• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.11.2009.tde-10022009-161904
Documento
Autor
Nome completo
Manoel Januário da Silva Júnior
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2008
Orientador
Banca examinadora
Duarte, Sergio Nascimento (Presidente)
Coelho, Rubens Duarte
Cruz, Raimundo Leite
Medeiros, José Francismar de
Mendonça, Fernando Campos
Título em português
Manejo da fertirrigação na cultura do meloeiro mediante o controle de íons da solução do solo
Palavras-chave em português
Fertilizantes
Fertirrigação
Íons
Melão
Nitrogênio
Potássio.
Resumo em português
A fertirrigação tornou-se uma prática comum entre os agricultores mais tecnificados, constituindo uma das alternativas mais consistentes para se garantir altas produtividades. Tradicionalmente, o manejo da fertirrigação é feito mediante o uso curvas de absorção de nutrientes e recomendações para aplicação de fertilizantes. O monitoramento da concentração dos nutrientes na solução do solo através do uso de extratores com cápsula porosa aparece como uma técnica promissora para um manejo mais adequado da fertirrigação. O objetivo desta pesquisa foi estudar a resposta da cultura do meloeiro quando submetida a diferentes concentrações controladas de nitrogênio-nitrato e potássio na solução do solo. Foram realizados, simultaneamente, dois experimentos em vasos sob condições de casa de vegetação, um com solo arenoso e outro com solo argiloso, adotando-se 13 tratamentos dispostos em delineamento inteiramente aleatorizado com 4 repetições. Os tratamentos foram definidos através de uma matriz denominada quadrado duplo e resultaram do manejo controlado das concentrações de nitrogênio e potássio na solução do solo. A cultura utilizada foi o meloeiro tipo cantaloupe, que foi irrigada por gotejamento com base nos dados de leituras tensiométricas sendo fertirrigada somente quando foi necessário, com base nos dados de concentração de nitrogênio e potássio. Foi avaliado, o comprimento da haste principal, diâmetro do caule, número de folhas, área foliar, área foliar média e matéria seca, nos solos arenoso e argiloso e o número de frutos, a produção, o peso médio dos frutos, a porcentagem rendilhamento da superfície dos frutos, o diâmetro dos frutos, a espessura e a firmeza da polpa e os sólidos solúveis totais, no solo argiloso. Foi realizada análise de variância e de regressão com o uso do SAS. Observou-se uma diferença no consumo acumulado de água de 27,6% no solo arenoso e 51,5% no argiloso. A concentração ótima de nitrogênio na solução do solo arenoso situou-se entre 100 e 180 mg L-1 e a de potássio em 468 mg L-1. As plantas do solo arenoso apresentaram baixo desempenho, indicando que as condições nutricionais não foram favoráveis ao desenvolvimento da cultura. Nos primeiros 30 dias de cultivo no solo argiloso, as melhores concentrações de nitrogênio e de potássio foram 336 e 84 mg L-1, respectivamente. A primeira planta avaliada no solo argiloso apresentou um melhor desempenho que a mesma planta avaliada no solo arenoso. No final do ciclo de cultivo das plantas do solo argiloso, a melhor concentração de nitrogênio na solução do solo foi de 336 mg L-1 e a de potássio variou 35 e 44 mg L-1. Houve baixa produção e peso médio de frutos e os frutos colhidos tiveram, em geral, baixa qualidade. As melhores características de qualidade dos frutos foram obtidos com concentrações de nitrogênio na solução do solo entre 240 e 260 mg L-1, tendo o potássio variado entre 0 e 84 mg L-1.
Título em inglês
Fertigation management in melon crop by soil solution ions control
Palavras-chave em inglês
Cucumis melo L
Ionic concentration
Nitrogen
Porous ceramic cup extractors
potassium.
Resumo em inglês
The fertigation has become a common practice among farmers more advanced, constituting one of the most consistent alternative to ensure high yields. Traditionally, the fertigation management makes use of the uptake nutrients curves and recommendations to fertilizers apply. The tracking of the soil solution nutrients concentration through of the use porous cup extractors appears as a promising technique for the most appropriate management of fertigation. The aim of this research was to study the response of the melon crop when subjected to different controlled concentrations of nitrogen-nitrate and potassium in the soil solution. Two experiments were conducted simultaneously in pots on condition of greenhouse, an with sand soil and another with clay, adopting 13 treatments disposing in to fully randomized design with 4 replications. The treatments were defined by a matrix called double square and resulted the management of controlled concentrations of nitrogen and potassium in the soil solution. The crop used was the cantaloupe melon, which was drip irrigated based on readings tensiometer and fertigation was carried out only when necessary based on concentration of nitrogen and potassium. Were evaluated the length of the main stem, stem diameter, leaf number, leaf area, average leaf area and dry matter in sandy and clay soils and the number of fruits, production, the average weight of fruit, the percentage of the area tracery fruit, the fruit diameter, thickness and firmness of flesh and the soluble solids in the clay soil. Were performed analysis of variance and regression using the SAS. There was a difference in consumption of water accumulated in the sandy soil of 27.6% and 51.5% in the clay. The optimal concentration of nitrogen in the solution of the sandy soil was between 100 and 180 mg L-1 and potassium in 468 mg L-1. The plants in sandy soil showed low performance, indicating that the nutritional conditions were not favorable for the development of culture. In the first 30 days of crop in clay soil, the best concentrations of nitrogen and potassium were 336 and 84 mg L-1, respectively. The first plant evaluated in clay soil had a better performance than the same plant assessed in sandy soil. At the end of the cycle of crop of plants in clay soil, the best concentration of nitrogen in soil solution was of 336 mg L-1 and potassium ranged from 35 and 44 mg L-1. There was low yield and average weight of fruits and fruits harvested, in general, were low quality. The best features of the quality of fruits were obtained with concentrations of nitrogen in soil solution between 240 and 260 mg L-1, and the potassium varied between 0 and 84 mg L-1.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Manoel_Silva_Junior.pdf (773.21 Kbytes)
Data de Publicação
2009-03-04
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.