• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.11.2009.tde-10022009-102033
Documento
Autor
Nome completo
Fábio Jordão Rocha
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2008
Orientador
Banca examinadora
Folegatti, Marcos Vinicius (Presidente)
Campeche, Luís Fernando de Souza Magno
Coelho, Rubens Duarte
Título em português
Resposta da lima ácida 'Tahiti' (Citrus latifolia Tan.) a diferentes porcentagens de área molhada
Palavras-chave em português
Ecofisiologia vegetal
Irrigação localizada
Lima.
Resumo em português
A irrigação na citricultura ganhou grande importância nos últimos oito anos, devido à utilização de porta-enxertos menos tolerantes a seca. Hoje grande parte da citricultura irrigada é feita por gotejamento, sistema em que apenas uma porcentagem do sistema radicular recebe água. Esses pontos tornam de grande valia estudos relacionados às respostas das plantas submetidas a diferentes áreas molhadas de solo e também ao estresse hídrico. Esse trabalho foi conduzido com o objetivo de avaliar as respostas fisiológicas de lima ácida Tahiti a pequenas porcentagens de área molhada. Foi avaliada condutância estomática (gs), transpiração (T), temperatura foliar (Tf), potencial de água na folha (), teor de clorofila e produtividade e qualidade de frutos. O experimento foi conduzido na fazenda Areão ESALQ/USP, Piracicaba, SP, em um pomar de 1ha de lima ácida Tahiti (Citrus latifolia Tanaka) enxertadas em citromelo Swingle (Poncitrus trifoliata (L.) x Citrus paradisi Macf.) no espaçamento 7x4m e irrigados por gotejamento. Para leituras de condutância estomática e transpiração foi utilizado um porômetro de equilíbrio dinâmico e balanço nulo LI-COR 1600 (Licor, Inc., Lincoln, EUA). Para temperatura da folha foi utilizado um termômetro de infravermelho (Scantenp). Para determinação de potencial de água na folha foi utilizado uma camâra de Scholander (Modelo 3005 Soil Mosture Equipament Co., Santa Bárbara, CA, EUA), e para determinação do teor de clorofila foi utilizado o um clorofiLOG (Falker). A avaliação de qualidade de frutos foi feita seguindo as metodologias propostas por Bleinroth et al. (1976). As diferentes porcentagens de área molhada foram dadas por diferentes números e tipos de gotejadores, de forma a aplicar sempre a mesma lâmina de irrigação. Os resultados mostraram que não houve diferença significativa entre os tratamentos para gs, T, e Tf, porém Tf foi sempre superior a temperatura do ar, podendo ser um indicador de deficiência hídrica. Quanto ao potencial hídrico das folhas, o tratamento não irrigado apresentou menores valores em relação aos tratamentos de maior área irrigada. O tratamento não irrigado também apresentou menores teores de clorofila, principalmente o teor de clorofila b, na face sul (mais sombreada). A produção e qualidade de frutos não apresentaram diferenças significativas.
Título em inglês
Response of Tahiti lime fruits (Citrus latifólia Tan.) to different percentages of wet area
Palavras-chave em inglês
Ecophysiology
Lime.
Trickle irrigation
Resumo em inglês
The irrigation in citrus gained great importance in the last eight years, due to the use of rootstocks less tolerant to drought. Currently, much of the citrus is irrigated by drip irrigation system, where only a percentage of the root system receives water. These items make great value for studies related to the responses of plants subjected to different áreas of wet soil and also to water stress. This study aimed to evaluate the physiological responses of Tahiti lime fruit a small percentage of wetted area. Was evaluated stomatal conductance (gs), transpiration (T), leaf temperture (Tf), the leaf water potential (), chlorophyll content and productivity and quality of fruit. The experiment was conducted at the farm Areão ESALQ/USP, Piracicaba, Brazil, in a orchard of 1 ha of Tahit lime fruit (Citrus latifolia Tanaka) grafted in a citromelo Swingle (Poncitrus trifoliata (L.) x Citrus paradise Macf.) in a spacing of 7x4 m. For readings of stomatal condutance and transpiration was used a steady-state null-balcance porometer. For leaf temperature was used a infrared thermometer (Scantenp). To determine the potential of water on the sheet was used a Board of Scholander (Model 3005 - Soil Mosture Equipament Co., Santa Barbara, CA), and to determine the level of chlorophyll was used a clorofiLOG (Falker). The evaluate of quality of fruits was made following the methodology proposed by Bleinroth et al. (1976). The different percentages of wetted area were given by different numbers and types of drip, so as to always apply the same depth of irrigation. The results showed that there was no significant difference among treatments for gs, T, and Tf, but Tf was always higher than the air temperature and can be an indicator of water stress. As the water potential of the leaves, the non-irrigated treatment had lower values in relation to treatment of larger irrigated área. The nonirrigated treatment had lower levels of chlorophyll, especially the content of chlorophyll b, in the south side (more shaded). The production and quality of fruit showed no significant differences.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Fabio_Rocha.pdf (5.93 Mbytes)
Data de Publicação
2009-03-04
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.