente)
Blanco, Flávio Favaro
Brasil, René Porfirio Camponez do
Duarte, Sergio Nascimento
Mello, Simone da Costa
Título em português
Fertirrigação em minimelancia (citrullus lanatus) tutorada em ambiente protegido
Palavras-chave em português
Ambiente protegido (plantas)
Fertirrigação
Melancia.
Resumo em português
As minimelancias foram desenvolvidas para atender a uma demanda por frutos de menor tamanho, mais fáceis de transportar e mais adequadas ao consumo de pequenas famílias. A produção comercial de melancia sob cultivo protegido no Brasil ainda é incipiente. O cultivo vertical, mesmo que dispendioso em razão da demanda de mão-de-obra, facilita as operações nos tratos culturais e permite ganho em produtividade por meio do aumento da densidade de plantas, além de melhorar a qualidade de frutos. Para esse sistema de produção de melancia, pouco se dispõe de informações técnicas. Foram realizados dois experimentos: o primeiro visando determinar a demanda evapotranspirativa, a eficiência de uso da água e os efeitos de cinco níveis de nitrogênio e cinco níveis de potássio em de três relações N: K, na produção e qualidade de frutos; o segundo experimento teve o objetivo de avaliar os efeitos de três tratamentos de fertilizantes em três sistemas de condução de planta e a obtenção das curvas de acúmulo de massa seca e acúmulo de nutrientes. No primeiro ciclo observou-se uma tendência de a relação 1:2 ser mais produtiva e, também, de as doses próximas às mais baixas produzirem mais. Com relação à demanda evapotranspirativa, o maior consumo diário registrado foi de 1,295 L, enquanto o consumo total médio ao final do ciclo foi de 26,48 L planta-1, com eficiência de uso da água de 21,8 L kg-1, melhor que os resultados mais promissores encontrados na literatura. No segundo ciclo, os sistemas de condução de plantas 1 e 3 foram mais precoces em até 22 dias e o sistema de condução 2 proporcionou maior produtividade e maior acúmulo de massa seca para as três soluções nutritivas. Em ordem decrescente, o acúmulo de nutrientes apresentou respectivamente: K > N > Ca > P > Mg > S > Fe > Mn > Zn > B > Cu. O custo de produção de um ciclo nesse sistema foi de R$ 17.538,82, sendo 60,47 % o custo da infra-estrutura física. Baseando-se na menor produção prevista, o preço de mercado não deve ser inferior a R$ 0,77 kg-1 para o produtor cobrir seus custos.
Título em inglês
Fertirrigation in mini watermelon (Citrullus lanatus) supported in protected environment
Palavras-chave em inglês
Accumulation of nutrients.
Supported cultivation
Water productivity
Resumo em inglês
Mini watermelon was developed to supply demand for smaller fruit size, easier to carry and more appropriate to use by small families, as a result it has high added value. Commercial production of watermelon under protected cultivation is still new in Brazil. Vertical growing is costly due to labour cost; however it facilitates cultural practices and allows higher productivity by increasing density of plants, in addition to improving fruit quality. Technical information for this production system is scarce. Two experiments were carried out, the first one determined evapotranspiration demand, water-use efficiency and effects of five levels of nitrogen and potassium with three relations N:K, as well as production and fruit quality. The second experiment evaluated effects of three fertilizers levels in three plant conduction systems and accumulation curves of dry mass and nutrients were fitted. In the first cycle the ratio 1:2 trended to be more productive and lower dosages had high production. In this cycle the maximum daily water consumption was 1295 L, while average total consumption at the end of cycle was 26.64 L/plant and water-use efficiency was 21.9 L/kg, which is upper than the best results obtained in past studies. In the second cycle, one and three types of plant conduction systems were earlier in up to 22 days, and two type of plant conduction system provided higher productivity and greater accumulation of dry mass for three nutrient solutions. In order of importance the accumulation of nutrients presented respectively: K > N > Ca > P > Mg > S > Fe > Mn > Zn > B > Cu. Production cost of one cycle in this system was US$ 11,100.00 with 60.47% of referring to cost of physical infrastructure. Based on lower production predicted, the market price should not be less than US$ 0.49 kg-1, for cover production costs.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Carlos_Nogueira.pdf (1.33 Mbytes)
Data de Publicação
2008-11-19
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.